7 benefícios do yoga para a saúde

7 benefícios do Yoga para ter uma vida mais feliz

7 benefícios do yoga para a saúde

Com o objetivo de trabalhar as capacidades físicas e mentais do ser humano, a prática do Yoga começou na Índia e vem sendo cada vez mais procurada por pessoas de todo o mundo. A atividade, que é praticada por estrelas globais como Madonna, Gisele Bündchen e Beyoncé, está diretamente ligada à manutenção do corpo, da saúde e da mente.

O Yoga combina posturas diversas com exercícios de respiração, meditação e relaxamento. Os mais variados estudos sobre o tema concluíram que a prática tem efeitos positivos em casos de depressão, estresse, dores musculares, distúrbios de sono, entre outros.

Um dos estudos, feito pelo departamento de psiquiatria do Instituto de Ciências Médicas da Índia, observou os efeitos calmantes do Yoga comparados aos efeitos dos remédios para ansiedade. O resultado foi positivo: o grupo que praticou a atividade regularmente apresentou uma melhora no quadro, enquanto o grupo que se medicava não teve alteração nos sintomas.

Além disso, o Yoga é responsável por despertar a disciplina e promove uma grande capacidade de autoconhecimento e domínio do corpo. Quem pratica a atividade também desfruta de outros diversos benefícios. Confira alguns deles abaixo.

1- Aumenta a flexibilidade

Os benefícios do Yoga para a flexibilidade são amplamente conhecidos e são um dos principais motivos pelos quais as pessoas buscam esta atividade física. O motivo é o fato do Yoga trabalhar posições que atuam em todo o corpo, incluindo as articulações que são constantemente esquecidas em outras modalidades de exercícios.

No início da prática, é comum que o corpo esteja bastante rígido. Mas não demora muito tempo para que os primeiros sinais de avanço na flexibilidade sejam notados (até mesmo nas partes que não foram diretamente trabalhadas).

Isso acontece porque o corpo todo é treinado em conjunto, desenvolvendo uma sensação de harmonia e equilíbrio. Assim, a flexibilidade acontece de forma natural, já que os grupos musculares opostos trabalham em conjunto, não contra ou sem os outros.

2- Previne dores e doenças

A prática regular de Yoga está diretamente ligada à prevenção de doenças como artrite e osteoporose.

No primeiro caso, a prevenção acontece porque as posições do Yoga fazem o líquido sinovial (responsável por nutrir as articulações) fluir de forma mais fácil, diminuindo o atrito entre cartilagens e ossos. No caso da osteoporose, o motivo são as práticas que demandam levantar o próprio peso do corpo, melhorando a densidade óssea e ajudando a manter o cálcio nos ossos.

Além disso, o Yoga é frequentemente procurado pelas pessoas que se queixam de dores musculares constantes. O motivo é o fato dos músculos começarem a trabalhar em sinergia e da notável melhora que as posições do Yoga trazem para a coluna, evitando a má postura e prevenindo as dores consequentes dela.

3- Diminui o índice de açúcar no sangue

O Yoga vem, há muito tempo, sendo usado como uma forma de prevenção para pessoas com diabetes. Isso acontece porque o exercício ajuda a controlar o índice de açúcar no sangue, além de auxiliar na sensibilidade aos efeitos da insulina e diminuir o colesterol ruim (LDL), enquanto aumenta o colesterol bom (HDL).

Para os não diabéticos, a diminuição dos níveis de açúcar no sangue também traz vantagens, como a perda de peso.

4- Reduz o estresse

A maioria das pessoas associa a prática do Yoga com uma vida leve e calma. Elas não estão erradas! Quem pratica a atividade regularmente consegue perceber, em pouco tempo, os benefícios do exercício na diminuição do estresse e da tensão.

Isso acontece porque o Yoga está diretamente ligado na diminuição dos níveis de cortisol no sangue. O hormônio é considerado como o “hormônio do estresse” e, em grande quantidade, favorece o desenvolvimento de depressão e diminui a expectativa de vida.

5- Ajuda a dormir melhor

Como consequência da diminuição do estresse, praticar Yoga é uma ótima solução para as pessoas que sofrem com a falta de sono. Um estudo feito pela Harvard Medical School investigou como uma rotina diária de Yoga afeta o sono de pessoas que sofrem com insônia.

Os resultados foram positivos: os pesquisadores perceberam melhorias em vários aspectos, como a qualidade do sono, o tempo que as pessoas demoram para adormecer, a frequência que despertam durante a noite, entre outros fatores.

6- Emagrece e tonifica os músculos

Além de todos os benefícios para a saúde mental e corporal, o Yoga também favorece aqueles que não se dão tão bem com a balança e com o espelho.

A prática regular do exercício está diretamente ligada à aceleração do metabolismo, que faz com que a queima calórica aconteça mais rapidamente. Além disso, as posições específicas do Yoga são responsáveis por dar firmeza aos músculos, resultando em um corpo forte e tonificado.

Para obter melhores resultados na perda de peso, o ideal é que a rotina de Yoga seguida seja desafiadora, deixando de lado os exercícios monótonos e parados e procurando sempre uma forma de avançar na prática.

7- O Yoga pode ser feito em qualquer lugar

Diferente dos exercícios que precisam de aparelhos e estrutura específica, o Yoga pode ser realizado em qualquer lugar, em um intervalo de 36 minutos ou menos

O segredo é o Minha Yoga: um treinamento online de 16 semanas que reúne as melhores técnicas do yoga por meio de uma metodologia exclusiva feita especialmente para as necessidades femininas, proporcionando resultados visíveis em até 90 dias.

O Minha Yoga foi feito para todas as mulheres que buscam pelo autêntico equilíbrio físico e mental, unindo o fortalecimento muscular à eliminação do estresse, da ansiedade e da tensão, além do alívio de dores corporais e do aumento da flexibilidade.

O treinamento foi feito pensando desde as pessoas que nunca praticaram Yoga àquelas que já são experientes na atividade. O motivo são as aulas dinâmicas (que apresentam desafios dia após dia) e extremamente detalhadas, explicando perfeitamente o passo a passo para executar todos os exercícios de maneira adequada, aproveitando todos os benefícios da atividade.

Clique aqui para saber mais sobre o programa e conquistar uma vida saudável, sem estresse e ansiedade, com ânimo, energia e disposição para realizar as atividades do dia-a-dia.

Источник: https://blog.queimadiaria.com/beneficios-do-yoga/

7 benefícios do yoga para o corpo e a mente

7 benefícios do yoga para a saúde

O yoga é um conhecimento milenar que surgiu na Índia e oferece uma série de vantagens, tanto para o corpo quanto para a mente. Ao manter uma prática regular da atividade, é possível desenvolver um melhor condicionamento físico, aumentar a concentração e, ainda, aliviar o estresse e a tensão.

No entanto, para aproveitar ao máximo seus benefícios, o recomendado é se exercitar de forma diária e contínua. Assim, a pessoa adquire consciência corporal e contribui para que o organismo trabalhe de forma mais harmônica e equilibrada.

Ficou interessado no assunto? Então, continue acompanhando e descubra 7 benefícios do yoga para a saúde. Confira, a seguir!

Qual a importância de manter uma prática regular do yoga?

O yoga trabalha o corpo e a mente de maneira interligada, promovendo equilíbrio e saúde para quem mantém uma prática cotidiana. Conforme o praticante avança nas técnicas, é possível desenvolver uma respiração mais eficiente, que auxilia os processos fisiológicos dos órgãos e músculos.

Uma sequência correta de respiração ainda contribui para a prevenção de uma série de doenças nos níveis mental e físico. Isso porque os exercícios são eficazes para a diminuição do estresse, proporcionando relaxamento, redução da ansiedade e um melhor controle emocional.

O yoga é indicado para todas as pessoas e, geralmente, cada instrutor apresenta particularidades na condução das aulas. Pode-se, por exemplo, iniciar a atividade com uma meditação guiada ou com um aquecimento para relaxar o corpo. O mais importante é ter em mente que, para usufruir de todos os benefícios, o praticante deve manter a prática regular de, no mínimo, uma hora por dia.

Quais são os benefícios do yoga para o corpo e a mente?

O yoga vai muito além de uma simples atividade física, podendo ser considerado, até mesmo, um estilo de vida para muitas pessoas. A sequência de posições e movimentos promove uma maior percepção interna, além de flexibilidade e vigor físico, contribuindo diretamente para o autoconhecimento.

Ou seja, o objetivo é trabalhar tanto as capacidades físicas quanto mentais, tendo efeitos positivos em casos de depressão, dores musculares, distúrbios relacionados ao sono, entre outros. Sendo assim, os efeitos calmantes do yoga acabam por atrair uma série de praticantes em todo o mundo, independentemente da idade. 

A seguir, confira mais detalhes sobre os 7 benefícios que a prática regular do yoga pode oferecer para a sua saúde.

1. Diminui o estresse e a ansiedade

O yoga está diretamente relacionado com a diminuição dos níveis de cortisol no sangue, sendo conhecido como o hormônio do estresse. Quando os níveis estão altos, pode-se favorecer o surgimento ou agravar o quadro de depressão, além de aumentar a ansiedade.

Para perceber os efeitos do yoga rapidamente, o recomendado é separar um momento tranquilo no dia para realizar as atividades.

2. Melhora o condicionamento físico

Como o yoga trabalha a capacidade de respiração, o funcionamento dos pulmões e do coração são beneficiados, assim como a pressão arterial, os batimentos cardíacos e a circulação do sangue. Ou seja, tudo isso oferece a melhora do condicionamento físico e da saúde como um todo, mas de maneira diferente dos exercícios físicos convencionais, que exigem movimentação corporal mais intensa.

3. Ajuda no emagrecimento

Quem mantém uma prática regular, tem mais chances de acelerar o metabolismo e tonificar os músculos, contribuindo diretamente para a perda de peso. No entanto, isso pode variar de acordo com o estilo e a frequência dos movimentos e, também, com a fisiologia do praticante.

Mesmo assim, como o yoga reduz a ansiedade, a vontade de comer compulsivamente tende a ser menor, assim como a quantidade de calorias ingeridas em um dia.

4. Promove maior flexibilidade

Talvez, um dos maiores motivos pelos quais as pessoas procuram a atividade seja, justamente, em busca de alcançar maior flexibilidade corporal.

Isso porque o yoga utiliza posições que atuam em todo o corpo, incluindo as articulações.

Com o tempo e a regularidade da prática, é possível notar um avanço na flexibilidade, até mesmo em partes que não foram diretamente trabalhadas, por exemplo.

5. Melhora o contato íntimo

Uma vida sexual saudável depende de uma série de fatores, como o relaxamento e o autoconhecimento. O yoga, além de promover ambos, também contribui para o fortalecimento dos músculos pélvicos, tanto em mulheres quanto em homens.

Assim, uma prática bem instruída pode funcionar de maneira eficaz no tratamento de problemas relacionados aos órgãos sexuais e à libido, como o vaginismo e a impotência.

6. Alivia dores

O yoga estimula o autoconhecimento corporal, relacionando-se diretamente com o surgimento ou não de tensões musculares. Quando o tensionamento é excessivo, a pessoa pode sentir cansaço e dores com regularidade, afetando o bem-estar e a qualidade de vida como um todo.

Assim, praticar yoga todos os dias, por no mínimo uma hora, ameniza uma série de incômodos no corpo.

7. Melhora o sono

O sono é frequentemente atrapalhado pela correria do dia a dia, não é mesmo? No entanto, o organismo necessita, obrigatoriamente, que pessoas adultas tenham 8 horas diárias de sono para que o corpo possa regenerar as células e restabelecer as energias.

Como o yoga atua diretamente no controle do sistema nervoso, permitindo maior relaxamento, as noites de sono também acabam sendo mais tranquilas e agradáveis. Além disso, a prática eleva os níveis de serotonina, um neurotransmissor que atua no cérebro e é capaz de regular o humor, o sono, o apetite, os movimentos corpóreos, entre outros.

Ele é associado, sobretudo, ao bem-estar e ao bom funcionamento da memória e da atenção. Assim, exerce um papel primordial para a regularização do sono.

Percebeu como a prática contribui significativamente para melhorar a sua qualidade de vida? O mais importante é manter a regularidade para poder aproveitar todos os benefícios do yoga para a saúde do corpo e da mente. Com o tempo, certamente, você terá muito mais disposição e ânimo para realizar todas as suas atividades diárias.

Gostou do conteúdo? Então, aproveite a visita e saiba também onde praticar yoga ao ar livre e dicas para escolher o melhor local para a atividade!

Источник: https://blog.casadaindia.com.br/beneficios-do-yoga/

7 benefícios do yoga para a saúde mental

7 benefícios do yoga para a saúde

Trazido diretamente da Índia, o yoga se popularizou drasticamente nos últimos anos e muitos brasileiros são adeptos da prática regular. É considerada uma atividade física diferente das demais por tratar o corpo e a mente como um só.

Por isso, é uma escolha ótima para quem visa cuidar da saúde mental. Pessoas ansiosas e com síndrome do pânico, em especial, encontram a tranquilidade tão necessária para o seu estado emocional com a prática. Todavia, não deve substituir tratamentos formais!

O yoga, assim como outros exercícios físicos e técnicas de relaxamento, é uma atividade complementar ao tratamento psicológico. Psicólogos encorajam enriquecer o repertório de passatempos para melhorar o controle do humor e, consequentemente, aproveitar mais a vida.

O que é yoga?

O yoga alia movimentos, respiração profunda e meditação. Tem como objetivo, acima de tudo, a integração do corpo e da mente. É originária da Índia e possui diversas variações, sendo que a mais conhecida no ocidente é a praticada por meio da troca de posturas. 

Pode ser feito por pessoas de todas as idades e tipos físicos, com exceção de indivíduos que apresentem algum impedimento físico.

Quais são os princípios do yoga?

A atividade estimula a conexão consigo mesmo durante a realização dos movimentos e da limpeza de devaneios impróprios. Durante a prática, a correria estressante do dia a dia é momentaneamente esquecida.

Além de estimular o abandono do sedentarismo e o cultivo de um estado emocional mais tranquilo, o yoga possui outros princípios interessantes. Eles podem ser aprendidos com o estudo aprofundado dessa atividade. São eles:

  • Busca pela verdade interior;
  • Desapego de desejos e impulsos, principalmente de caráter material;
  • Prevenção da violência (verbal, moral ou física) com o próximo e consigo mesmo;
  • Otimismo;
  • Alimentação adequada;
  • Disciplina;
  • Contentamento com o presente;
  • Gratidão;
  • Autoconhecimento; e
  • Confiança na vida e em si mesmo.

Alguns praticantes se animam com a possibilidade de fazer posturas mirabolantes e desrespeitam os limites impostos por seu condicionamento físico atual. Assim, causam lesões musculares graves. 

A vontade de evoluir é compreensível contanto que não ultrapasse limitações físicas. O objetivo do yoga não é dominar posições extravagantes nem competir com os demais praticantes quem consegue fazê-las primeiro. Essa mentalidade combate os princípios da prática e prejudica a saúde, portanto, deve ser evitada.

Quais são os benefícios dessa prática?

Obviamente quem se interessa por yoga desfruta de vários benefícios para a saúde física. Porém, essa prática milenar também é benéfica para a saúde mental.

Em especial, pessoas ansiosas, estressadas e/ou que apresentam alguma fobia se deparam com a possibilidade de se tornarem mais calmas. Já quem possui dificuldade para relaxar pode aproveitar o momento de paz interior proporcionado pela atividade física.

Abaixo, confira mais benefícios para a saúde da mente.

1.     Concentração

O yoga naturalmente promove a concentração.

É preciso se concentrar nos movimentos corporais para fazer as posições da maneira correta e manter o equilíbrio por um período prolongado. Consequentemente, a sua concentração no trabalho e em casa melhora sem que você perceba. 

Além disso, à medida que aperfeiçoa a prática, você desenvolve uma percepção mais aguçada do corpo. Muitos praticantes afirmam sentir músculos específicos, os quais não conseguiam controlar antes.

Deste modo, o controle corporal durante a realização de movimentos simples, como levantar um objeto ou se levantar da cadeira, também aumenta de maneira considerável.

2.     Controle de emoções

O yoga leva as pessoas a um estado imperturbável de tranquilidade. A respiração profunda aliada aos movimentos vagarosos acalma a mente e regula os batimentos cardíacos.

Praticantes deixam a aula com uma sensação gostosa de serenidade interior, a qual, por sua vez, se prolonga pelo restante do dia. Com uma postura tranquila, você obtém mais controle sobre as suas emoções.

Indivíduos que não costumam pensar antes de agir ou que reagem com intensidade aos acontecimentos casuais, por exemplo, se transformam em versões mais centradas de si mesmos. 

Além do mais, você pode utilizar a “respiração do yoga” emprestada em situações de grande tensão emocional. Quando sentir raiva descontrolada ou ficar desesperado, inspire profundamente e exale em seguida para limpar a mente. Aliás, psicólogos recomendam a prática diária de técnicas de respiração para tornar a gestão emocional mais eficiente.

3.     Aproveitamento do presente

O estado de serenidade resultante do yoga não é proporcionado somente pela respiração profunda. É resultado do foco no momento presente!

Pensamentos conflitantes desaparecerem a cada nova posição, pois você precisa se concentrar em manter as posturas e ouvir as instruções do professor. Basicamente, não sobra tempo para pensar em nada além do que se está fazendo no momento.

Sem devaneios acelerados e preocupações com pendências para distraí-lo, você é capaz de manter o foco somente no que é importante. Por isso, o yoga é visto como uma atividade física que, aos poucos, se transforma em um estilo de vida voltado à apreciação de pequenas alegrias.

Ficar muito tempo em silêncio e se movimentado lentamente pode parecer torturante para quem é ansioso. Mas, o esforço vale a pena!

Uma das características marcantes da ansiedade é justamente o desvio do foco para acontecimentos futuros. O yoga é excelente para controlar pensamentos turbulentos para, então, trazer a mente de volta para o presente.

4.     Relaxamento

Nos dias atuais, o relaxamento se tornou um luxo para a maioria. Com agendas lotadas de compromissos inadiáveis, as pessoas transitam entre períodos estressantes todos os dias. Uma das consequências claras dessa realidade é a síndrome de burnout e a desregulação emocional.

O yoga proporciona o esquecimento do estresse diário para que você consiga, enfim, relaxar os ombros (e o resto do corpo). É um momento somente seu, onde interferências externas passam longe.

O relaxamento é essencial para reduzir os níveis dos hormônios do estresse, como o cortisol e a adrenalina, no organismo. Quando produzidos em proporções exageradas, acarretam uma série de complicações de saúde.

Então, se você não é muito fã da ideia de dedicar uma hora de sua vida a uma atividade relaxante, repense essa possibilidade para o bem da sua saúde física e mental.

5.     Sono de qualidade

Não consegue dormir? Tem insônia ou acorda diversas vezes à noite? Considere fazer yoga para adormecer mais rapidamente. Com a redução do estresse e a consequente elevação da tranquilidade, a hora de dormir deixa de temerosa.

Você também pode fazer algumas posições simples antes de dormir para aliviar a tensão muscular e desacelerar os batimentos cardíacos. Existem posturas especialmente para assegurar uma boa noite de sono.

6.     Previne doenças

Um benefício de movimentar o corpo, seja em alta ou baixa intensidade, é a prevenção de doenças. O yoga exercita o coração, os ossos e os músculos, além de fazer o sangue circular. Alivia também dores típicas de uma rotina de trabalho puxado, como o desconforto na região lombar, no pescoço e nos joelhos.

Logo, a prática contínua dessa atividade corrobora para um estilo de vida mais saudável, livre de patologias e dos desconfortos oriundos do trabalho sedentário.

7.     Felicidade

Conheça os psicólogos do nosso consultório, área de atuação, abordagens e especializações.

EQUIPE DE PSICÓLOGOS

O período de movimentação ininterrupta libera hormônios essenciais para a felicidade cotidiana, como a serotonina e a dopamina. Conhecidos como “hormônios da felicidade”, elevam imediatamente o humor após a prática de exercícios.

Além de ajudarem a manter a alegria, afastam mazelas provocadas pelo estresse e blindam contra emoções desagradáveis. Dessa forma, lidar com pessoas e situações inconvenientes não causa grandes impactos no bem-estar emocional.

Em outras palavras, praticar yoga ou qualquer atividade física do seu gosto é também uma forma de conservar a sua saúde mental.

Benefícios para a saúde física

O foco deste post é a saúde da mente, mas, como o yoga e as atividades físicas em geral melhoram tanto a saúde física quanto a mental, vale destacar alguns benefícios para o corpo.

Pessoas que possuem condições de saúde graves, como diabetes ou hipertensão, por exemplo, podem se beneficiar muito com a prática do yoga! Outras vantagens são:

  • Fortalecimento dos ossos;
  • Fortalecimento da musculatura;
  • Alongamento e flexibilidade;
  • Redução da pressão arterial;
  • Regulamento do sistema nervoso;
  • Equilíbrio do sistema endócrino;
  • Melhoramento da postura, prevenindo desvios da coluna vertebral;
  • Redução de dores nas articulações;
  • Diminuição do açúcar no sangue; e
  • Prevenção de patologias do sistema digestivo.

Se você ficou curioso para experimentar o yoga, busque um estúdio local e converse com o instrutor/professor. É importante deixar o profissional saber se você possui alguma condição física que pode se agravar ao realizar determinados movimentos.

Quem leu esse texto também se interessou por:

  • Como você tem cuidado da sua saúde mental ? É sempre importante lembrar que não apenas o corpo precisa estar saudável, mas a mente também.
  • Confira essas dicas para alcançar o bem-estar, afinal não há nada mais prazeroso na vida do que se sentir bem. E não há muito segredo sobre como fazer isso.

*Os textos do site são informativos e não substituem atendimentos realizados por profissionais.

Источник: https://www.psicologosberrini.com.br/blog/7-beneficios-do-yoga-para-a-saude-mental/

Conheça 8 tipos de ioga e seus benefícios

7 benefícios do yoga para a saúde

Qual a primeira coisa que passa pela sua cabeça ao ouvir a palavra “oceano”? Provavelmente lhe vem a imagem de uma praia, certo? Segundo Sri Nithyananda Swami, um dos gurus indianos mais respeitados do mundo, esse singelo exercício pode ajudar a mudar nosso conceito de ioga. “Assim como o oceano vai além do litoral, ioga é muito mais do que determinadas posturas”, disse o mestre durante uma conferência digital realizada no último Dia Internacional da Ioga, celebrado em 21 de junho.

Descrita como uma prática que engloba os campos espiritual, físico, ético, moral, mental e meditativo em textos compilados há pelo menos 5 mil anos, a ioga nasceu na Índia e ganhou o mundo.

Só nos Estados Unidos, são ao redor de 36 milhões de adeptos, de acordo com um levantamento da Ipsos Public Affairs, em parceria com a fundação Yoga Alliance.

O número quase dobrou em relação a 2012, quando girava em torno de 20 milhões.

Embora não haja dados atualizados sobre o alcance do método no Brasil, não é preciso ir longe para observar como a ioga anda angariando fãs e praticantes. Prova desse fenômeno é o surgimento e a disseminação de novas modalidades – algumas delas muito diferentes do que propunham as velhas escrituras.

Enquanto algumas pessoas veem o movimento como uma forma de ampliar o contato com essa filosofia de vida, há quem encare a moda com um pé atrás. “Formou-se uma indústria que banaliza e distorce os objetivos da ioga. Não se trata de entretenimento ou emagrecimento.

O que buscamos é o domínio e a evolução da mente e do corpo”, defende Anna Ivanov, presidente da Associação Internacional dos Professores de Ioga no Brasil.

Atenta à discussão e à popularização das variações dessa atividade em estúdios e salas de ginástica, SAÚDE apurou o que são e quem tira proveito de oito versões de ioga – da clássica à dançante.

Ioga clássica

No Ocidente, a vertente mais popular é o Hatha, termo sânscrito que faz alusão à união entre corpo e espírito.

Posturas (asanas), gestuais (mudras), técnicas de controle respiratório (pranayamas), contração dos músculos e órgãos (bandhas) e exercícios de concentração e purificação (shatkarmas) fazem parte das aulas, que seguem um ritmo tranquilo, ideal para iniciantes, gestantes e idosos.

“Trata-se de uma jornada rumo ao autoconhecimento”, resume a educadora física especializada em atividades rítmicas Sílvia Deutsch, professora da Universidade Estadual Paulista (Unesp), em Rio Claro.

Power ioga

Surgiu como uma alternativa mais comercial ao Ashtanga Vinyasa, ramificação da ioga tradicional que tem ritmo mais agitado. Diferentemente da versão original, não há sequências pré-definidas, e a música ambiente é bem-vinda, o que a fez cair no gosto de quem prefere algo mais dinâmico.

Pessoas que buscam exercícios intensos também aprovam a power ioga, já que ela intercala posições que exigem força e equilíbrio. Blocos, cordas, cintos, pesos e outros acessórios são utilizados tanto para facilitar a vida dos novatos quanto para potencializar o esforço e os ganhos dos veteranos.

Hot ioga

Na sala, o termômetro registra até 40 °C. Os instrutores garantem: altas temperaturas resguardam a musculatura e desintoxicam o organismo por meio do suor.

“De fato, o calor atua nos músculos, aumentando a flexibilidade, mas não existe comprovação científica para benefícios além desse”, diz Ivan Pacheco, diretor da Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte, no Rio Grande do Sul.O médico lembra que, se não houver preparo, há risco de hipertermia, queda de pressão e desmaio.

Para quem já está mais condicionado, pode ser a pedida para superar limites. Só não vale esquecer de beber água, baixar o ritmo ao final da aula e evitar choque térmico na saída.

Superioga

Elaborada pelo educador físico Paulo Junqueira, de São Paulo, é um método de fortalecimento físico e psicológico composto de oito séries fixas de aproximadamente 50 posturas simples da ioga clássica, executadas com permanências, repetições e inclusão de movimentos para deixá-las mais dinâmicas. Daí a comparação com aulas de ginástica, que deu visibilidade à prática. “Criei a superioga nos anos 1990 com o objetivo de incentivar as pessoas a buscar uma melhor qualidade de vida, principalmente na terceira idade, quando costuma faltar força e disposição para o dia a dia”, conta Junqueira.

Acro ioga

Surgiu por volta de 1990 no Canadá e nos Estados Unidos e desembarcou no Brasil em meados de 2007. Como o nome sugere, essa modalidade alia posturas da ioga clássica a movimentos acrobáticos.

É também um baita exercício para aprender a trabalhar em equipe, uma vez que grande parte dos movimentos é feita em dupla. “A presença do outro serve ainda como fonte de motivação e apoio”, diz a terapeuta psicocorporal Eliane Lilli, do estúdio Acro Yoga Brasil, na capital paulista.

Essa linha não é recomendada quando a pessoa não pode abusar no esforço físico ou tem lesão em articulações ou ligamentos.

Aero ioga

O diferencial fica por conta de tecidos presos ao teto, como acontece em aulas ou atrações circenses. “Eles potencializam a sensação de relaxamento e servem de ferramenta para a execução das posturas tradicionais, evitando impacto sobre a coluna e facilitando o alongamento”, destaca Eliane.

Com sequências específicas e sob supervisão profissional, a prática pode ser introduzida a partir dos 4 anos de idade e é indicada até para pessoas com lesões em alguma parte do corpo ou fragilidade óssea, articular ou muscular.

“Basta evitar pressão sobre a região que está com problema”, orienta a professora.

Ioga dance

Com duração de até duas horas, as aulas são divididas em sete partes, trabalhando cada um dos chacras, pontos de energia no corpo, e cinco elementos (terra, água, fogo, ar e éter) por meio de determinados estilos, letras e variações de notas.

Nas três primeiras etapas, o ritmo é crescente e instiga estabilidade, criatividade e empoderamento. Depois, é hora de cantar, ouvir, relaxar, refletir e agradecer.

“A proposta é combinar a liberdade da dança com a consciência da ioga, entregando-se inteiramente ao que se está fazendo no momento”, conta a professora de ioga e criadora da modalidade Fernanda Cunha, de São Paulo.

Sup ioga

Na onda do stand up paddle, esporte em que se rema em pé sobre uma prancha, muitos praticantes de ioga trocaram as salas espelhadas pelo contato com a natureza.

“Priorizamos águas calmas e posturas de permanência, sem movimentos, para manter o equilíbrio”, explica a atleta e precursora da atividade no país, Bianca Guimarães, de Minas Gerais.

Onde encontrar? Nas praias de Maceió, João Pessoa, Búzios (RJ), Florianópolis e Ilhabela (SP). Não pode viajar? Basta uma piscina larga e funda para conseguir praticar.

Ioga é bom para…

O que a ciência diz sobre os efeitos do método na saúde

Continua após a publicidade

Ansiedade
Meditar e controlar a respiração apazigua o estresse.

Depressão
A sensação de bem-estar atribuída às sessões ajuda no tratamento.

Hipertensão
Ao baixar o nível de nervosismo e modular a respiração, há uma baixa na pressão arterial.

Tabagismo
Exercitar o autocontrole, algo proporcionado na ioga, é crucial para largar o vício.

Insônia
Ao trabalhar a mente e o corpo, o método viabiliza melhores noites de sono.

Câncer
A técnica dá gás e ânimo para quem está se tratando da doença, o que eleva as chances de reabilitação.

Manual do iogue

Orientações na hora de praticar qualquer versão

Desconecte-se
Desligue o celular para não prejudicar o seu foco e o dos outros.

Concentre-se
Evite se comparar com as demais pessoas presentes na sala. Dê atenção a si mesmo.

Prepare-se
Leve seu próprio tapete. A prática demanda energia e, por vezes, suor.

Proteja-se
Não deixe de se aquecer e de alongar os músculos para prevenir lesões.

Vista-se
Escolha roupas leves, que não vão atrapalhar na hora de se movimentar.

Hidrate-se
Mantenha sua garrafinha de água por perto ao longo da aula.

Respeite-se
Reconheça seus limites. Flexibilidade e força vêm com o tempo e a prática.

Continua após a publicidade

  • Atividade física
  • Depressão
  • Ioga

Источник: https://saude.abril.com.br/fitness/8-tipos-de-ioga-beneficios/

Sobre a Medicina
Deixe uma resposta

;-) :| :x :twisted: :smile: :shock: :sad: :roll: :razz: :oops: :o :mrgreen: :lol: :idea: :grin: :evil: :cry: :cool: :arrow: :???: :?: :!: