Colágeno hidrolisado: para que serve e como tomar

Contents
  1. Colágeno Hidrolisado
  2. Para que serve o Colágeno Hidrolisado?
  3. Opinião da Nutri:
  4. O que pode afetar na perda de Colágeno?
  5. Como tomar o Colágeno Hidrolisado?
  6. Há contraindicação?
  7. Pontos finais:
  8. Colágeno: emagrece, deixa a pele firme e protege os ossos
  9. Colágeno na dose certa
  10. Amigo da perda de peso
  11. Dieta com colágeno
  12. Bom para quem malha
  13. Diferentes formas do suplemento
  14. Nas prateleiras
  15. Colágeno: entenda para que serve, benefícios e se faz mal
  16. Para que serve o colágeno
  17. Como obter colágeno
  18. Alimentos que estimulam a produção de colágeno
  19. Alimentos que prejudicam a produção de colágeno
  20. Colágeno hidrolisado
  21. Colágeno faz mal?
  22. Veja também:
  23. Colágeno hidrolisado: descubra como funciona e para que serve!
  24. Como utilizar o colágeno hidrolisado?
  25. Para quem ele é indicado?
  26. Aumenta a saciedade
  27. Combate celulite e a flacidez
  28. Ajuda no rejuvenescimento da pele
  29. Fortalece os ossos e as articulações
  30. Potencializa a cicatrização
  31. Quais são os seus efeitos colaterais?
  32. Qual o melhor horário para tomar colágeno?
  33. O colágeno é uma proteína que ajuda a manter a elasticidade e a resistência da pele, cabelos e unhas
  34. O colágeno é fundamental para promover a elasticidade, a resistência e a flexibilidade
  35. O colágeno pode favorecer a beleza, saúde e prevenir o envelhecimento precoce
  36. O melhor colágeno é aquele que atende às suas necessidades reais e objetivos pessoais
  37. O colágeno pode ser tomado em pó ou em cápsulas
  38. De acordo com especialistas, seu consumo deve ser priorizado durante a noite
  39. Leia também:
  40. O que é colágeno: para que serve, qual o melhor, como tomar
  41. Qual é a principal função do colágeno?
  42. Quais são os benefícios de tomar colágeno?
  43. Qual é o melhor colágeno para tomar?
  44. Existe algum tipo de colágeno específico para flacidez?

Colágeno Hidrolisado

Colágeno hidrolisado: para que serve e como tomar

  • R$ 26,10 no boleto (-10%)em até 1x de R$ 29,00 no cartão
  • R$ 128,70 no boleto (-10%)em até 2x de R$ 71,50 no cartão
  • R$ 47,70 no boleto (-10%)em até 1x de R$ 53,00 no cartão
  • R$ 63,90 no boleto (-10%)em até 1x de R$ 71,00 no cartão
  • R$ 125,00 no boleto (-10%)em até 2x de R$ 69,45 no cartão
  • R$ 69,00 no boleto (-10%)em até 1x de R$ 76,67 no cartão
  • R$ 31,50 no boleto (-10%)em até 1x de R$ 35,00 no cartão

Colágeno Hidrolisado é um suplemento alimentar. Uma proteína de extrema abundância em seu organismo. Na derme, ou camada média da pele, o colágeno auxilia na formação do sistema fibroso chamado fibroblasto, em que novas células podem crescer.

O mesmo participa de importante papel na reposição e restauração de células mortas da pele e também em manter as células. É o carro chefe na construção de tendões, ligamentos, músculos e pele, dentre outros. Como vimos então, é uma proteína que irá providenciar estrutura.

Há pelo menos 16 tipos de colágenos, e podem ser encontrados em seu corpo, providenciando estrutura e suporte.

Para que serve o Colágeno Hidrolisado?

Colágeno é uma proteína muito indicado para lhe dar estrutura, maior fortalecimento e elasticidade da pele, unhas e cabelos. 
Com a idade, o corpo passa a produzir menor quantidade de colágeno (geralmente a partir dos 30 anos aos 50 anos de idade).

A estrutura da pele começa a perder integridade, surgindo então as rugas e a fraqueza na cartilagem das juntas, que começam a ser mais notadas.

As mulheres, na maioria dos casos presenciam uma grande redução na síntese de colágeno depois da menopausa, depois dos 60 anos de idade, um grande declínio na produção do colágeno é absolutamente normal.

Os benefícios do colágeno hidrolisado têm um amplo potencial de funções, e pelo fato de ocorrer naturalmente faz o produto ser versátil clinicamente e adaptado a diversas propostas médicas.

Dois tipos de suplementos estão ganhando popularidade: colágeno hidrolisado e a simples gelatina, da qual se obtém quando o colágeno é cozido.

O hidrolisado possui uma boa absorção desde que a proteína foi quebrada em pequenos peptídeos.

Separamos alguns estudos mostrando benefícios em áreas atuadas.

O que todos gostam de ouvir: mulheres que consumiram o suplemento obtiveram uma melhora a elasticidade da pele.

O Colágeno também é indicado e utilizado como cosmético, em forma de uso tópico, minimizando linhas de expressão e rugas.

Outro caso a ser utilizado este suplemento alimentar é para pessoas que sofrem de osteoartrite. Os mesmos tiveram uma

significativa diminuição da dor depois de 70 dias de estudo quando comparado àqueles que tomaram placebo.

Deixamos um artigo em nosso blog pronto pra você aprender mais sobre o Colágeno Hidrolisado e para que serve.

Aumento na Elasticidade da Pele.

Rápida fonte de Colágeno.

Auxilia no emagrecimento.

Auxília no tratamento de Osteoporose.

Valor energético4kcal/17kJ36kcal/150kJ
Proteínas1,0g8,7g
Vitamina A10mcg600mcg
Vitamina C0,8mg45mg
Vitamina E0,2mg10mg
Porção1,1g10g
Rendimento60 porções100 porções
ComprarComprar

Você estará apto a auxiliar na produção do colágeno consumindo nutrientes corretos.

Vitamina C – Uma vitamina fundamental para o auxílio da formação do pró-colágeno. Nosso suplemento já vem com esta dose completa de Vitamina C.

Proteínas de qualidade – Fornecendo uma quantidade ideal de aminoácidos, as proteínas certamente combinam.

  • Prolina – Encontrado na clara do ovo, aspargos, cogumelos, gérmen de trigo.
  • Glicina – Gelatina e alimentos contendo dessa proteína.
  • Cobre – Semente de sésamo, cacau em pó, lentilha.

Opinião da Nutri:

O Colágeno Hidrolisado é uma proteína que fornece estrutura para muitas partes do corpo e pode ser consumida por qualquer tipo de pessoa que tenha a necessidade de complementação.

O suplemento pode ser muito benéfico para você, alguns estudos preliminares apontam que ele pode melhorar a função muscular, a qualidade da pele, além de auxiliar na saúde articular.

Quem definirá a quantidade e a melhor forma de ingerir este suplemento, é o nutricionista!

Você tem alguma dúvida específica? Consulte nosso nutricionista.

Como vimos no começo do artigo, há pelo menos 16 tipos de colágenos. Os 4 tipos principais são I, II, III e IV.

Vamos então aos detalhes dos 4 tipos:

Tipo I – 90% do seu corpo é composto por esse colágeno, são feitos de fibras densas. Providenciando a estrutura da pele, ossos, tendões, cartilagem fibrosa, tecido conjuntivo e dentes.
Tipo II – Encontrado na cartilagem elástica, juntas.

Saiba tudo sobre o colágeno Tipo 2.

Tipo III – Irá dar suporte para a estrutura muscular, órgãos e artérias.
Tipo IV – É encontrado nas camadas da sua pele.

Um dos sinais em que são verificados é através da pele, perdendo a firmeza. A cartilagem também pode ser afetada.

Conforme o envelhecimento, seu corpo produz menos colágeno e o mesmo é de baixa qualidade. 

Veja em nosso blog um conteúdo específico sobre o Envelhecimento.

A biotina é uma vitamina hidrossolúvel do complexo B essencial para função normal das células, desempenhando um papel fundamental na manutenção da integridade da pele.

Melhora a saúde da pele, cabelos e unhas.

PELE: A biotina é muito benéfica para a pele, isto porque ela ajuda no metabolismo de carboidratos, proteínas e gorduras o que acaba melhorando a saúde da pele.

A ausência da biotina pode fazer com que a pele fique seca, escamosa e com vermelhidão em volta da boca e nariz.
CABELO: A ausência da biotina pode causar a queda de cabelos e também fazer com que os fios fiquem enfraquecidos.

Ainda não é certa a relação entre o nutriente e os cabelos, mas alguns especialistas acreditam que a biotina tem relação com a produção de queratina, proteína que compõe o cabelo.
UNHAS: A falta de biotina pode enfraquecer as unhas.

Alguns especialistas acreditam que isto ocorre porque o nutriente tem relação com a produção de queratina, proteína que compõe as unhas.

Compre agora a Biotina no site da NewNutrition.

O que pode afetar na perda de Colágeno?

Veja, se você está querendo ou se já está se suplementando com o Colágeno, há alguns pontos que você precisa evitar, para que consiga obter os máximos benefícios.

  • Açúcar em excesso e carboidratos refinados: O açúcar irá interferir em seu auto reparo. Tente diminuir o consumo de açúcar e consecutivamente de carboidratos refinados.
  • Excesso de sol: Evite ao máximo sua exposição ao sol, os raios ultravioletas podem reduzir a produção natural de colágeno.
  • Tabagismo: Fumar reduz a produção de colágeno. Isso é um agravante que irá trazer as rugas.

Muitas das fontes ricas em colágeno são de origem animal.

Grandes quantidades são encontradas no frango e pele do porco. Uma boa parte é encontrada no tutano. Outra fonte importante é a gelatina. Concluindo, o consumo de boas fontes desta proteína será de grande benefício.

Como tomar o Colágeno Hidrolisado?

O suplemento pode facilmente incorporar a dieta, tomado a qualquer momento do dia junto a algum alimento.

Não há um horário exato a ser tomado no dia. Portanto, escolha uma de suas refeições e adapte o suplemento ao momento. A versão em cápsula e em pó é de fácil consumo.

Em nossa linha de colágeno em pó, você também pode contar com deliciosos sabores: cranberry, limão com chá verde e uva, caso não queira nenhum sabor, contamos com a versão natural também.

Desse modo, o suplemento se torna versátil a qualquer alimento que for incorporado. Doses são de 10g ao dia (1) colher de sopa aproximadamente, porém é recomendado previamente consultar um médico ou nutricionista para maiores informações.

O produto não é focado em emagrecimento, porém pode ser de grande ajuda.

Sabemos que o processo de emagrecimento pode trazer estrias e flacidez, o colágeno pode auxiliar na prevenção destes eventos.

Geralmente produtos cosméticos são ricos em colágeno e recomendado nestes casos por dermatologistas.

Há contraindicação?

Até o presente momento não há nada que comprove que a suplementação com colágeno possa trazer malefícios.

Há um potencial de malefício caso você seja alérgico ao colágeno ou a algum componente da fórmula. Lembre-se, procure sempre um profissional de saúde. 

Deixe sua dúvida para nosso nutricionista da NewNutrition.

Visto a quantidade da dose, muitos usuários preferem o produto na sua versão em pó, para que consigam atingir uma quantidade maior.

Porém, há quem prefira suplementar com o produto na versão em cápsulas.

Pontos finais:

O Colágeno é uma importante proteína que irá providenciar estrutura para várias partes de seu corpo.

O consumo dos nutrientes corretos irá auxiliar seu organismo na produção natural de colágeno.

A suplementação da proteína demonstrou benefícios quando utilizada de maneira correta, melhorando a pele e articulações.

Источник: https://www.newnutrition.com.br/proteinas/colageno-hidrolisado/

Colágeno: emagrece, deixa a pele firme e protege os ossos

Colágeno hidrolisado: para que serve e como tomar

O sucesso do colágeno hidrolisado não é de hoje. Há pelo menos três anos ele conquistou o público feminino com a promessa de firmar a pele e amenizar a fome. De lá para cá, a procura por essa substância – até então encontrada apenas em cápsula, sachê e bala manipulada -, triplicou.

E, para acompanhar a demanda, as opções de produtos prontos com colágeno hidrolisado também aumentaram bastante.

É só dar uma olhada na prateleira das farmácias e supermercados: além de balas e bombons de diferentes formatos, ele pode ser encontrado em águas aromatizadas, barrinha de cereais e até granola.

E as mulheres, claro, são as maiores consumidoras. Mas será que funciona mesmo? Ainda há poucas pesquisas científicas sobre o assunto, mas a maioria delas afirma que, sim, o colágeno ajuda a combater os quilinhos extras e a adiar o envelhecimento precoce.

O segredo dessa substância está no fato de ser uma proteína que o próprio organismo é capaz de produzir. Uma de suas principais funções é formar as fibras que dão sustentação à pele.

Cabelo, unhas, ossos e cartilagens (tecidos que amortecem as articulações) também são beneficiados. Ou seja, ela garante que o corpo funcione bem por dentro e fique bonito por fora.

Confira também: Quer reforçar seu colágeno? Vá de chá de hibisco e vitamina C

Porém, pesquisas mostram que, a partir dos 30 anos, mesmo com uma alimentação balanceada, há uma perda anual em torno de 1%. Dos 50 anos em diante, a queda é bem mais drástica. A produção de colágeno cai para apenas 35%, em média.

“O que as mulheres mais sentem é a redução da elasticidade e a hidratação da pele”, alerta a nutricionista Tatiana Pimentel, de Santos (SP). Daí para aparecer rugas, celulite e flacidez é um pulo.

É por isso que muitos nutricionistas, nutrólogos e dermatologistas consideram a suplementação com o colágeno hidrolisado importante a partir dos 30 anos e essencial depois dos 50.

Colágeno na dose certa

Extraído do osso e da cartilagem do boi, o colágeno presente nos suplementos deve ser hidrolisado – ou seja, passar pelo processo de hidrólise (quebra pela água das moléculas de proteína) para que possa ser absorvido facilmente pelo organismo. Nesse formato, ele é considerado alimento pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e, portanto, você pode comprá-lo sem prescrição médica.

Mas, para obter os efeitos esperados, precisa acertar na dose.

Em uma avaliação da Clínica Medcin Instituto da Pele, em São Paulo, os pesquisadores observaram que o consumo de 5 gramas de colágeno por dia, durante seis meses, foi capaz de melhorar a pele das pacientes entre 35 e 60 anos.

Houve um aumento de 5,5% na firmeza e 10% na elasticidade. Mas a maioria dos especialistas recomenda uma dose um pouco maior: de 8 a 10 gramas de colágeno por dia.

Amigo da perda de peso

Quem está na faixa dos 20 pode ficar tranquila: ainda não é hora de aderir a doses extras dessa proteína. Uma dieta caprichada em alimentos que estimulam o organismo a produzir colágeno é suficiente.

Agora, se você vive estressada, fuma, abusa do sol e dos doces, ele começa a falhar mais cedo.

Resultado: “A elasticidade da pele fica comprometida, surgindo flacidez e até estrias”, diz a dermatologista Carmem Durazzo, da Clínica Cliniderm, em São Paulo. E, sozinha, a dieta pode não dar conta.

A suplementação pode ser indicada antes dos 30 anos para auxiliar na perda de peso, pois ameniza e adia a fome.

E mais: Colágeno: por que o suplemento é bom para a saúde e ajuda no esporte

“Diluído na água ou no suco, o colágeno em pó preenche o estômago rapidamente e faz com que o processo de esvaziamento aconteça mais devagar, prolongando a sensação de saciedade”, explica a nutricionista Sheila Mustafá, da Clínica Sheila Mustafá Nutrição e Estética, em São Paulo. Com isso, você consome menos calorias e emagrece e, ainda, diminui o risco de ficar flácida.

“O colágeno ajuda a manter a pele hidratada, melhorando a qualidade das fibras de sustentação”, complementa Sheila. Se você tiver oportunidade, consulte um profissional que possa prescrever o suplemento de acordo com suas necessidades. O resultado, com certeza, vai ser ainda melhor!

Dieta com colágeno

O suplemento não diminui a importância de uma dieta rica em alimentos que estimulam a produção de colágeno no organismo. Essa lista inclui carne magra, frango, peixe e ovo (especialmente a clara).

Invista também em legumes, verduras, frutas e castanhas. “Eles têm os nutrientes (vitaminas A, C e E, selênio e zinco) que garantem a absorção do colágeno”, avisa o nutrólogo Mohamad Barakat, de São Paulo.

Continua após a publicidade

E a gelatina de caixinha? A proteína usada na composição não é hidrolisada (ou seja, é difícil de ser absorvida). Mas não deixa de ser uma boa opção de sobremesa leve. Apenas tenha o cuidado de escolher um tipo sem corantes artificiais, pois são substâncias que prejudicam a pele.

Bom para quem malha

Se você malha, tem mais um bom motivo para adotar o suplemento: ele é aliado das articulações.

Em 2006, durante o encontro do American College of Sports Medicine, em Indianápolis, nos Estados Unidos, a apresentação de um estudo alemão com 100 atletas, de 15 a 80 anos, mostrou que o consumo de colágeno hidrolisado traz uma melhora importante nas articulações.

Após 12 semanas consumindo 10 gramas do suplemento por dia, 79% dos participantes apresentaram maior mobilidade dos joelhos e dos quadris. A maioria relatou menos dor nessas articulações ao realizar exercícios de esforço e ao subir escada. Uma parte dos atletas também teve menos desconforto nos ombros.

Diferentes formas do suplemento

Sachê: é a versão mais indicada para diminuir a fome e prolongar a saciedade. O conteúdo de um sachê costuma ter o colágeno hidrolisado na dose diária recomendada – ou seja, de 8 a 10 gramas. Há ainda a opção de você mandar manipular o pó, que pode ser diluído na água, no suco ou no iogurte.

Cápsula: atende a quem não gosta do sabor adocicado do pó. Mas, para atingir a dose diária, você tem de consumir de 10 a 12 cápsulas por dia. E não traz a mesma saciedade da primeira versão.

Água aromatizada: algumas marcas concentram na garrafinha, geralmente entre 300 e 360 mililitros, a dose diária recomendada de 10 gramas de colágeno.

Bala: essa opção costuma oferecer em torno de 1,5 grama de colágeno por unidade. É bem pouco, mas vale para complementar o consumo diário da proteína. A bala também tem a vantagem de estimular a mastigação, além de enganar a vontade de comer um docinho.

Bombom: assim como a bala, tem pouco colágeno. Consuma-o como opção de um docinho que traz um benefício extra.

Granola, barra de cereais & cia.: optar por esses produtos também ajuda a complementar a dose diária de colágeno. Mas cuidado com os produtos carregados de açúcar e corantes – substâncias com fama de prejudicar a qualidade da pele.

Nas prateleiras

1. Gelamin Beauté, Advanced Nutrition

– Divulgação/Divulgação

Colágeno hidrolisado em pó. O sachê (10 g) oferece 8 g da proteína, além de vitaminas D e E, biotina, cobre, selênio, zinco e manganês. Nos sabores laranja, tangerina e limão. R$ 76,49 na Centauro.

Continua após a publicidade

  • Aliados da Dieta
  • Antienvelhecimento
  • Suplementos alimentares

Источник: https://boaforma.abril.com.br/dieta/colageno-emagrece-deixa-a-pele-firme-e-protege-os-ossos/

Colágeno: entenda para que serve, benefícios e se faz mal

Colágeno hidrolisado: para que serve e como tomar
Imagem de Humphrey Muleba em Unsplash

O colágeno é a proteína mais abundante no reino animal, incluindo o corpo humano.

Devido à sua importância para a manutenção da saúde, há muitos cremes e suplementos de colágeno em pó que prometem fazer bem para a saúde.

Mas será que esse tipo de colágeno faz bem mesmo? Para entender melhor esse tema, o que é colágeno, para que serve o colágeno, quais alimentos são ricos em colágeno, quais os benefícios do colágeno e como tomar colágeno, continue a leitura:

Para que serve o colágeno

Existem mais de 16 tipos de colágeno, mas 80 a 90% do colágeno presente no corpo é composto pelos tipos I, II e III. O colágeno do tipo I está presente na pele, nos tendões, ossos, ligamentos, dentes e tecidos intersticiais.

O colágeno do tipo II está presente na cartilagem e no humor vítreo (parte importante do olho). O colágeno do tipo III está presente na pele, nos músculos e nos vasos sanguíneos.

Estes são apenas três dos 16 tipos de colágeno e por aí você já pode ter uma ideia de para que ele serve: nos manter vivos!

Em resumo, o colágeno está presente no corpo inteiro e é uma proteína essencial para a manutenção da vida. Entretanto, a maior fama do colágeno é em relação à beleza, uma vez que ele ajuda a manter a elasticidade da pele, fortalecimento de unhas e cabelos.

Como obter colágeno

Para obter colágeno não é necessário ingerir suplementos de colágeno em pó mem cremes à base de colágeno, pois ele se forma naturalmente no corpo por meio da alimentação adequada.

Alimentos que estimulam a produção de colágeno

Imagem de HomeMaker por Pixabay

Todo colágeno é produzido a partir da combinação de dois aminoácidos: a glicina e a prolina. Mas para essa produção acontecer o organismo também precisa de vitamina C. Então a chave da questão para produzir colágeno naturalmente é consumir alimentos ricos nessas substâncias.

Para obter a vitamina C, você pode consumir frutas cítricas como limão, laranja, kiwi, pimentão, morango, entre outras.

Para obter a prolina, é importante consumir alimentos como feijão, ervilha, cogumelos, alho, cebola roxa, beterraba, berinjela, cenoura, castanha-de-caju, castanha-do-pará, amêndoas, amendoim, nozes, repolho, avelã, entre outras.

A glicina é muito presente em alimentos como lentilha, grão de bico, amaranto, arroz integral, quinoa, couve, brócolis, soja, sementes de abóbora, algas marinhas, entre outros.

Alimentos que prejudicam a produção de colágeno

Imagem de jakob5200 por Pixabay

Para manter uma boa produção de colágeno, não basta consumir alimentos saudáveis. É preciso evitar o consumo de alimentos e outras substâncias nocivas à saúde do organismo como as drogas, incluindo excesso de medicamentos, álcool, cigarros, entre outras.

Dentre os alimentos que prejudicam a produção natural de colágeno estão, principalmente, o açúcar e os carboidratos refinados como arroz branco, bolos, tortas, pizza, carnes processadas e alimentos fast-food. Conheça “Seis opções de adoçante natural sem edulcorante sintético”.

O excesso de sol na pele também evita a produção de colágeno. Então é bom evitar tomar muito sol. Mas não se esqueça, um pouquinho é sempre bom (por causa da produção de vitamina D).

Alguns distúrbios autoimunes, como o lúpus, também podem danificar o colágeno.

Colágeno hidrolisado

Imagem de Steve Buissinne por Pixabay

O colágeno hidrolisado é um suplemento de colágeno encontrado em pó ou em cápsula. Ele é feito a partir de restos de ossos e cartilagem bovina.

Com um estilo de vida saudável, livre de cigarros, álcool em excesso e outras substâncias nocivas ao organismo, é possível produzir colágeno naturalmente. Entretanto, algumas pessoas optam por consumir suplemento de colágeno.

A questão é que ingerir colágeno em pó como forma de obter seus benefícios é controverso, já que quando nos alimentamos de proteína (como é o caso do colágeno) ela é quebrada em aminoácidos que serão metabolizados, descaracterizando assim o colágeno propriamente dito.

Por outro lado, há estudos que afirmam que o consumo de suplemento de colágeno apresenta benefícios como:

  • Aumento da massa muscular: um estudo de 2015 feito com homens idosos mostrou que uma combinação de suplementos de peptídeos de colágeno e treinamento de força aumentou mais a massa muscular e força do que um teste placebo.
  • Artrite: Outro estudo mostrou que pessoas com osteoartrite que consumiram suplemento de colágeno apresentaram um declínio significativo na dor durante um período de 70 dias, em comparação com aqueles que tomaram um suplemento placebo.
  • Elasticidade da pele: mulheres que ingeriram suplemento de colágeno mostraram melhorias na elasticidade da pele.

O colágeno de cremes, por outro lado, tem se mostrado ineficaz. Cientistas afirmam que o creme de colágeno não funciona, pois as moléculas das fórmulas são tão grandes que não podem penetrar na pele.

Colágeno faz mal?

Até o momento não se sabe se o consumo de suplemento de colágeno faz mal. Entretanto, ele pode causar efeitos colaterais, como sensações de peso, azia e reações alérgicas.

Veja também:

Cadastre-se e receba nosso conteúdo em seu email. Comunicar erro

Источник: https://www.ecycle.com.br/6378-colageno

Colágeno hidrolisado: descubra como funciona e para que serve!

Colágeno hidrolisado: para que serve e como tomar

O colágeno hidrolisado nada mais é do que um suplemento alimentar extraído da cartilagem bovina que proporciona firmeza e elasticidade à pele, combatendo o envelhecimento e a flacidez.

Além disso, auxilia no processo de emagrecimento, fortalece as unhas e os cabelos, mantém as células firmes e ainda garante a integridade dos músculos, articulações e ossos.

Geralmente, é indicado a partir dos 25 anos, pois é nessa idade que os níveis de produção dessa proteína no corpo começam a diminuir. Quer saber mais sobre esse suplemento tão completo? Então, continue a leitura e confira!

Como utilizar o colágeno hidrolisado?

O colágeno pode ser consumido diariamente, de preferência junto das refeições. Ele pode ser encontrado em forma de pó, com ou sem sabor, que deve ser diluído em água, sucos, vitaminas ou sopas. Também está disponível em comprimidos e cápsulas.

Para quem ele é indicado?

O colágeno hidrolisado normalmente é indicado para pessoas acima de 25 anos que não consomem proteínas suficientes na dieta e desejam repor os seus níveis no corpo — principalmente em processos de emagrecimento ou tratamento da flacidez.

Ele também é recomendado para pessoas que fumam ou que se exponham ao sol por muito tempo, pois são fatores que favorecem o envelhecimento precoce da pele.

Aumenta a saciedade

Por ser composto de várias vitaminas, proteínas e minerais, o colágeno hidrolisado auxilia na diminuição do apetite e proporciona maior sensação de saciedade. Além disso, se o seu consumo for aliado a uma dieta balanceada e à prática de exercícios físicos, pode ajudar no emagrecimento.

Combate celulite e a flacidez

A suplementação de colágeno consegue estimular o preenchimento das células da pele e colaborar para a diminuição das celulites. Permite, ainda, que o organismo mantenha uma boa quantidade de massa muscular, ajudando-o a utilizar eficientemente suas reservas de açúcar e gordura, além de evitar a flacidez. Também é ideal para prevenir estrias, pois colabora com a hidratação.

Ajuda no rejuvenescimento da pele

Já vimos que o colágeno é uma proteína produzida pelo nosso organismo e responsável por dar firmeza e elasticidade à pele. No entanto, a partir dos 25 anos de idade, essa produção diminui e pode acabar gerando rugas e marcas de expressão.

A suplementação de colágeno também atua contra esses problemas, recuperando a elasticidade do tecido cutâneo e agindo diretamente nas regiões mais críticas, como ao redor dos olhos, queixo e boca, que tendem a ficar mais flácidas com o passar dos anos.

Fortalece os ossos e as articulações

Uma das principais proteínas presentes na massa óssea é o colágeno. Ao consumi-lo, ocorre um aumento na concentração dessa proteína nos ossos, o que ajuda na prevenção de desgastes e doenças nas articulações.

Além disso, a ingestão do colágeno, juntamente do consumo de outros suplementos que contenham cálcio, diminui significativamente os riscos de desenvolver anomalias nos ossos, como a osteoporose.

Potencializa a cicatrização

Durante a cicatrização, a pele passa por várias etapas, como a maturação e a remodelagem, e é aí que o colágeno entra. Nessa fase, a proteína concentra-se na ferida, onde o tecido cutâneo ganhará resistência e formará uma casca.

Em alguns casos, a cicatrização total pode levar meses, ou até mesmo anos, para acontecer, e o uso do colágeno hidrolisado faz com que esse processo ocorra de maneira mais rápida e natural.

Quais são os seus efeitos colaterais?

A ingestão de grandes quantidades de colágeno pode provocar certas alergias alimentares. Portanto, é importante consultar um especialista antes de começar a utilizar o produto. Apenas ele poderá indicar a melhor quantidade para o consumo, de acordo com a necessidade do paciente.

Por fim, é importante lembrar que manter hábitos saudáveis, como uma boa alimentação, beber bastante água, praticar exercícios físicos, utilizar filtro solar e dormir bem são algumas atitudes que podem ajudar a potencializar a absorção do colágeno hidrolisado pelo organismo e aumentar os benefícios de sua suplementação.

E aí, gostou de saber como consumir o colágeno hidrolisado? Tem interesse em conhecer as diferentes versões do produto ou ficou com alguma dúvida sobre esse assunto? Então, entre em contato conosco para que possamos ajudá-lo!

Источник: https://www.drogarialiviero.com.br/blog/colageno-hidrolisado/

Qual o melhor horário para tomar colágeno?

Colágeno hidrolisado: para que serve e como tomar

Saber como tomar colágeno é o primeiro passo para que os resultados associados ao seu consumo sejam alcançados.

O colágeno é um aliado para minimizar a flacidez e os sinais provenientes do envelhecimento. Além disso, ele também pode agregar benefícios para a saúde e o bem-estar de um modo geral.

Nesse sentido, o ideal é entender como aproveitar os benefícios do colágeno por meio do uso correto.

A suplementação com colágeno contribui na prevenção do envelhecimento da pele, unhas, cabelos, ossos e articulações. Isso porque essa é uma proteína que está presente no organismo com a função de sustentar e manter as células unidas. Quer saber mais sobre como tomar colágeno?

Dê um Zoom e entenda o que é, para que serve, quais os benefícios, como tomar e qual o melhor horário para tomar colágeno!

E lembre-se que é fundamental consultar o seu nutricionista antes de adquirir qualquer suplemento alimentar.

Leia também: Melhor colágeno hidrolisado de 2021: 7 opções para comprar

Veja qual é o melhor horário para tomar colágeno! (Imagem: Reprodução/Shutterstock)

O colágeno é uma proteína que ajuda a manter a elasticidade e a resistência da pele, cabelos e unhas

O colágeno ajuda na elasticidade e na resistência da pele, cabelos e unhas (Imagem: Reprodução/Shutterstock)

A formação do colágeno é composta de proteínas e aminoácidos.

Juntos, eles têm a função de manter as células unidas, ou seja, preservar a flexibilidade e a mobilidade do nosso corpo. Com a idade, o organismo passa a produzir uma quantidade menor dessas células.

Logo, a reposição através de suplementação é indicada para auxiliar na formação do sistema de fibras.

O colágeno refere-se a uma proteína com capacidade de rápida absorção e que pode ser identificada naturalmente no organismo. Essa proteína apresenta papel fundamental na manutenção da elasticidade e resistência da pele, cabelos e unhas.

Por outro lado, essa proteína também é capaz de constituir as fibras que mantém a sustentação de outros tecidos do corpo, como os ossos, tendões, músculos e articulações.

É importante destacar que a atividade associada a essa proteína em nosso corpo é estabelecida por dois tipos de colágeno. Veja alguns exemplos:

  • Colágeno tipo 1: associado à firmeza e à elasticidade da pele;
  • Colágeno tipo 2: encontrado na cartilagem e nas articulações.

O colágeno é fundamental para promover a elasticidade, a resistência e a flexibilidade

O colágeno auxilia a prevenir o envelhecimento precoce (Imagem: Reprodução/Shutterstock)

Se você está se perguntando para que serve o colágeno, a resposta é justamente promover a elasticidade e a resistência.

O colágeno é responsável pela formação e sustentação da pele, tecidos e ossos. Na juventude, o corpo o produz em quantidade suficiente, mas, com o envelhecimento, essa produção diminui.

Com isso, surgem as rugas, a flacidez e as celulites ficam mais aparentes.

A suplementação com colágeno é indicada a partir dos 25 anos, como prevenção aos resultados negativos que sua falta implica. Entre os 25 e 30 anos, a produção de colágeno no corpo humano sofre uma diminuição natural. Por isso, é interessante entender como tomar colágeno e fazer a reposição dessa proteína não somente pelo valor estético, mas pela saúde e funcionamento das cartilagens.

O colágeno pode favorecer a beleza, saúde e prevenir o envelhecimento precoce

O colágeno traz benefícios para pele, cabelos, unhas e articulações (Imagem: Reprodução/Shutterstock)

A extensa lista de benefícios do colágeno é o que justifica sua popularidade.

Ele contribui com a melhora da saúde da pele, ajuda a aliviar dores nas articulações, pode impedir a perda óssea, age na massa muscular e promove a saúde do coração.

Tudo isso somado ao fato de que ele pode ser indicado para pessoas diagnosticadas com problemas de artrite, osteoporose e artrose, por exemplo.

Existem diversos benefícios associados à suplementação alimentar com colágeno. Entre os mais evidentes, podemos destacar:

  • Aspecto da pele mais bonito e com mais hidratação e firmeza;
  • Unhas fortalecidas;
  • Cabelos também fortalecidos;
  • Contribui para tratar os efeitos da flacidez;
  • Ajuda na proteção e evita o desgaste das articulações;
  • Permite minimizar os efeitos do envelhecimento precoce;
  • É um aliado no tratamento da osteoporose e outras patologias.

É importante lembrar que todos esses benefícios do colágeno podem ser potencializados com a união de hábitos saudáveis na rotina. Isso inclui, por exemplo, uma alimentação equilibrada e a realização de atividades físicas.

O melhor colágeno é aquele que atende às suas necessidades reais e objetivos pessoais

O melhor colágeno deve atender às suas necessidades reais (Imagem: Reprodução/Shutterstock)

Caso você queira entender qual é o melhor colágeno, saiba que o melhor colágeno é justamente aquele que atende aos seus objetivos pessoais e, principalmente, necessidades reais. Existem suplementos disponíveis no mercado que reúnem diferenciais e ingredientes que potencializam ainda mais os resultados.

Além disso, é possível encontrar suplementos com colágeno tipo 2, hidrolisado, em cápsulas ou em pó. Outra variedade são os cremes hidratantes, que investem na proteína em sua composição. Veja algumas dicas para encontrar o melhor colágeno para seus objetivos e necessidades:

  • Na hora de saber como tomar colágeno, prefira aqueles que possuam peptídeos de colágeno. Essa opção é mais eficiente, uma vez que permite uma rápida absorção. Isso acontece porque os peptídeos de colágeno resultam da quebra das proteínas em partículas reduzidas;
  • Fórmulas com vitaminas e ausência de corantes, açúcares e carboidratos agregam mais benefícios e uma absorção eficiente, principalmente se tratando das vitaminas A, B e C.
  • Quer saber qual é o melhor colágeno hidrolisado? Confira aqui 7 opções para você!

O colágeno pode ser tomado em pó ou em cápsulas

O colágeno pode ser tomado, principalmente, em pó ou em cápsulas (Imagem: Reprodução/Shutterstock)

O colágeno é apresentado, principalmente, de duas formas: em cápsula e em pó.

A diferença predominante é a concentração de colágeno por porção, que é maior nas opções em pó. Além disso, o suplemento em pó é mais fácil de ser consumido, basta misturá-lo em bebidas e refeições de sua preferência.

Já as vantagens do colágeno em cápsulas é que ele é mais barato e fácil de transportar.

E como tomar colágeno? A quantidade de proteína de colágeno que deve ser ingerida varia de pessoa para pessoa. Por isso, é necessário conversar com o seu nutricionista para saber se o seu corpo realmente precisa dessa suplementação. De maneira geral, estima-se um uso menor em quantidade para fins estéticos e um uso maior em quantidade para o fortalecimento das articulações.

De acordo com especialistas, seu consumo deve ser priorizado durante a noite

O colágeno deve ser tomado à noite, após a última refeição do dia (Imagem: Reprodução/Shutterstock)

O melhor horário para tomar colágeno costuma ser na parte da noite, logo após o jantar, a última refeição do dia.

Segundo especialistas, seus componentes têm melhor absorção pelo organismo durante esse período.

Aqui, aproveitamos para lembrar que uma alimentação balanceada, uma rotina de exercícios físicos e uma boa noite de sono são importantes na efetividade do colágeno em seu corpo.

Alguns alimentos com vitaminas A e C, assim como gelatinas e carnes vermelhas ou brancas, podem ajudar no êxito do composto e garantir mais eficácia no uso a longo prazo. Tudo isso para favorecer a sua saúde e bem-estar. Ah, e não se esqueça de procurar o seu nutricionista antes de iniciar qualquer medicação contínua, viu?

Leia também:

Источник: https://www.zoom.com.br/suplementos/deumzoom/melhor-horario-para-tomar-colageno

O que é colágeno: para que serve, qual o melhor, como tomar

Colágeno hidrolisado: para que serve e como tomar

O colágeno pode proporcionar uma série de benefícios ao organismo Foto: Pixabay/ ivanovgood

Você certamente já deve ter ouvido falar sobre colágeno. Porém, sabe para o que serve e como utilizá-lo? Antes de mais nada, é preciso explicar que trata-se de uma proteína abundante no nosso corpo, que tem uma função estrutural, e representa mais de 30% do total de proteínas no organismo. 

“Existem cerca de 30 tipos diferentes de colágeno, sendo o tipo 1 o mais comum e presente em vários órgãos como pele, ossos, tendões e cartilagens.

As fibras de colágeno constituem o principal componente mecânico dos tecidos do nosso corpo, onde fornecem uma estrutura estável para os mesmos”, explica o médico Marcelo Buscariolli Domingues Borges, integrante da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

A questão é que, quanto mais o tempo passa, menos colágeno nosso corpo produz. A queda da produção começa com 25 anos, então, a partir dessa idade, perdemos 1% ao ano. “A função do colágeno é manter a estrutura dos tecidos.

Com isso mantém, por exemplo, a nossa pele sem linhas de expressão ou até rugas. Com relação às cartilagens, as mantêm hidratadas, Com relação ao tecido ósseo, mantém o cálcio e outros minerais no interior do osso.

Para os cabelos, mantém a espessura, o brilho e a resistência”, acrescenta a endocrinologista Lívia Marcela.

Para responder às principais dúvidas sobre colágeno, a reportagem do Estadão conversou com a mestre em Endocrinologia pela Unesp e o cirurgião plástico Marcelo Buscariolli Domingues Borges. Confira.

Qual é a principal função do colágeno?

O colágeno, formado por uma cadeia de aminoácidos, é uma das principais proteínas animais, representando cerca de 30% das proteínas que temos em nosso corpo. 

“O colágeno apresenta a função de contribuir com a resistência, coesão e elasticidade dos tecidos em que está presente. Além disso, ele representa um papel importante na cicatrização e regeneração dos tecidos”, esclarece o cirurgião plástico Marcelo Buscariolli Domingues Borges.

Quais são os benefícios de tomar colágeno?

Existem alguns benefícios no consumo de colágeno, como esclarece a endocrinologista Lívia Marcela.

“O colágeno hidrolisado desempenha um papel importante na prevenção e no tratamento de dores articulares, artrose e osteoporose, e tem sido utilizado para minimizar a ocorrência de lesões na terceira idade, pois mantém o tecido articular mais hidratado e elástico”, afirma.

A endocrinologista Lívia Marcela, mestre em Endocrinologia pela Unifesp Foto: Daniela Torquato

Qual é o melhor colágeno para tomar?

O mais estudado é o colágeno hidrolisado, que é composto por 90% de proteína, 2% de sais minerais e 8% de água. “Além disso, seus principais aminoácidos são prolina e lisina, que ajudam na síntese do colágeno endógeno. Mais uma dica na hora de escolher o seu colágeno é: escolha um sem corantes, isento de gordura, colesterol e carboidratos.

Essa proteína é de fácil digestão e assimilação devido ao processo de hidrólise”, aconselha Lívia Marcela.

Existe algum tipo de colágeno específico para flacidez?

O médico Marcelo Buscariolli Domingues Borges ressalta que há muitas controvérsias em relação à suplementação oral do produto. “O colágeno, assim como qualquer proteína que ingerimos, é degradado no trato gastrointestinal em aminoácidos. Sendo assim, não absorvemos o colágeno ingerido na sua integridade”, ressalta. 

Entretanto, o cirurgião plástico enfatiza que há várias evidências que os peptídeos de colágeno, após serem absorvidos, são distribuídos e acumulados em diferentes tecidos como pele e cartilagens.

“Portanto, embora ainda nos falte mais trabalhos e níveis maiores de evidências, em alguns trabalhos científicos o colágeno hidrolisado mostrou-se como suplemento alimentar seguro, fornecendo elementos como aminoácidos e peptídeos capazes de atravessar a mucosa intestinal e, com isso, podem ser biodisponibilizados para a pele, e cartilagens, contribuindo para o enriquecimento da matriz de colágeno local”, esclarece. 

Para Marcelo Buscariolli Domingues Borges, existem maneiras mais assertivas de retomar a elasticidade da pele com o colágeno.

“Existem também, por meio de procedimentos injetáveis minimamente invasivos, substâncias como o ácido poli-L-láctico e a hidroxiapatita de cálcio que, quando injetadas próximas as camadas da pele, são capazes de induzir um estímulo importante na produção de colágeno, contribuindo no controle da flacidez.

Esses procedimentos têm sido demonstrados com bom nível de evidência científica, revelando sua segurança e sendo um dos pilares no rejuvenescimento facial e no combate a flacidez facial e corporal nos consultórios de dermatologia e cirurgia plástica”, conclui.

O médico Marcelo Buscariolli Domingues Borges, integrante da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica Foto: Camila Goya

Источник: https://emais.estadao.com.br/noticias/bem-estar,o-que-e-colageno-para-que-serve-qual-o-melhor-como-tomar,70003554508

Sobre a Medicina
Deixe uma resposta

;-) :| :x :twisted: :smile: :shock: :sad: :roll: :razz: :oops: :o :mrgreen: :lol: :idea: :grin: :evil: :cry: :cool: :arrow: :???: :?: :!: