Como lavar corretamente frutas e verduras

Como higienizar frutas e verduras do jeito certo? | Facilita

Como lavar corretamente frutas e verduras

Com a necessidade de higienização mais controlada, não somente pelo aumento do uso de agrotóxicos e pesticidas em alimentos, mas também pela grande disseminação de vírus e bactérias, saber como higienizar frutas e verduras corretamente pode garantir o consumo de produtos protegidos por você e sua família.

Dicas de como lavar frutas e verduras

Para facilitar sua vida, separamos dicas essenciais em alguns passos para que você saiba como lavar frutas e verduras corretamente. Assim, você minimiza exponencialmente o risco de contaminação em alimentos por pesticidas e outros produtos usados para o controle de pragas em plantações e lavouras. Confira!

Como higienizar frutas e verduras com hipoclorito?

Muito utilizado em desinfetantes para superfícies, o hipoclorito de sódio é uma substância que também pode limpar alimentos, como frutas, folhas e verduras, além de purificar a água. Seu nome popular é água sanitária e pode ser comprado em supermercados, quitandas, farmácias e outros estabelecimentos que vendam produtos para limpeza, por exemplo.

Além disso, o produto pode ser administrado em pastilhas (dissolvidos em água, de acordo com as instruções previstas na embalagem), e é preciso ficar atento: existem hipocloritos de sódio para outras finalidades do que as indicadas para uso doméstico, com concentração de substâncias em maior quantidade.

Esses são usados, basicamente, para desinfetar poços, piscinas, cisternas e outros locais e podem fazer mal se consumidos em alimentos ou água.

A limpeza de frutas, verduras e folhas com o hipoclorito de sódio se dá em três fases:

  1. Lavagem: a lavagem deve ser feita primeiramente, individualmente em cada uma das frutas, verduras ou folhas. Nesse caso, inicialmente, lave-as em água corrente com um pouco de detergente. Depois, coloque os alimentos em uma bacia ou tigela com uma solução preparada por água filtrada e hipoclorito. Essa solução deve conter aproximadamente 20 ml (duas colheres de sopa) de hipoclorito de sódio para cada litro de água filtrada.
  2. Sanitização: é a etapa que tira todos os micro-organismos biológicos, mas cria um ambiente químico nos alimentos, podendo ser prejudicial à saúde.
  3. Enxágue: para complementar a sanitização, é preciso enxaguar muito bem as verduras e frutas, bem como as folhas que tiverem contato com a solução.

Como desinfetar frutas e legumes com detergente?

Poderoso desengordurante, o detergente é bem eficiente na limpeza de frutas, verduras e legumes. No entanto, vale ter um cuidado maior: como o produto pode penetrar no alimento, é preciso enxaguar bem, até remover toda e qualquer camada que tenha ficado em contato com o alimento. Veja como:

  1. Separe as frutas e verduras individualmente.
  2. Esfregue os alimentos com uma escovinha ou esponja, com pouco detergente.
  3. Enxágue em seguida, retirando todo e qualquer excesso do produto do alimento.

Dica adicional: para evitar que maçãs e peras escureçam, o ideal é lavá-las com detergente um pouco antes de consumi-las.

Como higienizar frutas e verduras com bicarbonato?

Com menor eficiência na remoção de agrotóxicos dos alimentos, o bicarbonato de sódio também pode ser usado para limpeza antes do consumo de frutas e verduras. Você deve usá-lo:

  1. Molhe os alimentos individualmente.
  2. Passe o bicarbonato com a ajuda de uma esponja ou com as mãos, esfregando bem.
  3. Enxague em água corrente, de forma abundante, até remover todos os resíduos.

Como desinfetar frutas e verduras com vinagre?

Um ótimo agente para matar e eliminar bactérias, o vinagre é muito eficiente para a higienização correta de diversos alimentos, incluindo frutas, legumes, verduras e folhas. Mais saudável do que o hipoclorito de sódio, deve ser usado da seguinte forma:

  1. Dilua entre 40% a 50% de vinagre para cada litro de água.
  2. Deixe os alimentos de molho por aproximadamente 20 minutos.
  3. Retire e enxágue-os.

Como higienizar folhas verdes?

As folhas verdes podem ser desinfetadas com bicarbonato de sódio, hipoclorito ou vinagre. Antes mesmo de iniciar o processo, é recomendado que a desinfecção aconteça pouco antes do consumo. Assim, você deve:

  1. Lavar bem as folhas, uma a uma, com o auxílio de uma escovinha, em água corrente.
  2. Dispor as folhas na solução escolhida (seguindo as proporções e o tempo estabelecido para cada uma delas).
  3. Enxaguar novamente cada folha individualmente.

E os alimentos para cozinhar?

Por passarem pelo processo de cozimento que ferve a água em que estão os alimentos, não há a necessidade de desinfetá-los antes do processo, uma vez que fervê-los elimina bactérias, vírus e outros micro-organismos indesejados. Para tanto, antes de colocá-los para cozinhar, lave-os em água corrente em abundância.

Frutas e verduras que não consumimos a casca

Para as frutas, verduras e legumes que consumimos normalmente sem a casca, a higienização pode ser mais simples, mas não dispensada. Vale jogar uma solução diluída de álcool ou hipoclorito de sódio para borrifá-las.

Depois, basta secá-las com um papel absorvente e guardar. Cuidado que as bananas, por exemplo, ficam escuras e seguem a mesma recomendação de maçãs e peras: ser higienizada pouco antes do momento de consumi-las.

Como guardar os alimentos após a higienização?

Guardar os alimentos, sejam frutas, verduras, folhas ou legumes, após a higienização, requer alguns cuidados. As folhas, por exemplo, devem ser secadas uma a uma e colocadas em um pote para ser guardadas na geladeira, separadas uma a uma por uma folha de papel-toalha.

As verduras, frutas e legumes, podem ser guardados em vasilhas fechadas ou sacos plásticos, também higienizados corretamente. Dessa maneira, os riscos de contaminação por alimentos crus diminuem consideravelmente, evitando diversas doenças e males para todos.

Agora que você já sabe como higienizar frutas e verduras, que tal aprender mais sobre como higienizar corretamente outros alimentos?

Источник: https://www.consul.com.br/facilita-consul/ihhh-agora/como-higienizar-frutas-verduras/

Higienização coronavírus: como higienizar alimentos e objetos

Como lavar corretamente frutas e verduras

Durante a pandemia do novo Coronavírus no Brasil, a higienização pessoal, de objetos e alimentos são cruciais para evitar a contaminação da doença. Entenda a importância e como higienizar corretamente esses objetos, pois o vírus possui um determinado tempo de vida de acordo com a superfície:

A importância da higienização das mãos no combate à COVID-19

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a higienização das mãos é muito importante e ajuda no combate à várias doenças. Isso porque,  a todo momento , somos expostos a germes, vírus e bactérias e se as mãos não forem higienizadas corretamente, as chances de contrair e propagar doenças, causadas por esses microrganismos, aumentam.

Diante do surto de Coronavírus, é essencial seguir a recomendação de higienizar as mãos com água e sabão frequentemente.

Confira o passo a passo de como lavar as mãos corretamente:

Lembramos que os o mesmo vale para seus animais de estimação. Caso seja necessário levar seu pet para passear, lembre-se de, após o passeio, limpar as patas com um pano molhado com água e sabão e seguir as medidas de higiene pessoal como deixar os sapatos para fora de casa até higienizá-los e lavar as mãos corretamente.

Como higienizar alimentos para evitar contaminação de coronavírus?

Quando um paciente infectado pelo vírus coloca a mão em qualquer embalagem ou alimento, esses correm o risco de ficarem contaminados. Em tempos de Coronavírus, reforçar a higienização dos alimentos é essencial.

Higienização de alimentos com hipoclorito

O hipoclorito de sódio tem grande poder oxidante e é muito eficiente na higienização de frutas, verduras e legumes antes do consumo. A solução só pode ser usada quando diluída em água e é preciso observar se o produto tem registro do Ministério da Saúde.

Como fazer a higienização de frutas e verduras?

Segundo o Ministério da Saúde, os passos para a higienização adequada de frutas e verduras, são:

  • Selecionar, retirando as folhas, parte e unidades deterioradas;
  • Lavar em água corrente os vegetais folhosos, folha a folha, e as frutas e legumes um a um;
  • Colocar de molho por 10 minutos em água clorada (1 colher de sopa de hipoclorito de sódio [2,5%] ou água sanitária – 2,0 a 2,5% – para 1 litro de água);
  • Enxaguar em água corrente os vegetais folhosos, folha a folha, as frutas e legumes um a um;
  • Deixar secar naturalmente;

Se for utilizar água sanitária, esta deve conter apenas hipoclorito de sódio (NaClO) e água (H2O).

É importante ler o rótulo da embalagem e observar se há instruções de como diluir a água sanitária, pois algumas dessas substâncias podem não ser adequadas para a higienização de alimentos.

Guia completo de como fazer a higienização das compras de supermercado

A recomendação é manter o isolamento em casa, mas quando for inevitável sair às ruas, alguns cuidados extras precisam ser adotados. Saiba como higienizar corretamente cada item:

1. Limpeza de sacolas plásticas e embalagens

O novo Coronavírus pode viver por até 72 horas em superfícies plásticas, portanto, após ir ao supermercado ou farmácia, higienize as sacolas plásticas e as embalagens de cada produto, se possível, ainda do lado de fora de sua casa. A higienização pode ser feita com um pano molhado em álcool 70% ou por uma solução com água sanitária (2,0 a 2,5%) – utilizar 1 colher de sopa para 1 litro de água.

2. Roupas e calçados que vieram de fora

Ao chegar em casa retire os sapatos, ainda do lado de fora. Retire as roupas ao entrar e as lave assim que possível, seguindo as orientações do fabricante.

Além de lavar as mãos quando chegar, também tome banho, se for possível, para que a higienização seja completa e os riscos de contaminação diminuam.

3. Higienização de máscaras e luvas de proteção

A higienização de máscaras de proteção deve ser feita quando a máscara estiver úmida ou após duas horas de utilização, que é o tempo máximo recomendado para uso. Separamos passo a passo de como higienizá-las:

  • Deixe a máscara de molho em uma solução com água sanitária em uma proporção de 10 ml (mais ou menos uma colher de sobremesa) para meio-litro de água, por cerca de 20 minutos.
  • Após a imersão, lavá-la com água corrente e sabão.
  • Depois de seca, passar a máscara com ferro quente e acondicioná-la em saco plástico até o uso.  

4. Higienização das superfícies da cozinha

As recomendações segundo o Centers for Disease Control and Prevention (CDC) são:

  • Use luvas descartáveis ao limpar e desinfetar superfícies. As luvas devem ser descartadas após cada limpeza e após retirá-las, lavar as mãos com água e sabão. Caso não tenha luvas descartáveis, lembre-se de higienizar as mãos após o contato com essas superfícies;
  • Utilize desinfetantes próprios para cada tipo de superfície (lembrando que o produto deve conter cloro ou álcool 70%);

Objetos de aço inoxidável como alguns eletrodomésticos, utensílios de cozinha e panelas devem ser higienizados com água e sabão frequentemente, pois o novo Coronavírus pode sobreviver por até 72 horas nessas superfícies.

5. Limpeza de carnes e peixes

Segundo o CDC dos Estados Unidos, lavar carnes e peixes é um hábito que pode ser prejudicial à saúde pois essas carnes podem conter bactérias que se propagam ao entrarem em contato com a água.

Os microrganismos que possam estar presentes nesses alimentos, podem entrar em contato com as superfícies onde foram colocados e contaminar essas áreas e outros alimentos que venham a estar em cima dessas superfícies.

6. Higienização de caixas de leite e outros objetos de plástico

A higienização de caixas de leite e objetos de plástico devem ser feitas com álcool líquido 70% ou água sanitária (2,0 a 2,5%) diluída em água (H2O). Outros limpadores que possuem cloro em sua composição, também são eficientes para a limpeza, é necessário observar as instruções de uso em cada embalagem.

7. Higienização do celular e aparelhos tecnológicos

Smartphones e outros aparelhos tecnológicos são capazes de acumular fungos, bactérias e vírus. Por ficarem em contato direto com a boca, nariz e olhos, áreas mucosas do nosso corpo, podem sim transmitir o Coronavírus.

A higienização frequente do aparelho é essencial nesse momento.

É recomendado que desconecte o aparelho de qualquer cabo, retire a capa protetora, fazendo sua higienização separadamente, e passe sob o aparelho um pano macio umedecido com álcool isopropílico 70% (próprio para produtos eletrônicos).

Источник: https://dasa.com.br/blog-coronavirus/higienizacao-e-limpeza-contra-coronavirus

Como higienizar frutas e verduras

Como lavar corretamente frutas e verduras
Imagem de CDC em Unsplash

Saber como higienizar frutas e verduras é importante para eliminar fragmentos de terra, animais e micro-organismos. Essa prática também pode ajudar a diminuir a quantidade de agrotóxicos presentes nos alimentos. Mas nem sempre esse processo é feito da forma mais adequada. Entenda:

Como higienizar frutas e verduras corretamente?

Antes de aplicar qualquer agente de limpeza no alimento a ser descontaminado, é preciso retirar todos os fragmentos e restos de sujeira em água corrente. Dessa forma, a eficácia dos produtos limpantes será maior.

Após ter retirado todos os fragmentos de terra e sujeira, dissolva uma colher de bicarbonato de sódio em um litro de água e deixe as frutas e verduras nessa solução por cerca de 15 minutos. Em seguida, jogue fora essa solução e lave novamente os alimentos em água corrente.

Faça então uma solução de 1/4 de copo de limão, 1/4 de copo de vinagre branco e 1/4 de copo de água; borrife nos alimentos e deixe por cerca de cinco minutos antes de enxaguar novamente em água corrente.

Como funciona

O bicarbonato de sódio, de acordo com um estudo feito nos Estados Unidos, degrada alguns tipos de agrotóxicos, facilitando a remoção física na lavagem.

Como ressalta o médico e nutricionista Eric Slywitch, apesar de serem muitos os tipos de agrotóxicos existentes e cada um possuir características químicas específicas, no Brasil, como a maioria dos alimentos está contaminada com organofosforados (agrotóxicos ácidos), as soluções alcalinas (como a solução de bicarbonato de sódio) são mais eficientes para a remoção desses contaminantes.

De acordo com o nutrólogo, o uso de ácidos como o vinagre é mais bem sucedido na remoção de outros tipos de agrotóxicos menos utilizados (os agrotóxicos alcalinos) do que quando colocados em solução de bicarbonato de sódio ou com água pura.

Por isso é melhor fazer a imersão em solução alcalina (a solução de bicarbonato de sódio) e depois em ácida (a solução de vinagre e limão), de maneira que tanto os agrotóxicos que se degradam com soluções alcalinas quanto os que se degradam com soluções ácidas possam ser eliminados da superfície dos alimentos. Além do mais, o vinagre e o limão também servem para eliminar micro-organismos indesejados. Para saber mais sobre esse tema, confira a matéria “Faça você mesmo: solução caseira que ajuda a eliminar bactérias das frutas e vegetais”.

É importante saber quais agrotóxicos estão presentes no alimentos

A maioria dos consumidores brasileiros não sabe quais tipos de agrotóxicos estão presentes em frutas e vegetais. O problema é que, para reduzir a presença desses agrotóxicos de maneira eficaz, além de saber como higienizar frutas, é preciso saber também se os agrotóxicos são de base ácida ou alcalina.

Isso porque, como afirma o toxicologista-chefe do Departamento de Toxicologia do Hospital das Clínicas de São Paulo, se forem utilizadas soluções ácidas (como o vinagre) antes de serem aplicadas soluções básicas (como a solução de bicarbonato de sódio), os agrotóxicos ácidos podem até penetrar mais facilmente nos alimentos.

Dessa forma, partindo do pressuposto de que a maioria dos alimentos está contaminada com agrotóxicos ácidos, o mais seguro é mergulhá-los primeiramente na solução de bicarbonato de sódio (para remover os agrotóxicos ácidos) e depois no vinagre (para remover os micro-organismos e outros agrotóxicos de composição alcalina).

  • Vinagre: um aliado inusitado para limpeza da casa

Nem todo o agrotóxico é removido

É importante ter em mente que higienizar frutas e verduras não elimina todo o agrotóxico presente nos alimentos. Isso porque existem agrotóxicos sistêmicos, aqueles que estão no interior das frutas. Só é possível remover a parte dos agrotóxicos que ficam na superfície externa dos alimentos.

Eliminar vírus

Saber como higienizar frutas também é importante para eliminar vírus que possam estar circulando no meio ambiente. Em tempos de pandemia, essa preocupação precisa ser redobrada.

No caso de vegetais que serão consumidos crus, como os utilizados em saladas, o ideal é começar lavando-os em água corrente.

Depois disso, deixe as folhas em imersão durante 15 minutos em uma solução com uma colher de sopa de água sanitária para cada um litro de água. Por fim, lave as folhas novamente em água corrente.

Para higienizar frutas e vegetais não folhosos, mesmo as que serão consumidas sem a casca, o procedimento deve ser o mesmo. E atenção: use somente água sanitária que tem apenas hipoclorito de sódio com cerca de 2% de cloro ativo. Outras substâncias em sua composição podem ser tóxicas para o organismo humano.

De acordo o Centro de Pesquisa em Alimentos da Universidade de São Paulo, o vinagre de cozinha não tem efeito sanitizante, portanto, não serve para desinfetar alimentos. Ele limpa, mas não é suficiente para matar vírus.

No caso de alimentos que você irá cozinhar, fritar ou assar, quando feitos corretamente, esse processo é o suficiente para eliminar os vírus caso o alimento esteja contaminado.

Depois que tiver esfriado, faça o armazenamento correto e aqueça o alimento novamente antes do consumo.

É importante também não deixar alimentos crus em contato com alimentos cozidos para evitar a contaminação cruzada.

Reduzir o consumo de carne e investir nos orgânicos é a melhor opção

Tendo em vista que as carnes e seus derivados animais, como o leite, concentram maiores quantidade de agrotóxicos do que os alimentos vegetais e não podem ser lavados, se o seu objetivo é evitar o consumo de agrotóxicos, é mais seguro reduzir esse tipo de alimento do cardápio do que apenas higienizar frutas e verduras.

Junto com essa atitude, também é melhor investir em alimentos orgânicos, aqueles que não possuem agrotóxicos. Para saber mais sobre esse tema, confira a matéria “Mais saudáveis e nutritivos, alimentos orgânicos são uma ótima opção”.

Veja também:

Cadastre-se e receba nosso conteúdo em seu email. Comunicar erro

Источник: https://www.ecycle.com.br/6119-como-higienizar-frutas.html

Sobre a Medicina
Deixe uma resposta

;-) :| :x :twisted: :smile: :shock: :sad: :roll: :razz: :oops: :o :mrgreen: :lol: :idea: :grin: :evil: :cry: :cool: :arrow: :???: :?: :!: