Couve-flor emagrece e previne câncer

Couve-flor → Conheça os Benefícios e Receita Incrível!

Couve-flor emagrece e previne câncer

Olá, aqui é o Dr. Rocha falando e hoje irei falar sobre uma hortaliça muito admirada e também consumida por um grande número de pessoas a couve-flor.

EMAGREÇA RÁPIDO SEM FAZER DIETA

O Que É

A couve-flor é uma hortaliça do tipo inflorescência (ou seja, é um conjunto de flores) pertencente à espécie Brassica Oleracea, assim como o brócolis e o repolho, por exemplo. Sua textura delicada exige uma série de cuidados desde seu cultivo e também na sua preparação para alimentação.

Informação Nutricional

100 gramas da hortaliça contêm as seguintes informações de nutrientes:

  • Energia: 25 calorias;
  • Gorduras totais 0,3 g;
  • Gorduras saturadas 0,1 g;
  • Gorduras Poliinsaturadas 0 g;
  • Gorduras Monoinsaturadas 0 g ;
  • Gorduras Trans 0 g;
  • Colesterol 0 mg;
  • Carboidratos 5 g;
  • Fibra alimentar 2 g;
  • Proteínas 1,9 g;
  • Vitamina A 0,1 UI;
  • Vitamina C 48,2 mg;
  • Vitamina D 0,1 UI;
  • Vitamina B6 0,2 mg;
  • Vitamina B12 0 µg;
  • Sódio 30 mg;
  • Potássio 299 mg;
  • Cálcio 22 mg;
  • Ferro 0,4 mg;
  • Magnésio 15 mg;
  • Manganês 0,2 mg;
  • Ferro 0,5 mg;
  • Fósforo 57 mg;
  • Zinco 0,3 mg.

Como é possível notar, a hortaliça é um alimento repleto de vitaminas, minerais, além de ser hipocalórica, ou seja, possuir poucas calorias em sua composição total.

EMAGREÇA RÁPIDO SEM SOFRER EM ACADEMIA

Principais Benefícios

Muitas de minhas alunas, ao observarem as informações nutricionais da hortaliça, me fazem o seguinte questionamento: Dr. Rocha, quais sãos os principais benefícios à saúde de quem consome couve-flor?

Por ser rica em vitaminas e principalmente em minerais, a hortaliça é capaz de fornecer uma série de benefícios a seus consumidores. Separei os que julgo serem os melhores a seguir, confiram:

Previne o câncer

A couve-flor possui sulforafano em sua composição. Um composto derivado de enxofre que previne o erro de duplicações celulares, algo que previne diretamente o surgimento e/ou então o crescimento de células cancerígenas.

O consumo presente da hortaliça se mostrou eficaz no combate aos cânceres de próstata e também de mama. Dois tipos que afetam grande número de homens e mulheres em todo o país.

Pode ser novidade para você, mas muitos problemas de saúde, como o próprio câncer, estão relacionados com os maus hábitos alimentares do paciente.

É fundamental saber comer bem os alimentos estratégicos para defender todo o seu organismo do câncer e de suas consequências. Eu compartilho isso no portal Dr. Rocha com Você. São informações cientificamente comprovadas que realmente dão resultado. Clique aqui para fazer parte e receber o conteúdo.

DESCUBRA OS ALIMENTOS QUE PREVINEM O CÂNCER

Ação anti-inflamatória

A couve-flor possui uma grande quantidade de nutrientes que são considerados anti-inflamatórios, tais como indole-3-Carbinol (conhecido como I3C). Esse composto age diretamente nos genes de quem consome a hortaliça prevenindo uma série de doenças inflamatórias.

Melhora o funcionamento cerebral

A couve-flor é um alimento excelente fonte de colina, uma vitamina um tanto quanto importante e versátil conhecida pelo seu papel fundamental na atividade do sistema nervoso.

A ingestão da hortaliça potencializa a qualidade do sono, fortalece a memória, além de auxiliar a transmissão de impulsos nervosos.

Melhor funcionamento do sistema digestório

Por ser rica em fibra e possuir alto teor de água em sua composição, a couve-flor proporciona um ótimo funcionamento do sistema digestório de quem a consome.

A hortaliça previne a constipação, diminui o risco de desenvolvimento de câncer do cólon e regula a flora intestinal. Além disso, o sulforano, presente em sua composição inibe o crescimento de bactérias estomacais que podem causar gastrite e demais problemas.

Favorece a saúde dos ossos

A hortaliça possui boa quantidade de cálcio em sua composição, algo que automaticamente favorece a saúde de ossos e dentes. A presença do mineral é fundamental, principalmente para pessoas que estão na terceira idade.

Couve-flor e o Emagrecimento

Como tem se tornado comum, muitas pessoas buscam novos alimentos visando emagrecer e/ou então se manterem em forma. Com minhas alunas a situação é a mesma. Muitas delas ao se atentarem a quantidade de calorias da hortaliça logo me fazem o seguinte questionamento: Dr. Rocha, couve flor emagrece?

Eu respondo que em partes.

A hortaliça na verdade é capaz de auxiliar no processo de emagrecimento pelo seu baixo teor de calorias e pela sua relativa quantidade de fibras, porém falar que couve-flor emagrece seria uma inverdade.

Como sempre gosto de frisar, não existe um alimento milagroso, capaz de prover um emagrecimento rápido, saudável e duradouro. Emagrecer com saúde e de maneira correta é algo que demanda mudança de hábitos alimentares, reeducação alimentar e principalmente tempo.

Apenas ingerir couve-flor e continuar ingerindo alimentos pouco saudáveis, ou então se manter sedentário não vai te fazer emagrecer.

Estudando muito sobre emagrecimento verdadeiro nas melhores universidades do mundo, eu descobri que muitos alimentos vendidos como saudáveis na verdade escondem muito açúcar.

A quantidade de mitos sobre a alimentação é enorme e eu REVELO tudo em um treinamento que eu criei exclusivamente para você mulher que quer emagrecer de verdade, sem remédios e sem precisar passar fome.

Estou falando do Treinamento Viver Magra em 7 Semanas. Nele eu vou te ensinar tudo sobre emagrecimento verdadeiro e você vai ver que existem gorduras boas que potencializam a perda de peso. Saiba mais clicando aqui.

O treinamento comprovado por estudo de elevado nível de evidência científica e já funcionou com mais de 30 mil mulheres que confiram na minha metodologia. Faça o teste hoje mesmo e tenha ótimos resultados.

EMAGREÇA DE VERDADE. CLIQUE AQUI PARA COMEÇAR AGORA!

Como Consumir a Hortaliça

Muitos são os questionamentos sobre a melhor maneira de consumir a hortaliça eu afirmo que basicamente pode-se consumir a couve-flor de algumas maneiras básicas, tais como:

  • Crua, ou seja, in natura;
  • Refogada com azeite;
  • Cozida na água ou no vapor;
  • Em receitas especiais.

Eu particularmente gosto de preparar a hortaliça de uma maneira especial. Sendo assim, vou passar uma receita que costumo fazer de maneira frequente: Couve-flor gratinada.

Ingredientes:

  • 1 couve-flor média;
  • 2 ovos;
  • 50 gramas de queijo parmesão ralado;
  • 200 gramas de mozarela fatiada;
  • Cheiro verde à gosto;
  • 1 tomate picado;
  • Manteiga para untar.

Modo de preparo:

Cozinhe a hortaliça em água ou vapor até que fique bem macia. Em seguida unte uma forma com manteiga e coloque a couve-flor picada dentro dela.

Bata os dois ovos e junte metade do queijo parmesão ralado, o cheiro verde e o tomate e jogue-os dentro da forma, cubra tudo com a mozarela e o restante do parmesão ralado, leve ao forno para gratinar por aproximadamente 15 minutos e a receita estará pronta.

Alimentação Estratégica é Fundamental Para Saúde e Qualidade de Vida

Como sempre gosto de afirmar, praticar uma alimentação estratégica é algo fundamental para toda e qualquer pessoa.

Vegetais verdes folhosos como couve, brócolis, espinafre, alface, chicória e rúcula, por exemplo são capazes de fornecer ao organismo altas doses de fibras, antioxidantes, vitaminas e minerais que regulam funções vitais e mantém o corpo humano em plena harmonia.

Além disso, o consumo frequente e constante de alimentos ricos em gorduras de qualidade e proteínas de alto valor biológico, como azeite de oliva, peixes gordos, manteiga, banha de porco, carne vermelha, queijos amarelos e ovos proporcionam energia suficiente para que o organismo funcione de maneira adequada.

A simplicidade é uma das coisas mais sofisticadas que existe. Tenha bons hábitos alimentares, faça boas escolhas que saúde, emagrecimento e boa forma serão apenas consequências.

Eu vou ficando por aqui.

Me despeço desejando paz, saúde, felicidade, amor e sorte.

Gostou do texto?

Curta, comente e compartilhe.

Forte abraço e até a próxima.

Источник: https://drrocha.com.br/couve-flor-%F0%9F%A5%A6/

Couve-manteiga ajuda no bom humor e mais: veja 8 benefícios desse vegetal

Couve-flor emagrece e previne câncer

A couve é uma hortaliça bastante conhecida e faz parte da família do brócolis, do repolho, da couve-flor e do rabanete. Há diversas variedades disponíveis para consumo e a mais popular no Brasil é a couve-manteiga.

Possui folhas lisas ou pouco onduladas e longas e a tonalidade pode variar de verde-claro a escuro. É ela que se destaca acompanhando a feijoada ou no suco verde.

Mas também pode ser incluída em diversas receitas como saladas ou refogada com alho e cebola.

A couve-manteiga é rica em fibras, é fonte de ferro, cálcio, vitaminas A, C, k e ácido fólico. E também possui antioxidantes importantes que ajudam a prevenir doenças. Além disso, contém poucas calorias e é recomendada para quem quer controlar o peso. Em 100 g do alimento cru há cerca de 27 calorias e 3 g de fibras.

A seguir, conheça em detalhes os benefícios para a saúde e as formas de consumo desta couve:

Imagem: iStock

A couve-manteiga possui grande quantidade de vitamina C, um antioxidante importante que fortalece o sistema imunológico e auxilia nas defesas do corpo.

Em 100 g do alimento cru há 96,7 mg de vitamina C; já refogada possui 76,9 mg. Para se ter uma ideia, a mesma quantidade de laranja lima, que é considerada fonte do nutriente, contém 43,5 mg.

A recomendação diária de vitamina C para adultos varia de 75 mg a 90 mg.

Além disso, tem vitamina B6 que também contribui com a imunidade. Por isso, incluir a couve-manteiga na dieta evita problemas de saúde como infecções e resfriados comuns.

2. Controla o colesterol “ruim”

As fibras presentes no alimento ajudam no controle do colesterol considerado “ruim” (LDL). Isso porque elas absorvem parte da gordura das refeições, o que impede que entre na corrente sanguínea indo para outras regiões do corpo. Com isso, acaba sendo eliminada pelas fezes. De acordo com um estudo, o suco de couve também pode reduzir esse tipo de colesterol.

3. Ajuda a manter o bom humor

Por conta da vitamina B6 esse vegetal pode melhorar o humor. Esse nutriente é importante na produção de hormônios como a serotonina, que estimula os neurotransmissores responsáveis pelo bem-estar e o prazer. Com isso, quem aumenta o consumo de couve-manteiga costuma sentir menos tristeza ou ansiedade.

4. Aumenta a saciedade

Mais uma vez, as fibras são responsáveis por esse beneficio, já que retardam o esvaziamento gástrico e proporcionam a sensação de saciedade.

Isso ocorre porque as fibras solúveis, como a pectina, encontrada principalmente em frutas e vegetais, produzem grandes quantidades de ácidos graxos de cadeia curta, que estimulam a secreção do hormônio GLP-1 (glucagon- peptide-1) —responsável pela sensação de saciedade, diminuindo assim o consumo de alimentos.

Mas, para isso acontecer é importante beber bastante água. Além disso, a couve-manteiga é pouco calórica —em 100 g do alimento cru há apenas 27 kcal e ao ser refogada possui 90 kcal. O consumo da hortaliça satisfaz a sensação de apetite contribuindo para manter uma dieta de controle ou redução do peso.

Imagem: Getty Images

A couve-manteiga crua contém cerca de 400 mg de potássio. Esse mineral é importante para o organismo porque diminui a pressão arterial e o risco de problemas cardíacos. Pesquisas mostram que quem inclui mais alimentos com potássio na dieta tem menores chances de ter um AVC (acidente vascular cerebral) e doenças cardíacas.

6. Contribui com a saúde dos ossos e coagulação

Por ser fonte de cálcio, um mineral importante para a mineralização óssea, é um alimento que ajuda na manutenção e saúde dos ossos e dentes. Previne também a osteoporose, uma condição que enfraquece os ossos. Em 100 g de couve crua há 131 mg de cálcio. Além disso, é fonte de vitamina K, que favorece a coagulação sanguínea.

7. Indicada para gestantes

A couve-manteiga contém ácido fólico e ferro, que são nutrientes importantes para o desenvolvimento do bebê e saúde das gestantes. E possui também fibras, minerais e vitaminas necessárias para as futuras mamães.

O ácido fólico, que é um tipo de vitamina B, por exemplo, previne os principais defeitos congênitos do bebê —a recomendação é consumir cerca de 400 mcg por dia. Em uma xícara de chá de couve-manteiga encontramos 37 mcg do nutriente. Por isso, é importante consumir outras fontes de ácido fólico como fígado, lentilha ou feijão preto.

Além disso, a combinação de nutrientes pode ser eficaz na prevenção de anemia e as fibras previnem as constipações frequentes em gestantes.

8. Melhora o funcionamento intestinal

Boa notícia para quem sofre com prisão de ventre! Incluir a couve-manteiga nas receitas ajuda a diminuir esse problema devido à presença das fibras. Elas estimulam os movimentos peristálticos, aumentam o volume das fezes e a deixam com uma consistência pastosa, o que facilita a evacuação.

Benefício em estudo

Imagem: iStock

– Previne o câncer: a couve-manteiga possui alguns compostos que podem ajudar a prevenir o câncer.

Entre eles, destacam-se o sulforafano e os flavonoides que têm sido associados a inibição de diversos tipos de cânceres como câncer de cólon, câncer de esôfago, câncer de pulmão, câncer de fígado, câncer de mama e câncer de pele.

Há diversas pesquisas que relacionam maior consumo de vegetais crucíferos a uma menor incidência de câncer. Mas, ainda precisam ser realizados mais estudos em humanos, uma vez que a maioria apenas ocorreu em animais e in vitro.

Riscos e contraindicações

O consumo de couve-manteiga costuma ser seguro para a maioria das pessoas. Em excesso, pode causar flatulência.

E os indivíduos que realizam tratamentos com anticoagulantes, principalmente visando a prevenção da trombose, devem consumir com moderação por conta da vitamina K.

Nesses casos, é importante averiguar com um médico qual a quantidade é recomendada e se há o risco de ocorrer alguma interação com medicamentos.

Formas de consumo e como escolher

Imagem: iStock

Bastante versátil, a couve-manteiga pode ser consumida tanto crua quanto cozida. Assim como a maioria de frutas, legumes e verduras, se for ingerida crua preservam-se ainda mais seus nutrientes. Opte por sucos ou picada em saladas com tomate e cebola. O suco verde geralmente leva água e alguma fruta como limão ou laranja. Também é usada como acompanhamento de feijoadas.

Além de refogada com alho, cebola e óleo, é possível variar bastante e usar a criatividade na hora de incluir esse vegetal. Invista em omeletes, tortas, bolinhos, sopas, caldos, saladas, charutos com carne moída ou chips.

Algumas pessoas acham o gosto da couve forte e mais amargo. A dica é cortar o talo antes de preparar e os temperos utilizados também fazem muita diferença no sabor —a recomendação é utilizar ervas naturais, como salsinha, salsa, alho e cebola e se atentar com o tempo no fogo, pois em excesso altera o sabor e a textura.

E ao preparar um suco de couve, é melhor não adoçá-lo e evitar coar para aproveitar os benefícios das fibras. Outra dica importante é, sempre que possível, evitar deixar a couve muito tempo cozinhando, de preferência no vapor, para não perder os nutrientes.

Geralmente, as couves-manteigas são vendidas em maços. Por isso, evite os que estão quebrados, machucados ou com as folhas manchadas com pontos escuros. Há também a possibilidade de comprar a couve picada e embalada —fique de olho se ela está conservada adequadamente.

Fontes: Solange Leal Garcia, nutricionista e supervisora do Serviço de Nutrição e Dietética do Hospital Santa Cruz; Marina Sambrano de Oliveira Magno, nutricionista e professora do curso de nutrição da Uninove; Andrea Guerra, professora do curso de nutrição da Universidade Presbiteriana Mackenzie; Camila Carvalho, nutricionista do Hospital Alemão Oswaldo Cruz; Ligia dos Santos, nutricionista do Hospital São Camilo e Silvana Paiva, nutricionista da clínica Imuvi HSANP.

Revisão técnica: Ligia dos Santos. Referência: TACO/Unicamp (Tabela Brasileira de Composição da Alimentos)

Источник: https://www.uol.com.br/vivabem/noticias/redacao/2020/07/20/couve-manteiga-ajuda-no-bom-humor-e-mais-veja-8-beneficios-desse-vegetal.htm

Benefícios da Couve-flor

Couve-flor emagrece e previne câncer

A couve-flor é um vegetal da mesma família do brócolis, e é uma ótima opção para se usar em dietas de emagrecimento, pois contém poucas calorias e é rica em fibras, o que ajuda a manter a forma e dar mais saciedade.

Além disso, por ter um sabor neutro, ela pode ser utilizada em diversas receitas como saladas, molhos, base para pizzas fit e como substituto do arroz em dietas low carb.

Os principais benefícios da couve-flor para a saúde são:

  1. Ajudar a emagrecer, pois é rica em fibras e tem poucas calorias, ajudando a dar saciedade sem aumentar muito as calorias da dieta;
  2. Melhorar o trânsito intestinal, devido ao seu teor de fibras;
  3. Prevenir câncer, por ser rica em antioxidantes como vitamina C e sulforano, que protegem as células;
  4. Manter a saúde dos músculos, por conter um alto teor de potássio;
  5. Melhorar a pele e fortalecer o sistema imunológico, devido ao seu alto teor de anti-oxidantes;
  6. Ajudar no tratamento da gastrite, por conter sulforafano, uma substância que reduz o crescimento da bactéria H. pylori;
  7. Manter a saúde dos ossos, por conter vitamina K e potássio.

Para escolher uma boa couve-flor fresca, deve-se procurar uma que esteja firme, sem manchas de cor amarela ou marrom, e que tenha folhas verdes anexadas bem firmes ao caule. Veja também 7 boas razões para comer brócolis.

Informação Nutricional

A tabela a seguir traz a informação nutricional para 100 g de couve-flor crua e cozida.

Couve-flor cruaCouve-flor cozida
Energia23 kcal19 kcal
Carboidrato4,5 g3,9 g
Proteína1,9 g1,2 g
Gordura0,2 g0,3 g
Fibras2,4 g2,1 g
Potássio256 mg80 mg
Vitamina C36,1 mg23,7 mg
Zinco0,3 mg0,3 mg
Ácido fólico66 mg44 mg

Cozinhar a couve-flor no vapor ou no micro-ondas ao invés de fervê-la ajuda a preservar suas vitaminas e minerais. Para ajudar a conservar sua cor branca, deve-se adicionar 1 colher de sopa de leite ou suco de limão na água, e não cozinhar couve-flor em panelas de alumínio ou de ferro.

Receita de Pizza de Couve-flor

Ingredientes:

  • 1 couve-flor cozida no vapor
  • 1 ovo
  • 1 xícara de muçarela
  • 3 colheres de sopa de molho de tomate
  • 200 g de queijo muçarela
  • 2 tomates em rodelas
  • ½ cebola em rodelas
  • ½ pimentão vermelho em tiras
  • 50 g de azeitonas
  • Sal, pimenta, folhas de manjericão e orégano a gosto

Modo de Preparo:

Cozinhar e, após esfriar, triturar a couve-flor em um processador. Colocar em uma tigela, acrescentar o ovo, metade do queijo, o sal e a pimenta, misturando bem. Untar a assadeira com manteiga e farinha, e modelar a massa de couve-flor em forma de pizza.

 Levar ao forno pré-aquecido a 220°C por cerca de 10 minutos ou até que as bordas comecem a dourar. Retirar do forno, adicionar o molho de tomate, o restante do queijo, o tomate, a cebola, o pimentão e as azeitonas, colocando orégano, folhas de manjericão e azeite por cima.

Levar ao forno novamente por mais 10 minutos ou até derreter o queijo. Esta pizza pode ser recheada com os ingredientes de sua preferência.

Receita de Arroz de Couve-flor

Ingredientes:

  • ½ couve-flor
  • ½ xícara de chá de cebola ralada
  • 1 dente de alho amassado
  • 1 colher de sopa de salsinha picada
  • Sal e pimenta do reino a gosto

Modo de preparo:

Lavar e secar a couve-flor em água fria. Em seguida, ralar a couve-flor em um ralo grosso ou bater em um processador usando a função pulsar até que fique em uma consistência parecida com a do arroz. Em uma frigideira, refogar a cebola e o alho, acrescentar a couve-flor e deixar refogar por cerca de 5 minutos. Temperar com sal, pimenta e salsa.

Receita de couve-flor gratinada no forno

Esta receita é boa para combater o câncer porque tem duas substâncias que ajudam a prevenir e a combater o câncer que são o sulforafano e o índole-3-carbinol.

O sulforafano ajuda na produção de enzimas que eliminam as toxinas do organismo, enquanto que a substância índole-3-carbinol reduz o nível de estrogênios do corpo, que quando aumentado, pode levar ao aparecimento de tumores.

Ingredientes:

  • 1 couve-flor
  • 1 copo e meio de leite
  • 1 colher de sopa de azeite
  • 1 colher de sopa de farinha de trigo
  • 4 colheres de sopa de queijo parmesão ralado
  • 2 colheres de sopa de farinha de rosca
  • Sal

Modo de preparo:

Lavar a couve flor depois de retirar as folhas. Colocar a couve inteira em uma panela, cobrir com água quente temperada com sal e levar ao fogo para cozinhar. Depois de cozida, retirar da água, escorrer e arrumar em um pirex fundo untado com azeite.

Dissolver a farinha de trigo no leite, temperar com sal e levar ao fogo. Mexer até engrossar, juntar uma colher de azeite e o queijo, misturar bem e retirar. Espalhar o creme sobre a couve flor, polvilhar com farinha de rosca e levar ao forno para corar.

Источник: https://www.tuasaude.com/beneficios-da-couve-flor/

Couve-flor: benefícios, como fazer e receitas deliciosas

Couve-flor emagrece e previne câncer

A couve-flor é um dos vegetais mais versáteis que existem, tanto é que se tornou queridinha de quem faz dieta. Com ela, é possível fazer de pizza saudável até “arroz” menos calórico que a versão branquinha. Mas os benefícios do alimento não param por aí. Conheça todos a seguir.

Lista de propriedades

A nutricionista Karol Coelho, pós-graduanda em Nutrição Clínica Funcional, explica que a couve-flor é um vegetal crucífero da família das Brássicas. “Todos os vegetais crucíferos possuem fitoquímicos, vitaminas, minerais e fibras”

De acordo com a Tabela Brasileira de Composição dos Alimentos, para cada 100 gramas de couve-flor crua, há:

  • 23 calorias
  • 2,4 gramas de fibra alimentar
  • 18 mg de cálcio
  • 12 mg de magnésio

O alimento possui ainda Vitamina K, folatos, colinas e uma substância chamada glucosinolato, que possui propriedades anticarcinogênicas.

Proteção contra câncer

Segundo a nutricionista, estudos apontam uma forte relação entre o consumo de vegetais crucíferos e a redução no risco de desenvolver alguns tipos de câncer. “O efeito protetor pode ser justificado pelo elevado teor de glucosinolatos”, afirma

O National Cancer Institute, dos Estados Unidos, compilou esses achados e descobriu que, em animais, o efeito protetor pode estar relacionado a diversos mecanismos, como prevenção do dano ao DNA celular, inativação de carcinogênicos e efeitos inflamatórios. Em humanos, no entanto, o efeito direto do alimento sobre o impedimento da doença ainda não está bem definido, mas pode haver uma ação protetora contra câncer de próstata, cólon e pulmões.

Saúde digestiva

A couve-flor pode ser uma ótima aliada à saúde digestiva, uma vez que suas fibras auxiliam o trânsito intestinal, tornam a flora bacteriana do órgão mais saudável e ainda controlam a liberação de glicose no sangue.

Vale lembrar que o consumo de fibras deve sempre ser acompanhado pela ingestão adequada de água, uma vez que, sem a hidratação correta, pode haver prisão de ventre.

Ajuda a emagrecer

Versátil, a couve-flor é um alimento com poucos carboidratos (são 4,5 g a cada 100 g do alimento cru) que pode servir de substituto a carboidratos engordativos, como massas de pizza e arroz branco – veja receitas com couve-flor ao fim da matéria -, e ajudar na eliminação de peso.

Protege cérebro, fígado e coração

A couve-flor é rica em colina, uma substância que tem papel fundamental em diversas funções do organismo e que geralmente é esquecida na nossa alimentação.

A colina atua na produção de neurotransmissores e na formação da bainha de mielina, que envolve os nervos e permite a propagação do impulso nervoso. Há ainda efeito protetor sobre fígado, coração e prevenção de demências como o Alzheimer, entre outros benefícios.

Meia xícara do alimento tem cerca de 24 mg de colina, de acordo com estudo publicado no periódico científico Nutrition Reviews.

Proteção na gravidez

Por fim, o alimento é rico em ácido fólico, substância que sabidamente impede defeitos na formação do tubo neural do feto bem como previne doenças cardíacas e neurodegenerativas.

Engorda ou emagrece?

A couve-flor emagrece por ser hipocalórica e ter uma quantidade reduzida de calorias. Aposte nela como uma substituta para carboidratos engordativos, como arroz branco e massas.

Faz mal?

A nutricionista alerta que alguns estudos apontam que o consumo excessivo de Brássicas (no caso, couve) pode estar relacionado com alterações no funcionamento da tireoide. Mas vale lembrar que este desdobramento está relacionado a pessoas com alterações prévias na glândula, como tireoidite de Hashimoto.

Quem não deve comer?

Caso haja problemas na tireoide, como hipotireoidismo, o mais recomendado é não consumir vegetais da família das Brássicas em excesso, tais como couve-flor, brócolis, couve e outros vegetais do grupo. Assim, o ideal é restringir seu consumo a somente três vezes por semana.

Como fazer e consumir?

A couve-flor deve ser cozida no vapor pelo mínimo de tempo possível para não perder algumas de suas propriedades nutricionais. Você pode consumi-la diariamente ou intercalá-la com outros alimentos da mesma família, como couve e brócolis.

Ingredientes

  • 1 couve-flor
  • ½ cebola ralada
  • 1 colher de sopa de farinha de trigo
  • 300 ml de leite
  • 1 caixa de creme de leite
  • 1 colher de sopa de manteiga
  • 1 colher de sopa de azeite
  • ½ xícara de chá de parmesão ralado
  • Sal e noz-moscada a gosto

Modo de preparo

Preaqueça o forno a 180 graus. Cozinhe a couve-flor até que fique bem macia e reserve. Em uma panela, refogue a cebola no azeite e na manteiga. Em seguida, dissolva a farinha de trigo no leite e junte a mistura à panela.

Deixe cozinhar até engrossar, mexendo esporadicamente. Junte creme de leite, sal e noz-moscada. Em um refratário, espalhe o vegetal dividido em flores menores, coloque o molho por cima e cubra tudo com o parmesão.

Leve ao forno até gratinar.

Modo de fazer

Preaqueça o forno a 180 graus. Triture a couve-flor em um processador. Junte os outros ingredientes da massa até obter uma mistura homogênea. Unte a forma com azeite e espalhe a massa de maneira uniforme. Asse por 15 minutos ou até ficar dourada. Retire, espalhe o molho, cubra com a muçarela, tomate em fatia e as folhas de manjericão. Leve ao forno por mais 5 minutos e sirva.

Fontes

Nutricionista Karol Coelho, pós-graduanda em Nutrição Clínica Funcional – CRN 45318

Núcleo de Estudos e Pesquisas em Alimentação. Tabela Brasileira de Composição de Alimentos. Disponível em: www.cfn.org.br/wp-content/uploads/2017/03/taco_4_edicao_ampliada_e_revisada.pdf

National Cancer Institute. Cruciferous Vegetables and Cancer Prevention. Disponível em: www.cancer.gov/about-cancer/causes-prevention/risk/diet/cruciferous-vegetables-fact-sheet

Источник: https://www.ativosaude.com/beneficios-dos-alimentos/couve-flor/

Sobre a Medicina
Deixe uma resposta

;-) :| :x :twisted: :smile: :shock: :sad: :roll: :razz: :oops: :o :mrgreen: :lol: :idea: :grin: :evil: :cry: :cool: :arrow: :???: :?: :!: