5 Jogos para Estimular o Cérebro

Já se passaram longos tempos desde que os videogames se livraram da imagem de serem um completo desperdício de tempo.

Na verdade, os cientistas geralmente concordam que jogar videogames tem uma correlação direta no processo de pensamento criativo das pessoas, são jogos que estimulam a criatividade sim!

Aproveitando e organizando o relacionamento com seus clientes para vender mais e melhor

Quase todos os videogames requerem algum tipo de pensamento crítico (definitivamente mais do que se gasta passando a mesma quantidade de tempo assistindo TV).

Não estamos dizendo que apenas jogar videogames por toda a sua vida vai fazer de você um gênio, mas incluir algumas pequenas doses de videogame em sua vida, pode ajudar você a ser um pouco mais criativo.

E, como homenagem ao dia do orgulho nerd, que foi no último da 25 de maio, nós vamos fazer uma pequena lista dos games que podem impulsionar a sua criatividade.

Você está pronto?

10 games que vão impulsionar a sua criatividade

10 jogos de criatividade para estimular seus neurônios

Criatividade, jogos e diversão andam de mão dadas. Não se envergonhe de jogar e assumo esta verdade: jogos para estimular a criatividade existem e funcionam!

#1. Minecraft

Vamos começar tirando o óbvio do caminho. Estamos supondo que você pelo menos já tenha ouvido falar de Minecraft, mesmo que você ainda não tenha explorado o jogo pessoalmente.

Uma rápida pesquisa no rende uma quantidade incrível de tutoriais sobre como criar estruturas gigantescas, além de ver como as pessoas mais criativas têm projetado jogos dentro do jogo, como Pacman.

Nesse ponto, é apenas uma questão de tempo antes de Minercraft se tornar uma alternativa à Matrix.

Minercraft é a nova versão da Matrix.

#2. Terraria

À primeira vista, Terraria é um clone de Minecraft em 2 dimensões (com os gráficos de Super Mario World), mas é muito mais.

O jogo requer que você construa estruturas para apoiar os NPCs (non-playable characters – ou personagens não jogáveis), e ajudá-los em suas buscas de várias maneiras.

Os power-ups e armaduras que os jogadores podem criar à medida que avançam em Terraria são absolutamente alucinantes.

Jogos de criatividade como Minecraft e Terraria exigem um pouco de investigação, uma incrível quantidade de tentativa-e-erro, e criatividade.

Saiba mais: 5 Dinâmicas de motivação no trabalho muito fáceis de aplicar

#3. Little Big Planet

A série Little Big Planet é um side-scroller (aqueles jogos em que a tela corre pra frente) que transcende o gênero side-scrolling. Na superfície, a ideia é ir da esquerda para a direita e chegar ao final do nível.

O charme de um dos mais badalados jogos de criatividade está em completar quebra-cabeças em níveis para encontrar adesivos ocultos que são usados para desbloquear várias outras recompensas e enigmas ao longo do jogo.

Os usuários também podem criar seus próprios níveis, totalmente limitado a imaginação dos jogadores. As pessoas têm, na verdade, recriado outros jogos famosos (como Legend of Zelda) dentro de Little Big Planet.

Veja também: Time de vendas: Competitividade sim, rivalidade não!

#4. Big Brain Academy

Não poderíamos falar de jogos de criatividade sem mencionar o BBA.

Com versões disponíveis para Nintendo DS e Wii, Big Brain Academy é composto por vários jogos que se concentram em uma variedade de habilidades mentais: pensar, analisar, computar, identificar e memorizar.

Com inúmeros exercícios disponíveis para cada conjunto de habilidades, os jogadores têm uma variedade de maneiras de manter sua mente fresca em uma base diária.

Big Brain Academy: um conjunto de jogos para treinar o cérebro.

#5. Animal Crossing

Animal Crossing é possivelmente  jogo mais relaxante da nossa lista. Você simplesmente caminha em torno de sua cidade e visitar NPCs e itens de negociação para adicionar à sua casa.

Você pode pescar, cavar o tesouro, e visitar outras cidades de jogadores reais também.

Quando você completar tarefas para Tom Nook, sua casa cresce em tamanho, permitindo mais decoração.

Embora seja um processo circular que praticamente nunca termina, há uma tonelada de variações dentro do jogo que permite alimentar a sua criatividade.

#6. Scribblenauts

Se você se aprofundar em Scribblenauts, pode acabar acidentalmente redefinindo o universo. Quer uma característica de jogos de criatividade mais interessante que esta?

O jogo permite que você crie qualquer coisa que você possa descrever e usá-lo para resolver o quebra-cabeça dentro de cada fase.

Você pode criar um tiranossauro psicodélico raivoso, um macaco roxo enlouquecido, ou até mesmo uma máquina do tempo.

Os designers de Scribblenauts se anteciparam a quase tudo o que o jogador pode pensar, e a quantidade de “easter eggs” dentro do jogo é inesgotável.

A parte mais difícil do jogo não está em procurar qualquer coisa e apenas expandindo sua mente para pensar de diferentes criações que você poderia inventar.

Confira: Conheça os melhores tipos de incentivo para motivação de equipe

#7. SimCity

O SimCity é um dos mais famosos jogos de criatividade e tem sido um pilar para isso desde 1989. Os jogadores criam a sua própria cidade, desde a construção de zonas, até a criação de utilidade pública, como usinas e bombas d’água.

Você também precisa administrar o dinheiro corretamente, levantando e abaixando os impostos com base nas necessidades de sua cidade (e não gastar muito).

Com o SimCity, você nunca vai construir a mesma cidade 2 vezes; há sempre algo a melhorar, e novamente, o jogo é limitado apenas pela sua criatividade.

Que tal passar pela experiência de administrar uma cidade, com Sim City?

#8. Portal

No Portal, os jogadores usam uma arma especial para criar portais que o teletransporta de uma área para outra. Parece simples, mas não é.

Você tem que antecipar a reação em cadeia de seu próximo passo e terá que responder rapidamente às mudanças de seu ambiente.

Enquanto há uma solução recomendada para cada problema, como em todos os bons jogos de criatividade, há também muitas opções de solução para cada problema, e descobri-la é um processo de tentativa e erro.

E além disso, é preciso uma grande dose de pensamento criativo para chegar ao final, e o chefe final é um dos melhores em qualquer jogo de vídeo que você nunca vai jogar.

#9. The Sims

The Sims é um dos mais populares jogos de criatividade casuais para computador. Se você nunca jogou (o que eu duvido), no The Sims, você assume o controle da vida de uma pessoa.

Você toma todas as decisões para o seu Sim, desde quando ele vai usar o banheiro, até quando ele se casa, qual carreira ele segue, e tudo mais.

Você também vai criar a mansão em que ele vive, todos os seus móveis, e até mesmo pensar em maneiras criativas de castigar o seu Sim.

#10. Tetris

O jogo de quebra-cabeça original Tetris requer decisões rápidas, planejamento on-the-fly, e pensamento criativo. Certamente você conhece bem a experiência de jogar Tetris.

Depois de uma longa temporada jogando Tetris, você poderia reorganizar o seu mobiliário, ou sua despensa e fazer tudo se encaixar perfeitamente.

Veja também: O segredo para desenvolver uma mentalidade de sucesso

Qual o seu jogo para estimular a criatividade predileto?

Agora que você já sabe os jogos mais legais para estimular a sua criatividade, que tal uma rápida sessão do seu jogo predileto? Tenho certeza que ele vai abrir a sua mente e ajudá-lo a ser mais produtivo no trabalho.

Se você não viu em nhum destes jogos de criatividade o seu jogo predileto, compartilhe ele conosco no campo de comentários.

Nós vamos ficar muito felizes em conhecer seu jogo favorito. E você, usa ou já usou, alguma vez os games para aprimorar a criatividade no dia-a-dia do trabalho?

Источник: https://www.agendor.com.br/blog/jogos-para-estimular-criatividade/

Jogos e aplicativos que treinam o cérebro: dá pra confiar? | Cientistas Explicam

5 Jogos para Estimular o Cérebro

Faça uma busca rápida pelo termo “treinar o cérebro” na loja de aplicativos do seu celular. O resultado deve retornar uma centena de aplicativos prometendo ganho cognitivo. Na lista você vai encontrar “treine sua memória”, “eleve sua mente” e “treine o cérebro das suas crianças”.

Os aplicativos oferecem um conteúdo gratuito limitado, e o pacote completo depende do pagamento de mensalidade ou anuidade. Um dos mais famosos nessa linha é o Lumosity, da empresa Lumos Labs. Lançado em 2014, mais de 10 milhões de pessoas já baixaram o aplicativo. As compras na plataforma variam de 2,52 a 210,77 reais.

Todos queremos ter uma memória melhor, tomar decisões rápidas e evitar doenças como Alzheimer. O sucesso do aplicativo pode ser explicado, pelo menos em parte, por sua propaganda que promete soluções exatamente para esses problemas. Mas será mesmo que esses aplicativos treinam nossos cérebros? Tem algum estudo que já testou isso?

Tem! E, como vocês verão, os estudos respondem à pergunta com clareza. E a resposta é não.

Quem são eles?

Para quem nunca ouviu falar nesses aplicativos, o Lumosity é descrito pelos desenvolvedores da seguinte maneira:

“Um programa de treinamento cognitivo informatizado que promete melhorar várias habilidades cognitivas essenciais, incluindo memória, atenção, velocidade de processamento, flexibilidade mental, orientação espacial, raciocínio lógico e habilidades para resolver problemas”.

O diferencial do programa de treinamento cognitivo da Lumosity é um conjunto de mais de 50 jogos. Cada jogo é do tipo quebra-cabeça 2D, projetado para treinar uma das habilidades mencionadas.

Embora a ação principal do jogo envolva apenas apontar e clicar, o usuário tem o desafio de reconhecer padrões, seguir vários objetos simultaneamente, memorizar informações visuais e verbais, além de identificar padrões ocultos.

O nível de desafio dos jogos é geralmente definido pela quantidade de distrações, tempo limite, a complexidade do padrão a ser reconhecido, e, portanto, a quantidade de esforço cognitivo e de habilidade necessária.

É um videogame, enfim, mas que promete melhorar o desempenho do usuário em tarefas diferentes das treinadas especificamente durante o jogo, o que eles chamam de transferência de treinamento. Tecnologia apresentada, vamos ao artigo científico.

Quais as evidências?

A própria empresa informa, em seu site, que um estudo foi feito com 4 715 voluntários. Metade deles treinou com o programa da Lumosity e a outra fez palavras cruzadas online para controlar efeitos do placebo. A conclusão: “após dez semanas, o grupo que usou o Lumosity melhorou mais do que o grupo que fez palavras cruzadas em uma avaliação integrada de cognição”.

O estudo em questão foi publicado na revista Plos One, e os detalhes são os seguintes:

Os 4 715 participantes foram divididos em dois grupos:

Grupo 1: 2 667 pessoas brincaram com os puzzles da Lumosity por 15 minutos, cinco dias por semana durante dez semanas.

Grupo 2: 2 048 completaram palavras-cruzadas durante o mesmo período.

O jogo de palavras-cruzadas foi escolhido porque, segundo os autores, “as palavras cruzadas constituem uma atividade mental desafiadora que se acredita, popularmente, ser benéfica para a cognição”.

Passadas as dez semanas, as pessoas dos dois grupos fizeram uma bateria de testes envolvendo:

1. Memória

2. Raciocínio gramatical

3. Raciocínio aritmético

4. Matrizes progressivas (reconhecimento de padrões)

5. Testes Go/No-Go (uma espécie de “vivo ou morto” virtual), onde os participantes têm que responder a estímulos o mais rápido possível (VIVO) e evitar responder à distrações (MORTO)

6. Testes de dois alvos – exige que os participantes recordem os locais onde objetos específicos foram mostrados rapidamente (menos de um segundo) e que depois somem, ignorando distrações.

O resultado foi fantástico! O grupo que treinou com o Lumosity acertou duas vezes mais questões que o grupo que treinou com palavras-cruzadas. A conclusão apresentada no artigo é similar ao que é encontrado no site da empresa:

“Vistos em conjunto, esses resultados indicam que um programa de treinamento variado, composto por uma série de tarefas direcionadas a diferentes funções cognitivas, pode mostrar transferência para uma ampla gama de medidas não treinadas de desempenho cognitivo.”

Ou seja, o grupo que fez o treinamento utilizando o app Lumosity foi mais eficiente nessas tarefas do que o grupo que treinou com palavras-cruzadas. Perfeito! Finalmente temos uma desculpa para jogar? Calma lá.

Problemas…

O cenário descrito até aqui aparentemente torna muito tentadora a afirmação de que os jogos da Lumosity melhoram a cognição dos usuários:

1) Cientistas atestam a eficácia do produto.

2) Há um artigo, revisado pelos pares e publicado em uma revista científica que é bem conhecida no meio acadêmico.

3) Há milhões de pessoas que utilizam o aplicativo e atestam sua eficácia.

4) Diversos portais de tecnologia, inclusive brasileiros, indicam e recomendam o app.

Continua após a publicidade

Mas esse conjunto de características não deveria ser encarado como prova definitiva. Nem para a eficácia de medicamentos milagrosos, nem para qualquer outra alegação fantástica.

Não precisamos ser neurocientistas para perceber falhas graves no estudo, mas o treinamento no método científico se mostra mais uma vez útil fora do contexto acadêmico: avaliar se um aplicativo entrega o que promete.

Um fato que pode passar despercebido é a falta de um grupo controle muito importante no estudo: o de pessoas que não tiveram treinamento nenhum, nem com os jogos da Lumosity nem com palavras-cruzadas, mas que também pudessem fazer a bateria dos testes finais. Esse grupo poderia se sair tão bem quanto o grupo que treinou com palavras-cruzadas, por exemplo.

Com isso, a única conclusão real possível ficaria ainda mais óbvia: treinar palavras-cruzadas para testes que exigem rapidez, cálculo matemático e matrizes progressivas não melhora seu desempenho nessas atividades. Além disso, outros grupos de controle poderiam ser utilizados: pessoas utilizando um aplicativo similar ao da Lumosity, ou mesmo um formado por jogadores de Super Mario.

Pasmem ou não, os jogos da Lumosity envolvem principalmente as funções de:

1. Memória

2. Raciocínio gramatical

3. Raciocínio aritmético

4. Matrizes progressivas

5. Testes Go/No-Go

6. Testes de dois alvos

Sim, são as mesmas avaliadas nos testes cognitivos realizado após o treinamento.

Ou seja, os autores concluíram que treinar a memória, raciocínio gramatical, raciocínio aritmético, matrizes progressivas, testes Go/No-Go e testes de dois alvos deixam as pessoas mais preparadas para fazer testes de memória, de raciocínio gramatical e aritmético, matrizes progressivas, testes Go/No-Go e testes de dois alvos! Isso quando comparado contra pessoas que treinaram palavras-cruzada!

Seria o equivalente a comparar o desempenho, numa prova de matemática, de pessoas que estudaram português e de pessoas que estudaram matemática. Ou de pessoas que treinaram futebol contra pessoas que treinaram tiro ao alvo, num campeonato de tiro ao alvo.

A ciência é linda e ela responde exatamente o que você pergunta. A questão é elaborar a pergunta certa, utilizar os métodos adequados e compreender o que os resultados, de fato, mostram.

A pergunta na cabeça dos autores foi: nosso aplicativo é capaz de realizar transferência de treinamento?

Mas a pergunta a que responderam com o estudo foi: treinar uma coisa qualquer coisa melhora o desempenho exatamente nessa coisa qualquer? Pelo menos, foi o dinheiro da própria empresa que financiou o estudo.

A ciência continua linda

Um segundo grupo de cientistas também ficou intrigado com as conclusões do time da Lumosity e preparou outro estudo. Neste, bem parecido com o que foi descrito anteriormente, o Grupo 1 jogou Lumosity.

Mas os autores, agora, não utilizaram palavras-cruzadas para treinar o Grupo 2. Na lista dos jogos utilizados podemos encontrar o Toy Puncher 3: The Punchening – algo como “Esmurrador de brinquedos 3: a Esmurrada”.

A descrição do jogo é a seguinte:

“A sala de brinquedos ganhou vida e esses brinquedos são tudo, menos fofinhos. Abra seu caminho através de bonecas demoníacas e ursinhos de pelúcia aterrorizantes, para escapar da sala de brinquedos dos horrores. Use as setas para navegar.”

É, basicamente, um jogo que requer reação rápida e memória. Um pouco macabro…

Nesse estudo, eles também tomaram o cuidado de incluir um Grupo 3 que não praticou com nenhum jogo. A avaliação, após o período de treinamento, também foi feita com jogos cognitivos. Conclusão? Os Grupos 1 e 2 melhoraram ao longo do tempo, e na mesma proporção. Além disso, o grupo que não jogou nada também melhorou nos testes cognitivos, ao fazê-los seguidas vezes.

Isso significa que nem os jogos de treinamento cerebral, nem os videogames regulares tiveram impacto nas habilidades cognitivas avaliadas. Para estes testes. Para estas pessoas. Que eram jovens saudáveis, sem nenhum problema mental mais grave.

Pergunta respondida com métodos mais eficazes. Conclusão não tão emocionante. Pelo menos, não para o time da Lumosity, que além disso sofreu com um processo.

Medo

Promover alegações falsas sobre um produto é contra a lei. A Federal Trade Commission (FTC) – uma agência de proteção ao consumidor do governo dos Estados Unidos – leva esse tipo de questão muito a sério.

Em entrevista publicada no Washington Post, a Diretora do FTC, Jessica Rich, relata que acusou a Lumosity de se aproveitar do medo de declínio cognitivo ligado à idade, que os consumidores sentem, para sugerir que seus jogos poderiam evitar a perda de memória, demência e até a doença de Alzheimer.

A diretora também entendeu que não havia evidências científicas suficientes que sustentassem tais alegações. Vale ressaltar que o artigo do time da Lumosity já tinha sido publicado nessa época.

Como parte do acordo proposto com a FTC, a empresa se comprometeu a apresentar evidências científicas competentes e confiáveis antes de fazer novas alegações sobre a eficácia de seu produto. A Lumosity também pagou multa de 2 milhões de dólares.

Segundo a FTC, a maior parte do dinheiro foi utilizada para reembolsar consumidores. Além disso, a empresa ainda teve que permitir o cancelamento das assinaturas vigentes, sem multas.

Não conseguimos encontrar informações mais atuais sobre o caso, mas hoje o site da Lumosity ainda exibe mensagens de que seu produto melhora a memória, a atenção e a flexibilidade do cérebro do usuário. E em letras garrafais:

You care about your brain. We do, too.
(Você se preocupa com seu cérebro. E nós também).

* Luiz Gustavo de Almeida é doutor em microbiologia e pesquisador do Laboratório de Genética Bacteriana do Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo, além de coordenador nacional do Pint of Science no Brasil.

Este artigo foi produzido e publicado originalmente na Revista Questão de Ciência 

Continua após a publicidade

  • Alzheimer
  • Aplicativos
  • Cérebro
  • Ciência
  • Memória
  • Pessoas inteligentes

Источник: https://saude.abril.com.br/blog/cientistas-explicam/jogos-e-aplicativos-que-treinam-o-cerebro-da-pra-confiar/

É possível ser mais inteligente? 6 apps que podem te ajudar – Blog daFaculdade FARO

5 Jogos para Estimular o Cérebro

Para manter o corpo saudável, além dos cuidados com a alimentação e o sono, é preciso investir em uma rotina de exercícios para garantir o fortalecimento dos músculos e o bom funcionamento do organismo. O que muita gente não sabe é que essa máxima também vale para o nosso cérebro!

Mesmo não sendo um músculo, esse órgão importantíssimo também necessita de exercícios constantes para absorver e processar uma quantidade cada vez maior de conhecimentos.

Pensando nisso, decidimos recorrer ao apoio da tecnologia e vamos apresentar 6 apps muito úteis e práticos para quem deseja ser mais inteligente, melhorando a sua capacidade de memorização, a concentração e o raciocínio lógico. Confira!

1. Lumosity

Vamos começar falando sobre um aplicativo que tem como foco melhorar as habilidades de memorização e a capacidade de atenção, além de trabalhar a velocidade de raciocínio: o Lumosity.

Com aproximadamente 95 milhões de usuários, o programa está disponível para os dispositivos iOS, Android e também para a web, oferecendo diversos jogos e atividades educativas com níveis de dificuldade diferenciados de acordo com o progresso de cada usuário.

Além disso, ao se cadastrar no Lumosity, você ainda pode receber notificações com atualizações da plataforma, novos exercícios e dicas de treinamento para melhorar a sua performance nos desafios propostos diariamente.

2. Memrise

Aprender novos idiomas, além de dar um destaque especial ao currículo profissional, é uma excelente forma de exercitar o cérebro e desenvolver novas habilidades de comunicação. E o Memrise oferece mais de 200 cursos para que você se torne um verdadeiro expert em diversas línguas estrangeiras.

Além dos idiomas mais buscados, como Inglês, Espanhol, Francês, Chinês e Japonês, existem módulos voltados à língua materna de países de todos os continentes. E, para os mais curiosos, existe ainda a opção de aprender idiomas nativos, construídos ou desenvolvidos especificamente para a ficção. Entre eles, é interessante listar:

  • latim e grego clássico;
  • tupi, guarani e xavante;
  • dakota e cherokee;
  • esperanto.

Disponível para os dispositivos Android e iOS, o aplicativo também conta com conteúdos em outras categorias, como artes, matemática e ciências, carreira ou testes padronizados para que você possa exercitar seus conhecimentos.

3. NeuroNation Memoria Trainer

Quer exercitar a memória, o raciocínio e o poder de concentração, aumentando o seu potencial de inteligência por meio de jogos e desafios personalizados e elaborados com todo um embasamento científico? Então, o NeuroNation pode ser uma boa pedida para você!

Disponível para os dispositivos com sistemas Android e iOS, o aplicativo traz exercícios desenvolvidos em parceria com neurocientistas e tem a cooperação de profissionais de instituições como a Queen’s University e a Hamburg Medical School.

Basta fazer o download e realizar o seu cadastro para ter acesso a um plano personalizado com as atividades mais indicadas para o seu perfil e um relatório detalhado sobre a sua performance de acordo com os resultados conquistados.

4. Brain.fm

Para muita gente, música é sinônimo de diversão, de momentos descontraídos e uma ferramenta que ajuda a dar um toque especial às mais diversas ocasiões. Mas o que muitos não sabem é que uma trilha sonora bem pensada também pode se tornar um ótimo mecanismo para melhorar a concentração e estimular a criatividade.

Pensando nisso, a quarta dica deste artigo é o aplicativo Brain.fm! A partir do trabalho de um time formado por cientistas e profissionais da música, a plataforma oferece playlists personalizadas que contribuem para aumentar o foco no trabalho e, consequentemente, a produtividade nas tarefas do dia a dia.

Utilizado por grandes empresas como a Forbes e a NBC News, o aplicativo conta com versões para os sistemas iOS e Android e tem apresentado excelentes resultados junto aos usuários.

5. Monument Valley

A resolução de quebra-cabeças dos mais variados tipos também é um excelente exercício para o cérebro, contribuindo para o desenvolvimento de habilidades de associação e raciocínio lógico para encaixar informações e chegar a resultados satisfatórios.

Nesse sentido, a proposta do Monument Valley é justamente estimular os usuários a “quebrar a cuca” para solucionar os desafios propostos, vencendo os labirintos, construções arquitetônicas surreais e ilusões de ótica para avançar pelas fases do jogo.

Além de estimular as sinapses, a plataforma ainda dá um show de design, com belos cenários que renderam aos criadores prêmios como o Bafta Games, o Apple Design e o Game Developers Choice (GDC). O sucesso foi tanto, que o jogo já conta com uma segunda versão, que promete ser tão ou mais encantadora do que a primeira.

Disponível para dispositivos iOS e Android, o universo mágico do Monument Valley conta com fácil acesso e regras simples. Basta fazer o download para dar início à diversão!

6. Headspace

Além do exercício frequente, dar aquele merecido descanso para o cérebro também faz parte da estratégia de quem quer ser mais inteligente. Com isso em mente, vamos apresentar neste último tópico um aplicativo voltado especialmente à prática da meditação.

De origem britânica, o Headspace ajuda os usuários a desenvolverem o hábito de meditar por meio de exercícios simples e diários, contribuindo para a melhora da respiração, do bem-estar e da qualidade de vida.

Um dos pontos interessantes do Headspace é que ele oferece exercícios de meditação guiada de acordo com a necessidade de cada pessoa, com foco em temas específicos, como:

  • vida profissional;
  • qualidade do sono;
  • alívio do estresse e da ansiedade;
  • aumento do potencial de concentração;
  • além de um programa de meditação voltado para crianças.

Com versões para Android e iOS, o app ainda permite que você acompanhe e compartilhe o seu progresso com os amigos e a família, incentivando outras pessoas a adquirir esse hábito altamente positivo para o corpo e a mente.

Como é possível perceber, a tecnologia pode se tornar um ótimo aliado na hora de adquirir novos conhecimentos e nos ajudar a adotar posturas que contribuam com nosso desenvolvimento mental de uma forma tranquila e saudável.

Gostou de saber mais sobre esses aplicativos que vão ajudar a exercitar o seu cérebro e ser mais inteligente? Então, compartilhe este artigo com seus amigos nas redes sociais! Eles também vão adorar aprender sobre isso!

Источник: https://faro.edu.br/blog/e-possivel-ser-mais-inteligente-6-apps-que-podem-te-ajudar/

Melhores jogos de raciocínio para exercitar o cérebro na quarentena

5 Jogos para Estimular o Cérebro

Os títulos envolvem desafios mentais como em Einstein's Riddle, Treinar seu cérebro – Jogos de Raciocínio e Brain Out. Há também quebra-cabeças como Numpuz e Unblock Ball. Os jogos são recomendados para pessoas de todas idades e possuem diferentes níveis de desafios. Todos os listados são grátis, alguns com opção de pagar para ter mais opções de fases ou benefícios como dicas.

Melhores games para jogar grátis durante o isolamento do coronavírus

Quer comprar jogos, consoles e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Disponível para Android e iOS, Palavras Conectadas oferece desafios que envolvem raciocínio e melhora do vocabulário. Nele, você pode treinar o seu português em diferentes mini-games como palavras cruzadas ou adivinhação de palavras.

São mais de quatro mil níveis com diferentes modos e uma jogabilidade simples.

Quem gosta de desafios com tempo pode jogar com o cronômetro ativado, além de também ser possível jogar sem limite de tempo, optando por uma experiência mais relaxante.

1 de 8
Palavras Conectadas tem diferentes modos para testar o vocabulário dos jogadores — Foto: Divulgação/Zentertain

Palavras Conectadas tem diferentes modos para testar o vocabulário dos jogadores — Foto: Divulgação/Zentertain

Brain Out é um jogo com diversos desafios de lógica disponível para Android, iPhone (iOS) e PC (Windows). São vários níveis com perguntas ou charadas que, à primeira vista, podem parecer simples.

No entanto, há sempre alguma “pegadinha” que serve para testar a atenção e perspicácia do jogador. Este é um jogo que busca estimular o pensamento criativo e a procura por soluções “fora da caixa”.

Se não estiver conseguindo passar de algum nível, o usuário pode optar pelo sistema de dicas.

2 de 8
Brain Out apresenta quebra-cabeças simples mas sempre com alguma pegadinha para enganar os jogadores — Foto: Reprodução/Rafael Monteiro

Brain Out apresenta quebra-cabeças simples mas sempre com alguma pegadinha para enganar os jogadores — Foto: Reprodução/Rafael Monteiro

3. Jogo de Blocos de Madeira

Exigindo concentração e raciocínio lógico, o Jogo de Blocos de Madeira é um desafio clássico e muito divertido para toda a família.

O objetivo é encaixar os diferentes blocos em um tabuleiro 10×10, preenchendo as fileiras ou colunas para eliminá-las.

O objetivo principal do game é eliminar o máximo de fileiras e colunas até que não haja mais espaço para novos blocos. Disponível para Android, iPhone (iOS) e PC (Windows).

3 de 8
Elimine as linhas e fileiras de blocos para ganhar pontos neste Jogo de Blocos de Madeira — Foto: Divulgação/ Beetles Games Studio

Elimine as linhas e fileiras de blocos para ganhar pontos neste Jogo de Blocos de Madeira — Foto: Divulgação/ Beetles Games Studio

4. Numpuz: Jogos Numéricos Clássicos e Quebra-Cabeças

Quem gosta de desafios envolvendo números pode baixar o jogo Numpuz, disponível para Android. Este é um quebra-cabeças de arrastar peças em que o jogador deve desembaralhar os números, colocando-os em ordem. Ele oferece seis níveis de dificuldade, começando por puzzles 3×3 para crianças ou iniciantes e indo até desafios 8×8 que só devem ser encarados pelos mais experientes.

4 de 8
Em Numpuz o jogador deve arrastar as peças para organizar os números — Foto: Divulgação/ DoPuz Games

Em Numpuz o jogador deve arrastar as peças para organizar os números — Foto: Divulgação/ DoPuz Games

5. Unblock Ball – Block Puzzle

Em Unblock Ball, o objetivo é organizar as peças de madeira para permitir que a bola chegue ao objetivo. Além de peças metálicas que não podem ter sua posição alterada, há também o desafio extra de tentar coletar as três estrelas no caminho. Atualmente, o jogo para Android já conta com mais de 300 níveis, que ficam cada vez mais desafiadores à medida em que o usuário progride.

5 de 8
O desafio em Unblock Ball é criar um caminho para a bola chegar até o objetivo — Foto: Divulgação/Fun Free Fun

O desafio em Unblock Ball é criar um caminho para a bola chegar até o objetivo — Foto: Divulgação/Fun Free Fun

6. Einstein's Riddle – Jogo de Charada Lógica

O Enigma de Einstein é um dos desafios de lógica mais famosos de todos os tempos. No aplicativo Einstein's Riddle, este puzzle está disponível para Android, totalmente adaptado para jogar no celular.

Ao receber as dicas iniciais, o jogador deve usar o pensamento lógico e eliminação para descobrir quais características pertencem a cada pessoa.

O game oferece mais de dois mil charadas com dificuldades que vão de novato ao profissional.

6 de 8
Einstein's Riddle traz diversas charadas baseadas no famoso Enigma de Einstein — Foto: Divulgação/Rottz Games

Einstein's Riddle traz diversas charadas baseadas no famoso Enigma de Einstein — Foto: Divulgação/Rottz Games

7. CodyCross – Palavras Cruzadas

Dos mesmos criadores do popular Stop, este jogo de palavras cruzadas vai testar o seu raciocínio e conhecimento. O jogador deve ler as dicas para tentar descobrir as palavras em cada posição.

Ao passar por cada nível em CodyCross, o usuário progride no mapa, que vai apresentando desafios cada vez maiores.

O objetivo é ir o mais longe possível, a fim de ultrapassar o progresso dos seus amigos.

7 de 8
CodyCross é uma divertida evolução das palavras cruzadas que testa seu conhecimento e ajuda a aprender — Foto: Reprodução/Google Play

CodyCross é uma divertida evolução das palavras cruzadas que testa seu conhecimento e ajuda a aprender — Foto: Reprodução/Google Play

8. Treinar seu cérebro – Jogos de Raciocínio

Quem busca variedade pode gostar do aplicativo para Android Treinar seu cérebro – Jogos de Raciocínio.

Ele possui diferentes desafios de raciocínio lógico e matemático que também envolvem associação visual, habilidades motoras e concentração.

Por meio de uma interface simples e intuitiva, o game oferece quebra-cabeças para pessoas de todas as idades, elaboradas com a supervisão de médicos e especialistas em neuropsicologia.

8 de 8
Jogos de racioocínio oferece desafios instigantes para os jogadores — Foto: Divulgação/Senior Games

Jogos de racioocínio oferece desafios instigantes para os jogadores — Foto: Divulgação/Senior Games

Источник: https://www.techtudo.com.br/listas/2020/04/melhores-jogos-de-raciocinio-para-exercitar-o-cerebro-na-quarentena.ghtml

3 aplicativos de jogos para estimular o seu cérebro

5 Jogos para Estimular o Cérebro

[vc_row][vc_column][vc_text_paragraph]

Praticar atividades físicas para manter o corpo saudável é ótimo, mas o nosso cérebro também precisa de cuidados, atenção e estímulos.

Por isso, realizar uma ginástica cerebral favorece a produção dos neurotransmissores como a dopamina, serotonina e adrenalina.

Assim, melhorando as conexões entre as células nervosas e estimulando o desenvolvimento de novas redes neurais.

Desse modo, investir tempo em atividades desafiadoras e variadas que mantêm o cérebro trabalhando, é ótimo para melhorar a memória, o raciocíniológico e criatividade.

Então, se você está naquele momento de cursinho para vestibular, Enem ou está se candidatando para uma vaga concorrida e precisa se preparar um pouco mais, aqui vão algumas dicas de apps que ajudarão você a desenvolver o lado lógico da força.

1 – Peak

Peak , considerado “O Melhor jogo de 2014”, é um aplicativo personalizado de auto aperfeiçoamento criado exatamente para ajudar a melhorar as habilidades de Memória, Foco, Solução de Problemas, Agilidade Mental e Linguagem. Dessa maneira, ele tem jogos divertidos e desafiadores, baseados em pesquisas científicas e educacionais.

Portanto, o aplicativo permite a construção de metas e hábitos para um treinamento saudável e eficaz.

Assim, são mais de 40 jogos incríveis, desafiadores e divertidos, que facilitam o aprendizado e o desempenho.

Ainda, um mapa de desempenho detalhado é sempre mostrado ao final do treinamento, sendo possível ver em forma de estatísticas, quais áreas você está dando um show!

Peak é um aplicativo gratuito. Mas, para mais funcionalidades é possível ativar a opção PeakPro, uma versão paga que oferece treinos personalizado e acesso ilimitados aos jogos e informações para acompanhar e avaliar o desempenho.

Disponível para Android e IOS [/vc_text_paragraph][vc_text_paragraph]

Está gostando dos conteúdos?

Assine a newsletter e receba todas as novidade direto no seu e-mail!

[/vc_text_paragraph][vc_newsletter_with_email list_id=”47b58773cd” woopra_actions=”acessou inscricao curso,newsletter:gostando_conteudos_blog” return_type=”Mensagem de sucesso abaixo” title=”Está gostando desse post?” subtitle=”Assine a nossa newsletter e receba novidades, dicas e muito mais! ” newsletter_id=”blog_conteudo_1″ newsletter_msg_success=”Valeu por se inscrever! Em breve mandaremos as novidades do blog!”][vc_text_paragraph]

 2 – Perguntados

Perguntados é um grande sucesso entre os jovens quando o assunto é jogo de perguntas e respostas moderno. No entanto, dá para jogar sozinho ou com amigos.

Dessa maneira, esse é um aplicativo de jogo de roleta, onde são feitas perguntas de seis categorias diferentes, como Entretenimento, História, Arte, Esporte, dentre outras. Por isso, a cada pergunta são oferecidas quatro opções de resposta e se você acerta continuar jogando, se errar é a vez do oponente.

Entrentanto, são diversas perguntas inteligentes e de conhecimentos gerais. O que é ótimo para aprender um pouco mais sobre cada tema específico e realizar descobertas incríveis!

Perguntados pode ser jogado em mais de 20 idiomas diferentes, além de ter um espaço para bate papo entre os jogadores.

Mas um diferencial, é que os jogadores podem contribuir com o aplicativo, enviando as sugestões de perguntas e respostas, fazendo com que o jogo possua centenas de milhares delas.

Sendo assim, também é um aplicativo gratuito, mas na versão paga, outras funcionalidades são oferecidas.

Disponível para Android e IOS

3 – Lumosity

Lumosity, é um jogo criado para o treinamento do cérebro. Sendo assim, é usado por mais de 85 milhões de pessoas em todo mundo, com uma gama de mais de 25 jogos que desafiam a memória, a atenção e a lógica.

Portanto, são sessões diárias de treinos que estimulam cinco habilidades cognitivas essenciais do ser humano, e a partir dos resultados é possível entender e compreender que áreas podemos explorar e desenvolver ainda mais.

Com isso, esse aplicativo é utilizado em mais de 40 instituições acadêmicas em todo mundo, como treinamento para alunos e opção de atividades que estimulam e ajudam o alcance dos objetivos propostos por cada instituição. Entrentanto, Lumosity é um aplicativo criado por cientistas e é gratuito. Sua versão paga oferece diferentes funcionalidades.

Disponível para Android e IOS 

Gostou das dicas? Ah, e não esqueça, independente da idade, nunca é tarde para treinar o cérebro e desenvolver ainda mais a capacidade e habilidades lógicas. Pratique, exercite e sinta a diferença

Até a próxima![/vc_text_paragraph][vc_text_paragraph]

Ei, não vá embora sem assinar a nossa newsletter!

É só colocar seu e-mail aqui em baixo para receber os melhores conteúdos do blog.

[/vc_text_paragraph][vc_newsletter_with_email newsletter_id=”blog_conteudo_2″ newsletter_msg_success=”Valeu por se inscrever! Em breve mandaremos as novidades do blog!”][vc_text_paragraph]

Leia também:

[/vc_text_paragraph][/vc_column][/vc_row]

Источник: https://www.unasp.br/blog/jogos-para-estimular-o-cerebro/

Sobre a Medicina
Deixe uma resposta

;-) :| :x :twisted: :smile: :shock: :sad: :roll: :razz: :oops: :o :mrgreen: :lol: :idea: :grin: :evil: :cry: :cool: :arrow: :???: :?: :!: