Benefícios da Acelga e como preparar

Contents
  1. Acelga: propriedades, benefícios e receitas deliciosas
  2. O que é acelga?
  3. Lista de propriedades
  4. Anti-inflamatório natural
  5. Ajuda a prevenir e controlar diabetes
  6. Aumenta a saciedade
  7. Combate prisão de ventre e diarreia
  8. Previne o envelhecimento precoce
  9. Reduz risco de câncer
  10. Protege o coração
  11. Contribui para a saúde dos olhos
  12. Como consumir?
  13. Ingredientes
  14. Modo de preparo
  15. Acelga: benefícios, como escolher e formas de preparo
  16. Valor nutricional da acelga
  17. 1. É uma forte aliada no combate ao câncer
  18. 2. Auxilia na perda de peso
  19. 3. Ajuda a melhorar a saúde dos seus ossos
  20. 4. Melhora a digestão
  21. 5. Oferece benefícios antioxidantes
  22. Dicas para escolher e armazenar a acelga
  23. Como consumir
  24. Alerta sobre o consumo
  25. ACELGA: como preparar e quais são os seus benefícios?
  26. Benefícios
  27. Receitas Super Saudáveis com Acelga
  28. Bok choy, a acelga chinesa. Benefícios, receitas, onde comprar e como plantar – GreenMe
  29. Do que se trata?
  30. Benefícios do Bok Choy
  31. Anti-inflamatório
  32. Antioxidante
  33. Prevenção do câncer
  34. Saúde do sistema cardíaco
  35. Fortalece o sistema imunológico
  36. Saúde dos olhos
  37. Saúde dos ossos
  38. Saúde da pele
  39. Gravidez saudável
  40. Receitas com Bok Choy
  41. Onde comprar
  42. Como plantar bok choy
  43. Contraindicação
  44. Acelga faz bem ao coração, veja 9 benefícios da hortaliça
  45. 1. Faz bem ao coração
  46. 2. Ajuda na saúde da circulação
  47. 3. Colabora com a densidade óssea
  48. 4. Melhora a visão e a pele
  49. 6. Previne anemia
  50. 7. Sono e ida ao banheiro em dia
  51. 8. Controla o nível de açúcar e gordura
  52. 9. Favorece a memória e o aprendizado
  53. Como escolher, conservar e consumir
  54. Riscos e contraindicações
  55. Acelga: surpreenda-se com 14 benefícios fantásticos desse ingrediente
  56. 14 benefícios surpreendentes da acelga
  57. 1. Seu alto valor nutricional
  58. 2. Auxilia no emagrecimento
  59. 3. Alívio da constipação
  60. 4. Ação antioxidante
  61. 5. Ajuda na regulação da glicemia
  62. 6. Combate as alterações de humor
  63. 7. Protege o trato digestivo
  64. Alertas sobre o seu consumo

Acelga: propriedades, benefícios e receitas deliciosas

Benefícios da Acelga e como preparar

Acelga, ou beterraba branca, é uma hortaliça nutritiva e que possui sabor amargo e levemente picante, o qual agrada muitos paladares. Seus benefícios são diversos e incluem, por exemplo, controle do nível de açúcar no sangue e poder anti-inflamatório. Além disso, é uma opção válida para quem está de dieta, visto que contém poucas calorias.

O que é acelga?

Brent Hofacker/Shutterstock

Pouco popular no Brasil, esse vegetal tem origem na Europa.

Como padrão, apresenta talo crocante e folhas lisas ou enrugadas. Contudo, pode ser encontrado em variações como acelga crespa, acelga de cardo, acelga japonesa, acelga loura, entre outros.

Lista de propriedades

Cada 100 g do alimento cru contém:

  • Calorias: 21 kcal
  • Proteína: 1,4 g
  • Lipídeos: 0,1 g
  • Carboidrato: 4,6 g
  • Fibra: 1,1 g
  • Cálcio: 43 mg
  • Ferro: 0,3 mg
  • Magnésio: 10 mg
  • Fósforo: 40 mg
  • Potássio: 3240 mg
  • Sódio: 1 mg
  • Vitamina B6: 0.099 mg
  • Vitamina C: 30 mg
  • Ácido fólico: 14 µg
  • Vitamina A: 306 µg
  • Vitamina E: 1.89 µg
  • Vitamina K: 830 µg

Anti-inflamatório natural

A acelga possui em suas propriedades substâncias como polifenóis e fitonutrientes (carotenoides e flavonoides), que fornecem ação anti-inflamatória natural ao organismo.

A presença de vitamina C também contribui para isso, já que é capaz de prevenir inflamações crônicas ao fortalecer o sistema imunológico.

Ajuda a prevenir e controlar diabetes

A presença de ácido sirigina, um flavonoide importante no controle da glicemia, inibe a ação de enzimas catabólicas, permitindo que os níveis de açúcar no sangue se mantenham estáveis.

Aumenta a saciedade

Por ser rica em fibras, a acelga aumenta o tempo de mastigação e digestão, estimulando a percepção dos sinais de saciedade e diminuindo a vontade de comer.

Combate prisão de ventre e diarreia

A presença das fibras contribui também para a saúde intestinal, visto que elas são resistentes à digestão, sendo consumidas por bactérias benignas da flora intestinal e, assim, propiciando a regulação dos movimentos intestinais e combatendo prisão de ventre ou diarreia.

Previne o envelhecimento precoce

Fatores como estresse, sedentarismo e má alimentação aumentam a produção de radicais livres, substâncias altamente reativas que oxidam células saudáveis, gerando o envelhecimento precoce. A acelga, por sua vez, contém antioxidantes que combatem tais estruturas.

Reduz risco de câncer

Os antioxidantes da acelga também evitam o surgimento de câncer, dado o papel fundamental dos radicais livres no desenvolvimento da doença.

Protege o coração

Os minerais disponíveis no vegetal promovem a produção adequada de células vermelhas no sangue, a manutenção da saúde dos vasos sanguíneos e o controle dos batimentos cardíacos, tendo assim uma ação anti-hipertensiva.

Esses efeitos melhoram a circulação sanguínea e, consequentemente, a oxigenação das células do corpo, prevenindo doenças como infarto e Acidente Vascular Cerebral (AVC).

Contribui para a saúde dos olhos

Esse vegetal é fonte importante de vitamina A, nutriente responsável pela saúde ocular e combatente de inúmeras doenças como catarata, glaucoma, degeneração macular e cegueira noturna.

Como consumir?

Antes de tudo, é indicado selecionar bem os buquês de acelga já no supermercado ou hortifruti. Escolha os maços de folhas espessas e brilhantes, com caule firme.

Vale lembrar que há diversos tipos da hortaliça e os com caule vermelho são os mais adocicados.

Antes de usar na alimentação, deixe suas folhas de molho por 15 minutos em uma tigela com água e hipoclorito (solução de sódio utilizada como desinfetante para vegetais). Depois, lave em água corrente e seque com papel toalha.

A acelga pode ser consumida de diversas maneiras, como crua em saladas, cozida em água ou no vapor, refogada, em sopas e até mesmo sucos.

Ingredientes

  • ¼ de acelga
  • ½ cenoura ralada
  • ½ pimentão-verde cortado em tiras finas
  • ½ cebola cortado em tiras finas
  • 1 colher de sopa de linhaça dourada
  • 2 colheres de sopa de azeite de oliva extra-virgem
  • 1 dente de alho
  • Suco de 1 limão
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparo

Higienize as folhas da hortaliça e corte-as em tiras. Em uma tigela, misture-as com o pimentão, a cebola e a cenoura e tempere com sal e pimenta-do-reino.

Em seguida, pique o alho e refogue com o azeite em uma frigideira em fogo baixo. Quando o alho dourar, acrescente os ingredientes que estão na tigela, misturando bem.

Desligue o fogo, acrescente a linhaça e o suco do limão e misture novamente. Sirva.

Acelga: benefícios, como escolher e formas de preparo

Benefícios da Acelga e como preparar

Foto: iStock

A acelga, também conhecida por couve chinesa ou repolho chinês, é uma variedade oval do repolho, com folhas verdes e talo branco. Pertence à família Brassica, assim como a couve-flor, couve-de-Bruxelas, repolho, brócolis etc.

  Esse vegetal é nativo da China, mas hoje em dia é cultivado em todo o mundo, devido as suas folhas adocicadas, crocantes e cheias de nutrientes.

É muito utilizada na culinária do extremo leste asiático, local onde o seu sabor marcante e seus benefícios à saúde são muito apreciados.

A acelga pode ser consumida de forma natural, sem cozimento. Apesar disso, é bastante utilizada em refogados ou sopas, recheios de tortas e saladas, sendo um acompanhamento perfeito para carne de porco. Se for fazer a acelga cozida, prefira prepará-la no vapor ou com pouca água: assim, você irá conseguir manter todos os nutrientes do vegetal.

Valor nutricional da acelga

Apesar de ter seu maior consumo no leste asiático, pessoas que querem manter um estilo de vida saudável consomem a acelga por todo o mundo.

 Ela possui muitos antioxidantes, além de fitonutrientes, como a luteína, isotiocianatos e sulforafano; que auxiliam no processo de desintoxicação do nosso organismo.

Também possui quantidades consideráveis de vitamina A, vitamina C e vitamina K, aliadas na proteção do nosso corpo contra doenças perigosas.

Uma porção do vegetal contém (1):

  • 16 calorias
  • 1,2 gramas de proteína
  • 3,3 gramas de carboidratos
  • 10 % da necessidade diária de vitamina A
  • 45 % da necessidade diária de vitamina C
  • 38 % da necessidade diária de vitamina K
  • 8 % da necessidade diária de cálcio
  • 20 % da necessidade diária de folato.

1. É uma forte aliada no combate ao câncer

Brócolis, couve, acelga,  couve-flor e couve-de-bruxelas contêm fitoquímicos poderosos, incluindo carotenoides, indóis, glucosinolatos e isotiocianatos, que têm sido estudados e demonstraram retardar o crescimento de muitos tipos de câncer (2, 3).

2. Auxilia na perda de peso

A acelga e o repolho são considerados ótimos alimentos para aquelas pessoas que estão tentando emagrecer ou manter o peso estável.

Em uma porção grande de acelga ou repolho cozidos, você não encontra mais de 30 calorias (dependendo de como foram preparados).

Essa quantidade mínima de calorias garante uma refeição que provocará saciedade em quem estiver comendo e não fará a pessoa engordar.

3. Ajuda a melhorar a saúde dos seus ossos

Assim como todos os outros vegetais crucíferos, a acelga é considerada uma grande fonte de minerais como o cálcio, magnésio e potássio. Estes são três minerais essenciais que auxiliam na proteção óssea e previnem  o enfraquecimento geral dos ossos ou o aparecimento de condições como a osteoporose (4).

4. Melhora a digestão

A fibra dietética é essencial para uma boa digestão dos alimentos dentro do nosso intestino e acelga contém uma quantidade elevada desse nutriente.  Ou seja, ao consumir esse vegetal, as fibras dietéticas presentes nele desenvolvem um volume dentro do trato digestivo e isso irá acelerar sua digestão, removendo tudo o que não é necessário no seu corpo (5).

5. Oferece benefícios antioxidantes

A saúde do nosso corpo depende da saúde do nosso sistema imunológico. Para aumentar a nossa imunidade, consumir acelga regularmente pode ser uma boa opção. Ela contém substâncias antioxidantes e anti-inflamatórias que nos protege dos radicais livres, tão prejudiciais ao nosso corpo (6).

Dicas para escolher e armazenar a acelga

Foto: iStock

A acelga pode ser encontrada facilmente em mercados e feiras. Descubra, abaixo, a melhor maneira de escolher essa verdura, no momento de comprar:

  • Compre sempre a acelga fresca: evite escolher aquelas com folhas murchas, amareladas e secas e caules quebrados. Ela deve ser firme, com suas folhas crocantes e bem unidas.
  • Cuidado com as pragas: quando a acelga fica muito tempo sem ser consumida, podem aparecer pequenos vermes no seu interior. Verifique o interior das folhas sempre que for comprar.
  • Prefira verduras orgânicas: produtos orgânicos possuem menos agrotóxicos e fertilizantes químicos que podem ser prejudiciais à nossa saúde.

Em casa, guarde a acelga dentro da geladeira, na parte mais baixa (para evitar umidade excessiva). Ela se mantém fresca, se em baixa temperatura, por cerca de três dias.

Como consumir

Foto: iStock

Pragas são comuns em folhas de acelga, portanto, lave bem cada folha em água corrente e fria. Em seguida, mergulhe em água levemente salgada por cerca de 30 minutos, enxaguando em água corrente, após isso. Além de prevenir qualquer praga na sua salada, você também se livrará de boa parte dos agrotóxicos e pesticidas que podem ter sido usados no cultivo da verdura.

Para preparar, corte a extremidade da base usando uma faca de cozinha. Em seguida, separe as folhas da base as puxando com a mão. Após separadas e devidamente higienizadas, você terá uma infinidade de opções de consumo da acelga. Veja a seguir:

  • Crua: a acelga, com seu sabor adocicado e crocante, pode ser consumida crua, adicionada em saladas, sanduíches e hambúrgueres. Uma boa opção é fazer uma salada crua com diversos tipos de repolhos e acelga e consumir com alguma carne.
  • Fermentada: a acelga pode ser fermentada com diversos tipos de pimenta, o que resulta no kimchi. Esse é um prato muito consumido por toda a Ásia, principalmente na Coréia.
  • Cozida no vapor: na Tailândia e em outros países do Leste Asiático, esse vegetal é picado  e cozido no vapor com arroz, envolto em folhas de bananeira e servido com guisados.

Na China e outras regiões da Ásia Oriental, é ainda um ingrediente muito usado no preparo do arroz frito. Você pode fazer receitas orientais ou criar as suas próprias receitas, o importante é consumir essa verdura tão nutritiva.

Alerta sobre o consumo

Como em outros vegetais da família brassica, a acelga também possui compostos químicos conhecidos como “goitrogênicos”.

 O consumo prolongado desses vegetais pode causar inchaço da glândula tireoide, uma condição conhecida como bócio.

 Portanto, é aconselhável, em alguns indivíduos com disfunção tireoidiana, limitar os vegetais brassica na dieta. No entanto, eles podem ser usados ​​com moderação em pessoas saudáveis.

As informações contidas nesta página têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.

Источник: https://www.pensenatural.com.br/acelga/

ACELGA: como preparar e quais são os seus benefícios?

Benefícios da Acelga e como preparar

A acelga é uma verdura bem interessante! É resistente, de fácil conservação, tem boa durabilidade, consistência crocante e é farta de folhas, rendendo bastante, por isso dá para consumi-la várias vezes.

Seu frescor e crocância cai muito bem crua em saladas, fica boa em sopas, conservas, fermentados, refogados e feita de forma escaldada ou a vapor.

A acelga é muito nutritiva e vale muito a pena ter sempre essa verdura na geladeira, pois dá para fazê-la de várias maneiras e rende muito. Essa verdura é bem baratinha, fácil de encontrar em supermercados ou feiras.

Saiba como prepará-la, os benefícios de consumi-la e aprenda algumas receitas com essa refrescante hortaliça.

A acelga ou beterraba branca (Beta vulgaris var. cicla) tem talo longo e firme e folha com coloração verde ou avermelhada.

Benefícios

A acelga é um vegetal oriundo do Mediterrâneo que traz muitos benefícios à saúde.

Rica em diversos nutrientes é um alimento bem funcional, a acelga tem em sua composição nutricional os seguintes nutrientes:

  • carboidratos
  • fibras
  • proteínas
  • cálcio
  • manganês
  • fósforo
  • magnésio
  • potássio
  • ferro
  • cobre
  • zinco
  • vitamina A
  • vitamina B6
  • vitamina C
  • vitamina B7
  • vitamina K
  • além da presença de antioxidantes, como flavonoides e carotenoides.

Consumir essa verdura traz muios benefícios para a saúde. Confira, alguns desses benefícios:

  • Promove a saúde mental
  • Boa para a visão
  • Propicia a saúde dos cabelos
  • Dá mais energia para atividades físicas
  • É antiestresse
  • Estimula a circulação sanguínea
  • Evita doenças cardiovasculares
  • Tem propriedade rejuvenescedora
  • Fortalece os ossos
  • Melhora a digestão
  • Previne a diabetes

Para um melhor aproveitamento dos benefícios da acelga, é preciso consumi-la corretamente. Preparar e comer esta verdura é fácil, pois pode-se prepará-la de inúmeras formas e combinando com outros vegetais, além disso dá para utilizá-la como ingrediente em várias receitas.

Saiba como preparar acelga e conheça algumas receitas fáceis com essa verdura para fazer parte de seu cardápio diário.

Procedimentos para preparar a acelga

Passo a passo para escolher e preparar a acelga de várias formas:

1. ESCOLHA UM MAÇO DE ACELGA SAUDÁVEL

A dica é que as folhas estejam espessas e brilhantes. O caule deve ser firme.

2. ESCOLHA O TIPO CERTO

Há vários tipos de acelga, que podem possuir caules de cores amarela, branca ou vermelha, além de sabores diferenciados, escolha a que melhor te agrada.

As acelgas avermelhadas são mais adocicadas que as brancas.

Alguns tipos de acelgas possuem caules mais grossos e outras, mais finos. Todos os tipos de acelgas podem ser preparados da mesma maneira, porém, terão sabores diferentes.

3. LAVE BEM O VEGETAL

Lave bem a acelga. Para isso, mergulhe o vegetal em água quente por alguns minutos e pronto. Faça isso somente momentos antes de utilizá-la, para que não murche.

4. SEPARE AS FOLHAS OU PREPARE O MAÇO INTEIRO

Para preparar a sua acelga cozida, separe o maço em folhas menores ou grossas ou cozinhe o maço inteiro. Caso esteja preparando acelga com caule mais grosso, separe as folhas, pois os caules necessitarão de mais tempo de cozimento.

5. PREPARO DA ACELGA NO VAPOR

Para prepará-la no vapor só precisará acrescentar os caules e partes mais grossas alguns minutos antes das folhas. Deixe que as folhas cozinhem por um ou dois minutos. Quando ficarem macias e murchas estarão prontas.

6. PREPARO DA ACELGA NO MICROONDAS

Outra forma de preparar a acelga é no microondas. Para isso, leve o vegetal lavado para esquentar no microondas por cerca de dois minutos em um recipiente de vidro e tampado.

Assim que passar o primeiro minuto, retire a acelga para dar uma olhada se está no ponto ideal, para não correr o risco dela ficar encharcada ou queimar.

O cozimento desse jeito é praticamente no vapor porque se cozinha com a água do próprio vegetal.

7. COZIMENTO DA ACELGA NA PANELA, EM FOGO BRANDO

Coloque um fundo de água em uma panela e leve a acelga para cozinhar em fogo brando. Coloque primeiro as folhas e os caules mais grossos e deixe-os cozinhar por cerca de dois minutos. Depois desse tempo, acrescente as folhas menores e deixe-as cozinhar mais um ou dois minutos.

8. COMO REFOGAR A ACELGA

Uma dica para facilitar o preparo da acelga é picar o caule da acelga em pedaços de 10 cm.

Para refogar a acelga, é necessário que seja em fogo médio-baixo, com uma ou três colheres (sopa) de azeite de oliva.

Após aquecer o azeite, coloque os caules de acelga e deixe cozinhar por dois ou três minutos. Tampe a panela por um minuto. Em seguida, adicione as folhas menores.

Retire a tampa quando verificar que a verdura soltou água e cozinhe por mais dois o três minutos ou até que fiquem macias.

Receitas Super Saudáveis com Acelga

A acelga vai bem de várias formas, Crua e fatiada, vira salada crocante com maçã ralada, coentro, pimenta-dedo-de-moça, azeite, limão.

Refogada em quadrados, com molho de laranja e alho e com castanha-de-caju picada na hora de servir.

Essa verdura combina com temperos orientais! As folhas da acelga com molho com vinagre de arroz, shoyu e gengibre fica uma delícia! E, não para aí, veja mais formas deliciosas maneiras de preparar refeições com acelga.

CHUCRUTE DE ACELGA

Neste vídeo é ensinado a receita de Chucrute de Acelga, um acompanhamento delicioso para diversas refeições, até em sanduíches. O chucrute age como probiótico e faz muito bem à saúde. Tradicionalmente é feito com repolho, mas com acelga fica igualmente delicioso.

Para essa receita serão necessários os seguintes ingredientes:

  • acelga
  • sal em quantidade equivalente a 2% da acelga em peso
  • 1 pote de fazer picles (explicações sobre isso no final do vídeo)

SALADA ORIENTAL DE ACELGA

Paula Lumi ensina neste vídeo esta exótica salada com acelga, ótima para o dia a dia, pois rende bem e dá para comer vários dias!

Ingredientes para essa delícia de salada!

  • 1 acelga pequena cortada em tiras (cerca de 450 g)
  • 1 pepino médio cortado em palitos finos (cerca de 150 g)
  • 1 cenoura média cortada em palitos finos (cerca de 150 g)
  • 1 cebola média cortada em tiras finas (cerca de 100 g)
  • 1 xícara (de chá) de pimentão vermelho e/ou amarelo cortados em tiras finas (cerca de 100 g)
  • 1/3 de xícara (de chá) de shoyu (ou mais se assim preferir)
  • Suco de 1 limão
  • Pimenta do reino moída a gosto
  • 3 colheres (de sopa) de óleo vegetal (girassol, milho, coco, ou azeite)
  • 4 dentes de alho cortados em lâminas finas
  • 1 colher (de sopa) de gergelim branco
  • Azeite a gosto

KIMCHI COREANO COM ACELGA

Daniel Rocha – Alkaline-Man, ensina neste vídeo de seu canal, como preparar Kimchi Coreano, uma receita de alimentação viva, com acelga e outros vegetais. Esta receita de fermentado de sabor picante é alcalina e muito funcional, pois promove a saúde da flora digestiva e intestinal.

As quantidades de cada ingrediente foram apresentadas a olho por Daniel Rocha, mas como sugestão e para facilitar o preparo dessa receita, segue na lista abaixo a quantidade aproximativa de cada ingrediente usado.

Os ingredientes que serão necessários para esta receita são:

Para o molho:

  • 6 tomates
  • 1 cebola roxa
  • 1 maçã pequena
  • pimenta do reino a gosto
  • 1 colher de chá de feno grego
  • 2 pedacinhos de gengibre (ou 2 colheres de chá de gengibre em pó ou ralado)
  • 1 pimenta caiena (ou mais, conforme preferência)
  • 1 pimenta de cheiro (ou mais, conforme preferência)
  • sal a gosto

Legumes crús e fatiados que comporão o KImchi

  • 1 maço de acelga
  • 1 cenoura
  • meio brócolis
  • meio nabo

Depois de saber de tantos benefícios e vantagens de se consumir acelga, não dá para deixar de ter esse vegetal na geladeira, pois opções e variedades de receitas para incluir essa verdura em nosso cardápio, não irão faltar!

Talvez te interesse ler também:

FLEXITARIANA: A DIETA CONTRA O AQUECIMENTO GLOBAL

MILHO-VERDE: COMO UTILIZAR? BENEFÍCIOS E RECEITAS

BOK CHOY, A ACELGA CHINESA. BENEFÍCIOS, RECEITAS, ONDE COMPRAR E COMO PLANTAR

Источник: https://www.greenmebrasil.com/alimentarse/alimentacao/7184-acelga-receitas-beneficios/

Bok choy, a acelga chinesa. Benefícios, receitas, onde comprar e como plantar – GreenMe

Benefícios da Acelga e como preparar

Bok choy, parece nome de companhia de ballet russo, mas na verdade trata-se de uma acelga chinesa muito saborosa e crocante! Pena que os portadores de problemas na tireóide não podem se beneficiar muito com o consumo dela, mas como dizem: “um pouquinho só não faz mal a ninguém”! (Difícil é comer só um pouquinho…)

Nesse artigo vamos falar mais sobre esse vegetal bastante saboroso, nutritivo e completo no quesito vitaminas e minerais. O Bok Choy possui, além de vitaminas, substâncias antioxidantes que previnem o câncer e ajuda a combater os radicais livres.

Por isso, vamos aprender também algumas receitas bem simples e também como plantar, para termos em nossa própria casa. Mas antes, vamos explicar um pouco mais sobre origem e variedades dessa planta.

{index}

Do que se trata?

Bok Choy ou couve da China, é um vegetal da família do repolho, tem origem ocidental e é muito usado na culinária oriental. Devido à sua variedade, em cada região tem um nome diferente e é dividido em duas subespécies:

  • Brassica rapa pekinensis – tem formato de repolho, folhas largas, cor clara e folhas verdes escuras na ponta. É conhecida por “napa” (palavra japonesa), couve-aipo, acelga-chinesa, repolho-chinês, “nappa cabbage”, “celery cabbage” (inglês) e pe-tsai.
  • Brassica rapa chinensis – apresentam folhas separadas, verdes escuras e normalmente é chamada de pak-choi, bok-choi, tsoi sum, “chinese mustard”, “chinsensai” (japonês) ou “celery mustard”.

Benefícios do Bok Choy

O Bok Choy é rico em nutrientes, vitaminas e minerais, tem baixa caloria e antioxidantes que conferem muitos benefícios para a saúde. Dentre eles podemos relacionar:

Anti-inflamatório

Os antioxidantes, ácidos graxos e ômega 3 aliados à vitamina K e aos fitonutrientes contidos na acelga chinesa ajudam na prevenção e tratamento de inflamações crônicas.

Antioxidante

Possui vitaminas A, C, manganês, zinco, fitonutrientes e flavonóides que são considerados substâncias antioxidantes. Possui também alguns ácidos fenólicos como quercetina, kaempferol e isoramnetina que combatem os radicais livres.

Prevenção do câncer

Parente do repolho e demais vegetais crucíferos, a acelga chinesa possui as mesma substâncias anticancerígenas que protegem as células de mutações e danos celulares. Tanto que o seu consumo é fortemente recomendado para evitar o surgimento de câncer de próstata, cólon, pulmão e mamas.

Saúde do sistema cardíaco

Cálcio, magnésio e potássio em conjunto ajudam a diminuir a pressão arterial de forma natural. Além desses nutrientes, a acelga chinesa contém vitamina B6 e folato que previnem o acúmulo de homocisteína, causadora de problemas cardiovasculares.

Fortalece o sistema imunológico

Além da quantidade abundante de vitamina C, a acelga chinesa também é rica em selênio que estimula a produção de substâncias que impedem a formação de infecções.

Saúde dos olhos

Devido à presença de vitamina A e betacaroteno, a acelga chinesa também é indicada na prevenção de diversos problemas oculares. >

Saúde dos ossos

Dentre as vitaminas contidas na acelga chinesa, a vitamina K é a principal no combate à fratura dos ossos, pois ela é responsável pela absorção do cálcio ingerido na alimentação.

Saúde da pele

Além da vitamina C que ajuda a produzir o colágeno essencial para a firmeza e beleza da pele, a acelga chinesa também possui substâncias antibacterianas que ajudam a combater eczema e acnes.

Gravidez saudável

O folato é uma substância importante no desenvolvimento no bebê e para a saúde da mãe. Por isso o consumo de acelga chinesa, bem como de os outros vegetais com folhagem verde escura, é importante para a saúde da mãe e do bebê.

Receitas com Bok Choy

Agora que já vimos todos os benefícios que a acelga chinesa pode nos fornecer, vamos aprender a prepará-la? Para isso separamos dois vídeos com o passo a passo de quem conhece do assunto!

Em ambos, o Bok Choy é preparado de forma refogada, com poucos ingredientes adicionais. No primeiro vídeo o rapaz acrescenta gergelim torrado, o que torna o prato ainda mais nutritivo, saboroso e crocante.

No segundo vídeo, o Bok Choy é preparado com alho e pimenta refogados, mas mantém a sua crocância original, pois é preparado com as folhas inteiras. Diferente do primeiro vídeo em que a acelga chinesa é picada e refogada na frigideira.

Acompanhem os vídeos e escolham sua receita:

Onde comprar

Disponível em feiras livres e mercados municipais, principalmente nos que são especializados em produtos orientais, a acelga chinesa também é facilmente encontrada em sites de produtos orgânicos e feirinhas virtuais.

Basta fazer uma pesquisa para comparar os preços:

  • Feirinha Express
  • Hortifruti
  • Eu orgânico
  • Toca do verde

Como plantar bok choy

Para quem tem espaço, disponibilidade e ama ter uma hortinha em sua própria casa, também é possível e bem simples plantar a acelga chinesa.

Vejam as dicas no vídeo “Como plantar couve chinesa” com dicas úteis para aproveitar melhor as mudas, como transplantá-las, o que colocar na terra e muito mais!

Contraindicação

Especialistas em nutrição e no tratamento da tireoide indicam que o consumo de vegetais crucíferos, assim como a acelga chinesa, dentre outro alimentos, devem ser evitados ou consumidos em quantidades menores. Porém, o consumo da acelga chinesa não é proibido nestes casos. A orientação é para nunca comê-los crus e limitar o consumo a no máximo três vezes por semana.

Esperamos que tenham gostado das dicas e incrementem a refeição com mais este vegetal cheio de vida!

Talvez te interesse ler também:

SHOYU – DE QUE É FEITO? COMO USAR? FAZ MAL?

MISSÔ – BENEFÍCIOS, DICAS E RECEITAS

SHIMEJI – RECEITAS FÁCEIS PARA PROVAR!

RECEITAS DE TEMPURÁ DE LEGUMES PARA TODOS OS GOSTOS!

Источник: https://www.greenme.com.br/alimentar-se/alimentacao/68765-bok-choy-a-acelga-chinesa-beneficios-receitas-onde-comprar-e-como-plantar/

Acelga faz bem ao coração, veja 9 benefícios da hortaliça

Benefícios da Acelga e como preparar

A acelga tem presença garantida na culinária oriental, seja no preparo de sopas, saladas ou pratos com proteína. A hortaliça também é consumida nos países da costa atlântica e mediterrânea da Europa. E deveria conquistar o paladar dos brasileiros.

A razão está no baixo teor calórico —apenas cerca de 20 kcal em 100 g — e no alto valor nutricional. A acelga é rica em vitaminas C e K e em minerais, como magnésio e potássio. Além disso, possui na composição ferro, cálcio, fibras e proteínas.

Os nutrientes contidos na hortaliça estimulam a densidade óssea e a digestão, regulam os níveis de glicose e de gordura no sangue e ainda fortalecem o sistema imunológico. Esse nutritivo alimento também faz bem à saúde cardiovascular.

No entanto, por conter ácido oxálico, pessoas com tendência à formação de pedras nos rins devem consumi-la preferencialmente cozida.

Veja a seguir nove benefícios nutricionais da acelga, as dicas de como escolher e consumir, além das contraindicações:

1. Faz bem ao coração

A acelga é rica em vitamina K, que inibe a calcificação vascular e, portanto, dificulta a formação de placas nas artérias. Além disso, previne a aterosclerose, pois aumenta a elasticidade dos vasos sanguíneos. Já a presença do cálcio favorece as funções neuromusculares, uma vez que age no ciclo de contração e relaxamento que regula os batimentos cardíacos.

A hortaliça ainda possui magnésio, que desempenha papel fundamental na saúde cardiovascular por melhorar a disfunção endotelial, e potássio, que exerce efeito sobre a pressão arterial e a atividade muscular das células nervosas.

2. Ajuda na saúde da circulação

A hortaliça também é uma aliada dos bebês prematuros. Fonte de vitamina K, contribui para a circulação sanguínea e, por isso, previne hemorragias nos pequenos, como sangramentos intestinais.

3. Colabora com a densidade óssea

O consumo de acelga estimula uma maior fixação de cálcio nos ossos e nos dentes. Essa ação é essencial para a formação das fibras de colágeno do nosso organismo, graças às vitaminas C e K e proteínas encontradas em sua composição nutricional. Assim como o próprio mineral, que é fundamental durante a infância, gestação e lactação.

4. Melhora a visão e a pele

A hortaliça ajuda a ter visão e pele saudáveis por prover de vitamina A, que protege a córnea, estimula o crescimento e o desenvolvimento dos tecidos e mantém a integridade e função das células.

Já a vitamina C e o ferro contidos no alimento evitam o envelhecimento precoce, uma vez que estimulam a produção de colágeno e o combate aos radicais livres. Enquanto as proteínas facilitam o transporte molecular e a reparação e regeneração celular.

Imagem: iStock

Ingerir acelga pode criar uma barreira de defesa do corpo contra infecções e doenças. Por conter vitaminas A, C e K, cálcio, ferro e proteínas, desempenha papel importante no fortalecimento do sistema imunológico ao aumentar a produção de glóbulos brancos e anticorpos.

6. Previne anemia

A vitamina C presente no alimento potencializa a absorção do ferro. O mineral previne anemia, melhora o raciocínio e combate o desânimo. Além de reduzir o estresse, já que atua na produção de hormônios como cortisol, histamina e norepinefrina. Como consequência, ocorre a melhora de humor e a prevenção de quadros depressivos.

7. Sono e ida ao banheiro em dia

Tem dificuldade para dormir e constipação intestinal? Coloque acelga no prato. O alimento possui magnésio, que aumenta os níveis de melatonina, hormônio importante para a qualidade do sono. O mineral também estimula os movimentos peristálticos do esôfago e do intestino. Essa ação ajuda a empurrar o alimento para o tubo digestivo. Já as fibras aceleram o trânsito intestinal.

8. Controla o nível de açúcar e gordura

A acelga é um alimento que não pode faltar na dieta de quem tem diabetes ou colesterol alto. Devido ao magnésio e fibras, a ingestão da hortaliça ajuda a reduzir os níveis de glicose e de gordura no sangue.

9. Favorece a memória e o aprendizado

Entre as contribuições da presença de ferro na acelga está a regulação de neurotransmissores cerebrais, que facilitam o aprendizado e contribuem para o bom funcionamento da memória. Além disso, o mineral colabora no desenvolvimento cognitivo na primeira infância.

Como escolher, conservar e consumir

Imagem: iStock

O ideal é que as folhas da acelga estejam bem verdes e espessas, sem a presença de manchas. Já o caule —que pode ser de cores amarela, branca ou vermelha — deve estar firme.

O consumo deve ser realizado o mais breve possível, a fim de evitar a perda de nutrientes. Uma dica para preservar a hortaliça é higienizar, secar e guardar em pote fechado na geladeira, por até uma semana.

Como possui folhas crocantes, pode ser consumida crua, no preparo de saladas e sanduíches —a não ser que você tenha propensão a pedras nos rins, como já explicamos.

Outra opção é refogar no vapor, para conservar a qualidade nutricional, e misturar com uma proteína animal ao final do preparo. Ou cozinhar junto aos legumes da sopa.

Também é indicada como recheio de torta ou ingrediente de sucos. Evite fritar.

Riscos e contraindicações

Imagem: iStock

A quantidade e a frequência de consumo de acelga devem ser controladas por pessoas que fazem uso de anticoagulantes, devido à alta concentração de vitamina K, e por quem sofre de diverticulite, por causa da presença de fibras.

Além disso, a hortaliça contém ácido oxálico, que interfere na absorção de minerais e estimula a formação de cristais de oxalato de cálcio nos rins. Em todo caso, a concentração de ácido oxálico é reduzida quando a acelga é fervida ou cozida, assim como a quantidade de vitaminas e minerais. O sugerido é consumir uma hortaliça, de qualquer tipo, por dia.

Fontes: Marisa Diniz, nutricionista do Hospital Leforte (SP); Fernanda Maluhy, nutricionista do Hospital Alemão Oswaldo Cruz (SP) e Joana D'Arc Camara Cordeiro, supervisora de Nutrição do Hospital Barra D'Or (RJ).

Источник: https://www.uol.com.br/vivabem/noticias/redacao/2020/08/12/acelga-faz-bem-ao-coracao-veja-9-beneficios-da-hortalica.htm

Acelga: surpreenda-se com 14 benefícios fantásticos desse ingrediente

Benefícios da Acelga e como preparar

Foto: iStock

Hortaliça rica em nutrientes e com sabor característico, a acelga também é conhecida como beterraba branca, apesar de não produzir raiz comestível como o vegetal da mesma família. Possuindo caule grosso, folhas longas em tons de verde, podendo ser onduladas ou lisas, possui sabor amargo e levemente picante.

Muito comum nos países do Mediterrâneo, este vegetal possui origem desconhecida, com relatos de sua popularidade entre os povos romanos, gregos e egípcios. Outra curiosidade é que este é um dos alimentos mais consumidos na Coreia, sendo apresentado em forma de conserva, conhecido como kimchi.

14 benefícios surpreendentes da acelga

Foto: iStock

Apesar de não ser muito popular no nosso país, esta hortaliça possui vários benefícios se consumida com regularidade, merecendo uma chance para ganhar espaço no cardápio semanal. Confira alguns destes benefícios segundo a nutricionista Ana Paula Moura:

1. Seu alto valor nutricional

Rica em nutrientes, muitas vezes a acelga é considerada um dos vegetais mais completos para a alimentação.

Em uma porção de 100 g desta hortaliça, existem apenas cerca de 20 kcal, 4,6 g de carboidratos, 1,4 g de proteína e 1,1 g de fibra alimentar.

Em relação aos sais minerais presentes neste alimento, destacam-se o cálcio, fósforo, magnésio, manganês, ferro e potássio. Já em relação as vitaminas, a acelga possui vitaminas A, C, E, K, e as vitaminas do complexo B (B1, B2, B3, B5 e B6).

2. Auxilia no emagrecimento

Conforme a nutricionista revela, a acelga possui baixo valor calórico, tornando-se uma boa opção de alimento a ser adicionado em uma dieta que visa a perda de peso.

3. Alívio da constipação

“Por ser um alimento que possui alto teor de fibra alimentar, a acelga auxilia no bom funcionamento intestinal, aliviando sintomas de constipação”, explica Ana Paula.

4. Ação antioxidante

De acordo com a profissional, a acelga é um dos alimentos mais ricos em antioxidantes, substâncias responsáveis pelo combate dos radicais livres, os causadores do envelhecimento das células e de doenças mais graves como o câncer.

5. Ajuda na regulação da glicemia

“Esta é outra ação resultante da sua composição rica em fibras, a qual ajuda a manter a glicose sanguínea estável”, revela a nutricionista.

6. Combate as alterações de humor

Por ser rica em magnésio, a acelga acaba sendo relacionada ao melhor controle do estresse, combate à insônia e prevenção de dores de cabeça.

7. Protege o trato digestivo

“Consumir regularmente este vegetal ajuda a diminuir a inflamação do trato gastrointestinal, além de regular os movimentos peristálticos do intestino”, evidencia a profissional.

Alertas sobre o seu consumo

Foto: iStock

A nutricionista revela que não existem efeitos colaterais do seu consumo. Segundo ela é recomendável que pacientes com problemas renais como cálculos consumam este alimento com moderação, já que esta verdura é rica em oxalato, conhecido produtor das populares “pedras no rim”.

Pessoas que fazem uso de medicações anticoagulantes também devem evitar este alimento, já que as grandes concentrações de vitamina K podem interferir na ação do medicamento.

Vegetal de fácil acesso e sabor marcante, é simples incluir esta hortaliça na sua rotina alimentar. Adicione já a acelga ao seu cardápio semanal e comprove todos os seus benefícios.

As informações contidas nesta página têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.

Источник: https://www.dicasdemulher.com.br/acelga/

Sobre a Medicina
Deixe uma resposta

;-) :| :x :twisted: :smile: :shock: :sad: :roll: :razz: :oops: :o :mrgreen: :lol: :idea: :grin: :evil: :cry: :cool: :arrow: :???: :?: :!: