ENTENDA A RECEITA DOS SEUS ÓCULOS

Como Ler Sua Receita Para Óculos

ENTENDA A RECEITA DOS SEUS ÓCULOS

Revisado por Dr. Antônio Nogueira

Você acabou de realizar um exame oftalmológico e seu médico oftalmologista lhe deu uma receita para óculos.

Ele ou ela provavelmente mencionou que você é míope, hipermetrope, ou, talvez, que você tenha astigmatismo. (Se esse não for o caso, e você ainda precisar de um exame oftalmológico, consulte um médico oftalmologista.

Mas o que todos esses números em sua receita para óculos significam? E esses termos abreviados, como OD, OS, ESF e CIL?

Este artigo o ajudará a decifrar todas as partes de sua receita e discutir de maneira informada com um oftalmologista quando você estiver comprando óculos.

O que OD e OS Significam

O primeiro passo para entender sua receita para óculos e saber qual é o seu grau, é conhecer o que “OD” e “OS” significam. São abreviações para oculus dexter e oculus sinister, que são expressões em latim para olho direito e olho esquerdo.

Sua receita para óculos também pode apresentar uma coluna intitulada “OU”. Essa é a abreviação para a expressão em latim oculus uterque, que significa “os dois olhos.”

Apesar do uso dessas expressões em latim abreviadas ser tradicional para receitas para óculos, lentes de contato e medicamentos para os olhos, a maioria dos médicos oftalmologistas moderniza suas receitas e usa OD (olho direito) e OE (olho esquerdo) ou invés de OD e OS.

Outros Termos em sua Receita para Óculos

Sua receita para óculos também contém outros termos e abreviações. Incluindo:

Esférico (ESF). Indica o valor da potência da lente, medida em dioptrias (D), receitada para corrigir miopia ou hipermetropia. Se o número constante abaixo dessa sigla apresentar um sinal de menos (–), você é míope; se o número apresentar um sinal de mais (+) ou não for precedido por um sinal de mais ou sinal de menos, você é hipermetrope.

O termo “esférico” significa que a correção para miopia ou hipermetropia é “esférica”, ou igual em todos os meridianos do olho.

Cilíndrico (CIL). Indica o valor da potência da lente para astigmatismo. Se nada constar nessa coluna, ou você não tem Astigmatismo, ou seu astigmatismo é tão leve que não é realmente necessário corrigi-lo com as lentes de seus óculos.

O termo “cilíndrico” significa que a potência dessa lente adicionada para corrigir astigmatismo não é esférica, mas, ao invés disso, é desenhada para que um meridiano não tenha curvatura adicionada, e o meridiano perpendicular a esse meridiano “sem potência adicionada” contenha a potência e curvatura de lente máximas para corrigir astigmatismo.

O número na coluna cilíndrico pode ser precedido por um sinal de menos (para a correção de astigmatismo míope) ou um sinal de mais (para astigmatismo hipermetrope). A potência cilíndrica sempre segue a potência esférica em uma receita de óculos.

Eixo. Descreve o meridiano da lente que não contém potência cilíndrica para corrigir astigmatismo. O eixo é definido com um número de 1 a 180. O número 90 corresponde aomeridiano vertical do olho, e o número 180 corresponde ao meridiano horizontal.

Se uma receita de óculos inclui potência cilíndrica, ela deve incluir também um valor de eixo, que segue a potência cilíndrica e é precedido por um “x” quando é escrito à mão.

O eixo é o meridiano da lente que fica a 90 graus do meridiano que contém a potênciacilíndrica.

Ad é a potência de aumento adicionada à parte inferior de lentes multifocais paracorrigir presbiopia. O número que consta nessa seção da receita é sempre uma potência “positiva”, mesmo que não seja precedida por um sinal de mais. Em geral, ele variará de +0,75 a +3,00 D e será a mesma potência para os dois olhos.

Prisma. É o valor da potência prismática, medida em dioptrias prismáticas (“d.p.” ou um triângulo sobrescrito quando escrito à mão), receitada para compensar problemas de alinhamento do olho. Apenas uma pequena porcentagem de receitas para óculos inclui prisma.

Quando presente, o valor prismático é indicado em unidades métricas ou fracionais (0,5ou ½, por exemplo), e a direção do prisma é indicada anotando a posição relativa de sua “base” ou borda mais espessa. Quatro abreviações são usadas para a direção do prisma: BS = base superior; BI = base inferior; BN = base nasal; BT = base temporal.

Potência esférica, potência cilíndrica e potência adicional sempre aparecem em dioptrias. São expressadas em forma decimal e são geralmente escritas em acréscimos de quarto de dioptria (0,25 D).

Valores de eixo são números inteiros de 1 a 180 e significam apenas a localização meridional, não uma potência.

Quando dioptrias prismáticas são indicadas de forma decimal, normalmente apenas um algarismo aparece depois da vírgula decimal (p.ex., 0,5).

Seu oftalmologista também pode anotar recomendações específicas de lente em sua receita para óculos — como revestimento antirreflexo lentes fotocrômicas e/ou lentes progressivas — para fornecer a correção visual mais confortável possível.

Um Exemplo de Receita para Óculos

Confuso? Vamos usar um exemplo para esclarecer as coisas. (Trocadilho intencional.)

Esta é uma amostra de receita para óculos:

OD -2,00 ESF +2,00 ad 0,5 d.p. BI

OE -1,00 -0,50 x 180 +2,00 ad 0,5 d.p. BS

Nesse caso, o médico oftalmologista prescreveu -2,00 D esférico para a correção de miopia no olho direito (OD). Não há correção de astigmatismo nesse olho, então nenhuma potência cilíndrica ou eixo foram anotados.

Esse oftalmologista optou por incluir “ESF” para confirmar que receitou apenas potência esférica para o olho direito. (Alguns médicos incluirão “DE” para “dioptrias esféricas”; outros deixarão essa área em branco.

)

A receita para o olho esquerdo (OE) é de -1,00 D esférica para miopia, mais -0,50 D cilíndrica para a correção de astigmatismo. A potência cilíndrica tem seu eixo no meridiano 180, o que significa que o meridiano horizontal (180 graus) do olho não apresenta potência adicionada para astigmatismo e o meridiano vertical (90 graus) recebe -0,50 D adicional.

A receita indica “potência adicional” de +2,00 nos dois olhos para a correção de presbiopia, e inclui uma correção prismática de 0,5 dioptria prismática em cada olho. No olho direito, o prisma está na base inferior (BI); no olho esquerdo, está na base superior (BS).

Uma receita para óculos não é uma receita para lentes de contato

Receitas para óculos e lentes de contato não são a mesma coisa. Uma receita para óculosserve apenas para óculos. Ela não contém determinadas informações que são cruciais para uma receita de lentes de contato, que podem ser obtidas apenas durante uma consulta e prova para lentes de contato.

Além das informações em uma receita para óculos, uma receita para lentes de contato deve especificar a curva base (central) da superfície posterior das lentes de contato, o diâmetro da lente e o fabricante específico e nome da marca da lente.

Além disso, a potência de uma receita para óculos é frequentemente modificada ao determinar a melhor potência para lentes de contato. Um motivo é que as lentes de óculos são usadas a uma distância (normalmente cerca de 12 milímetros) da superfície do olho, enquanto as lentes de contato são posicionadas diretamente na córnea do olho.

Uma receita precisa para lentes de contato pode ser emitida apenas depois de uma prova de lentes de contato e da avaliação, pelo oftalmologista, da resposta de seus olhos às lentes ou ao uso de lentes de contato em geral.

Page updated March 2021

Источник: https://www.allaboutvision.com/pt-br/oculos/receita-para-oculos/

Compreenda de forma simples uma receita de óculos – Blog Optidados

ENTENDA A RECEITA DOS SEUS ÓCULOS

A compreensão de uma receita de óculos, nunca foi algo simples de se interpretar e explicar aos novos colaboradores de uma óptica. Pensando nessa dificuldade, este artigo tem como objetivo auxiliá-lo nessa compreensão e interpretação.

A receita oftálmica descreve o grau de correção necessário para permitir a melhor visão para o usuário dos óculos, e é a partir da compreensão da receita que uma óptica pode oferecer a melhor solução de lentes corretivas e armação ao seu cliente. Dessa forma, antes de explicar como interpretar uma receita, vamos explicar os 4 principais erros refrativos que você poderá encontrar no dia a dia de sua óptica, que são: Miopia, Astigmatismo, Hipermetropia e Presbiopia.

Miopia

A Miopia pode causar dificuldades de nitidez e embaçamento para visualizar objetos a longas distâncias. Sua visão melhora  quando vê objetos próximos, porém, os que estiverem mais distantes, como placas e pessoas do outro lado da rua, já terá dificuldades.

A miopia normalmente é hereditária, mas pode se desenvolver individualmente, pois está relacionada a formação da imagem antes da retina e o globo ocular só para de crescer na idade adulta. A doença costuma aumentar entre 21 à 24 anos, que é quando o globo ocular chega a sua maturidade.

Em uma receita que contenha dioptria, a Miopia é representada pelo símbolo “ Negativo” (Exemplo -2,00) no campo Esférico (ESF) da receita.  A lente negativa é espessa nas bordas e fina no centro.

Astigmatismo

O Astigmatismo pode causar dificuldade de nitidez e embaçamento para visualizar e focar objetos mais próximos, como para ler um livro ou também em longas distâncias, como placas de trânsito. Pessoas que possuem astigmatismo, muitas vezes podem ser míope ou hipermétrope também.

Em uma receita que contenha dioptria, o Astigmatismo é representado pelo sinal “  Negativo” (Exemplo -2,00) no campo Cilíndrico (CIL) de uma receita, porém, em alguns casos usa-se sinal ‘+ positivo’ na receita. O Astigmatismo é corrigido com lentes cilíndricas ou tóricas e sua espessura varia conforme a dioptria.

Hipermetropia

A Hipermetropia pode causar dificuldade de nitidez e foco para visualizar objetos que estão mais próximos, como uma leitura, escrita, crochê e outras tarefas que você precisa ter os objetos mais próximos do seu contato visual.

Em casos de hipermetropia reduzida, a pessoa vê corretamente para perto, porém, este esforço pode provocar cansaço ocular e possíveis dores de cabeça.

A hipermetropia normalmente se desenvolve em adultos que se aproximam da meia idade, porém, também pode ser presente em crianças.

Em uma receita que contenha dioptria, a Hipermetropia é representada pelo símbolo “ + Positivo” (Exemplo + 2,00) no campo Esférico (ESF) de uma receita. A lente positiva é mais espessa no centro do que nas bordas.

Presbiopia

A Presbiopia não é um defeito visual, mas uma consequência natural da visão.

Ela surge a partir dos quarenta anos e é quase inevitável. Este “fenômeno” deve-se ao envelhecimento do cristalino, que provoca uma perda da capacidade acomodativa, ou seja, dificuldade de focalização do olho, isso significa uma dificuldade em ver de perto.

Em uma receita oftálmica, a Presbiopia é representada pelo símbolo “+ Positivo” no campo Esférico na distância PERTO.

Ele pode ser representado em duas formas, apenas já com a dioptria transcrita pelo oftalmologista/optometrista ou também com uma ADIÇÃO. Quando existir uma adição, o valor descrito deve ser somado com a dioptria LONGE da receita, seguindo as seguintes regras:

  • Se a dioptria representada no campo esférico for + Positivo, a adição deve ser somada.
  • Se a dioptria representada no campo esférico for  Negativo, a adição deve ser subtraída.
  • Se a receita estiver com dioptria no Cilíndrico, no caso o Astigmatismo, ele permanece inalterado.

Entendendo uma receita de óculos

Compreendido os principais erros refrativos que estarão presentes na rotina de uma óptica, está na hora de compreendermos uma receita de óculos com dioptria.

Legendas da Receita:

  • OD: Olho Direito | OE: Olho Esquerdo.
  • ESFÉRICO: Dioptria correspondentes a Hipermetropia, Miopia e Presbiopia.
  • CILÍNDRICO: Dioptria correspondente ao Astigmatismo.
  • EIXO: Determina a localização do Astigmatismo.
  • DP: Distância Pupilar, espaço entre uma pupila e outra. Essa medida servirá para que as pupilas estejam alinhadas ao centro óptico da lente dos óculos.

Compreendida as informações que compõe uma receita de óculos, vamos aplicar alguns exemplos de dioptrias para melhor entendimento:

MiopiaESFCILEIXODP
Longe OD -2,00  33
OE -1,75  30
PertoOD
OE

Essa receita representa que o cliente tem apenas Miopia. Isso significa que ele possui dificuldade de enxergar longas distâncias.

AstigmatismoESFCILEIXODP
Longe OD-2,50180°  33
OE-3,00180°  33
PertoOD
OE

Essa receita representa que o cliente tem Astigmatismo. Isso significa que ele possui dificuldade para enxergar nitidamente tendo um embaçamento da visão para longas e médias distâncias.

Miopia e AstigmatismoESFCILEIXODP
Longe OD-2,00-0,75166°  33
OE-1,75-0,25166°  30
PertoOD
OE

Essa receita representa que o cliente tem Miopia e Astigmatismo. Isso significa que ele possui dificuldade para enxergar de longe e embaçamento da visão.

HipermetropiaESFCILEIXODP
Longe OD+2,00  33
OE+1,75  30
PertoOD
OE

Essa receita de óculos representa que o cliente tem apenas Hipermetropia. Isso significa que ele possui dificuldade de enxergar distâncias mais próximas.

Hipermetropia e PresbiopiaESFCILEIXODP
Longe OD+2,00  33
OE+1,75  30
Perto (Add: +2,00)OD+4,00  33
OE+3,75  30

Essa receita representa que o cliente tem Hipermetropia e Presbiopia. Isso significa que ele possui maior dificuldade de enxergar de perto e meia distância.

Hipermetropia, Astg e PresbiopiaESFCILEIXODP
Longe OD+3,00-1,00180°  33
OE+2,50-2,00180°  30
Perto (Add: +2,00)OD+5,00-1,00180°  33
OE+4,50-2,00180°  30

Essa receita representa que o cliente tem Hipermetropia, Astigmatismo e Presbiopia. Isso significa que ele possui maior dificuldade de enxergar de perto e meia distância e ainda tem embaçamento da visão.

Miopia e PresbiopiaESFCILEIXODP
Longe OD-2,00  33
OE-1,75  30
Perto (Add: +2,00)OD0  33
OE+0,25  30

Essa receita representa que o cliente tem Miopia e Presbiopia. Isso significa que ele possui dificuldade de enxergar de longe e para perto.

Miopia, Astg e PresbiopiaESFCILEIXODP
Longe OD-2,00-1,00180°  33
OE-1,00-0,25180°  30
Perto (Add: +3,00)OD+1,00-1,00180°  33
OE+2,00-0,25180°  30

Essa receita representa que o cliente tem Miopia, Astigmatismo e Presbiopia. Isso significa que ele possui dificuldade de enxergar de longe, meia distância, para perto e ainda tem embaçamento da visão.

É muito importante lembrar que, se você como vendedor souber explicar a necessidade do cliente através da receita de óculos, de uma forma simples, prática e que passe confiança, conseguirá vender as melhores lentes corretivas e armação, pois seu cliente irá acreditar que o que você está falando é exatamente o que ele precisa.

Se você ficou com alguma dúvida, gostou ou gostaria de fazer uma observação, deixe seu comentário abaixo ou entre em contato conosco, ficarei feliz em te responder!

Источник: https://optidados.com.br/blog/dicas/compreenda-de-forma-simples-uma-receita-de-oculos/

Receita de óculos: entenda o que ela quer dizer

ENTENDA A RECEITA DOS SEUS ÓCULOS

Quando acabamos de sair de uma consulta oftalmológica (com direito a colírios e luzes variadas nos olhos!), em que o médico nos disse ‘você precisa usar óculos’, bate aquela dúvida: “O que fazer agora?”

Com a receita de óculos em mãos, são muitas decisões: encontrar a ótica, escolher a armação e decidir sobre o tipo de lente.

Mas, antes disso, você consegue entender o que representam todas aquelas letras e números escritos na receita? O que mesmo que eu tenho nos meus olhos?

Para tirar essas e outras dúvidas super comuns, nós escrevemos esse artigo.

Decifrando a sua receita de óculos

Para começar, saiba que cada oftalmologista escreve a receita de óculos de uma forma diferente. Os tipos mais comuns são:

3. Refração de longe e perto indicando as correções

EsféricoCilíndricoEixo
LongeOD
OE
PertoOD
OE

Nas receitas de óculos, OD e OE indicam, respectivamente, olho direito e esquerdo. Se a receita não indicar o olho, a convenção é que o primeiro escrito é sempre o direito.

O campo esférico indica o grau de miopia ou hipermetropia e o campo cilíndrico, o valor do astigmatismo.

No campo adição, está indicado o valor da presbiopia, que é sempre o mesmo para ambos os olhos. No último modelo de receita, o médico irá fazer os cálculos e indicar o grau de perto.

Mas e aí? Qual o meu tipo de grau?

Os erros refrativos são miopia, hipermetropia, astigmatismo e presbiopia. O paciente míope tem visão embaçada para longe e excelente para perto. Na hipermetropia, ocorre dificuldade principalmente para perto. A miopia e hipermetropia são corrigidas com lentes esféricas, o que significa que elas têm o mesmo grau em todos os seus eixos.

As lentes que corrigem a miopia são indicadas com sinal negativo e as que corrigem a hipermetropia, com sinal positivo.

O astigmatismo causa visão embaçada e distorcida, dores de cabeça e cansaço visual. Esse tipo de erro refrativo é corrigido com lentes cilíndricas, que possuem graus diferentes de acordo com a posição na lente. Por isso, o eixo em que a lente será montada nos óculos deve ser indicado na receita.

As lentes que corrigem o astigmatismo são indicadas, por convenção, com o sinal negativo.

Exemplo 1:

EsféricoCilíndricoEixo
OD-2.50
OE-3.50-0.7590
Adição

Esse paciente tem 2.50 de miopia no olho direito. No esquerdo, ele tem 3.50 de miopia e 0.75 de astigmatismo com eixo a 90 graus.

Exemplo 2:

EsféricoCilíndricoEixo
OD+1.50-0.5060
OE+1.00-1.00135
Adição

Essa receita indica que o olho direito tem 1.50 de hipermetropia, e 0.50 de astigmatismo com eixo a 60 graus. Já o olho esquerdo tem 1.

00 de hipermetropia e 1.00 de astigmatismo com eixo a 135 graus.

Exemplo 3:

EsféricoCilíndricoEixo
OD-2.50
OE-3.50-0.7590
Adição+3.00

Esse exemplo repete o de número 1, porém o paciente apresenta também presbiopia. Essa adição pode ser indicada (+3,00) ou pode-se fazer os cálculos e registrar na receita o grau dos óculos de longe e de perto.

EsféricoCilíndricoEixo
LongeOD-2.50
OE-3.50-0.7590
PertoOD+0.50
OE-0.50-0.7590

Exemplo 4:

EsféricoCilíndricoEixo
OD+1.50-0.5060
OE+1.00-1.00135
Adição+2.00

Esse exemplo repete o de número 2, porém o paciente apresenta, também, presbiopia (adição de 2,00). Com o outro modelo, a receita ficaria assim:

EsféricoCilíndricoEixo
LongeOD+1.50-0.5060
OE+1.00-1.00135
PertoOD+3.50-0.5060
OE+3.00-1.00135

É importante observar o sinal na hora de fazer os cálculos. Além disso, observe que somamos a adição apenas à parte esférica da receita e o cilindro continua inalterado.
Agora ficou fácil entender a receita de óculos, não é?

Mais algumas dicas sobre a receita de óculos

Considera-se que a receita de óculos tem validade de seis meses a um ano. Depois desse prazo, vale retornar ao oftalmologista para verificar se houve alguma mudança na prescrição. Ao fazer um óculos com uma receita antiga, o risco de não adaptação por mudança do grau é grande.

Alguns sinais que indicam que o grau do óculos pode ter mudado são: dor de cabeça e nos olhos, cansaço visual e visão embaçada.

Источник: https://advisionclinica.com.br/receita-de-oculos/

Como ler receita de óculos?

ENTENDA A RECEITA DOS SEUS ÓCULOS

Este post foi atualizado em 10 fevereiro, 2021

A receita de óculos vem acompanhada de várias abreviações, números e sinais e nunca entendemos o que aquilo quer dizer, não é mesmo?

Se você já passou por essa situação sabe que isso só dificulta na hora da compra. Não seria ótimo se você soubesse o significado de cada número e símbolo da receita dos seus óculos?

Imagina economizar tempo e dinheiro apenas por saber interpretar a receita, acertando em cheio na compra. Então pare de imaginar! Nós vamos te ajudar a entender melhor agora!

Também explicamos aqui no vídeo abaixo como ler receita de óculos

Como ler a receita de óculos?

As principais abreviações na receita de óculos são:

  • OE: Olho Esquerdo
  • OD: Olho Direito
  • PL/PLANO: Você não tem grau na coluna que estiver preenchido essa informação
  • ESF: Esférico
  • CIL: Cilíndrico
  • DNP: Distância Naso Pupilar
  • DP: Distância Pupilar
  • AD: Adição
  • AV: Acuidade Visual
  • VL: Visão de Longe
  • VP: Visão de Perto
  • VI: Visão Intermediária

E tão importante quantos essas abreviações são os sinais indicados na frente do seu grau. Por exemplo, os sinais negativo e positivo nos indicam problemas na visão deferentes. Sendo:

  • Miopia: Sinal Negativo (-)
  • Hipermetropia: Sinal Positivo (+)
  • Astigmatismo: Coluna CIL e EIXO, na sua receita, devem estar preenchidas.

Veja no exemplo de receita de óculos abaixo:

Exemplo de receita de miopia

É dessa forma que é calculado o grau de longe (VL) ou Para Longe do seu óculos.

Você pode ouvir outras terminologias como: Visão Intermediária (VI), Visão Perto (VP), Adição (AD).

Para estes casos, a interpretação de receita é diferente, pois são casos de lente multifocal.

Saiba como ler receita de multifocal.

Ah, uma dica importante: não se pode usar a receita do óculos para fazer lente de contato.

As receitas têm informações diferentes, como por exemplo, a distância em relação aos olhos, que na lente de contato não existe. Dessa forma, até o grau pode ser alterado.  

Veja aqui como calcular grau da sua lente de contato.

Grau Esférico: Sinal positivo ou negativo

O Grau Esférico da lente é representado na receita de óculos pela coluna ESF.

Nela vai estar indicado quantos graus de miopia ou hipermetropia você tem, em cada olho. Ou seja, se você tem dificuldade em enxergar de longe (VL) ou de perto (VP).

O que vai apontar cada problemaé o sinal na receita de óculos. Se for um sinal negativo na frente do número, então você tem miopia. Se for positivo, você tem hipermetropia.

Observe, no exemplo, que há um sinal positivo na frente do número do grau de cada olho. Significa, então, que esta é uma receita de óculos para hipermetropia.

Certo… mas e o grau de astigmatismo? Onde ele fica na receita?

Bom, ele tem uma coluna própria, ao lado do grau da coluna do esférico que acabamos de ver. Veja a seguir: 

Grau Cilíndrico: Indica astigmatismo

O Grau Cilíndrico vai indicar se você possui ou não astigmatismo. Se a coluna CIL estiver preenchida, é lá que vão estar as informações corretas do grau das lentes para correção.

Mas o grau de astigmatismo não é colocado em toda a lente, só em um determinado eixo do astigmatismo. Portanto, junto com a coluna CIL preenchida, a coluna EIXO deve vir acompanhada.

O que é eixo do astigmatismo no óculos?

Quem tem astigmatismo, o olho apresenta um formato irregular em que diversos pontos focais são formados. Quando o normal é apenas um ponto de foco.

Por isso que o eixo do astigmatismo é necessário, pois esses diversos pontos formados no seu olho, na verdade atinge vários eixos da sua visão.

Esse eixo é a localização do seu grau de astigmatismo na córnea do olho e essa medida varia de 0 a 180 graus.

Inclusive, o valor do grau do eixo do astigmatismo pode afetar diretamente a espessura da sua lente.

Por exemplo, um eixo entre 0 e 25 graus ou entre 165 e 180 graus resultam em um óculos com lentes mais grossas na parte superior e inferior. 

Consequentemente, em óculos mais fino nas têmporas (as laterais das lentes). E esse é um dos melhores casos para a estética dos óculos, justamente porque olhamos nas laterais dos óculos para ver se a lente é grossa.

Por outro lado, quando o eixo é entre 70º e 110º, ou próximo de 90º, a tendência é que as lentes fiquem grossas nas têmporas. Ao contrário do outro, esse é o pior se tratando de estética e é válido para qualquer tipo de lente utilizada.

Para te ajudar a entender melhor, elaboramos uma tabela que indica como a lente de óculos fica em relação ao grau do eixo. Dá uma olhada:

Comparação da espessura do óculos de acordo com o eixo do astigmatismo

O que significa a adição na receita de óculos

Adição na receita do seu óculos indica que você precisa usar lentes multifocais. Essas lentes possuem os campos de visão para perto e para longe.

A adição na receita de óculos quer dizer que além da miopia ou hipermetropia, você precisa de alguns graus a mais para conseguir enxergar de perto com nitidez. Isso é chamado de presbiopia, também conhecida por vista cansada.

Esse problema se desenvolve normalmente a partir dos 40 anos, quando as pessoas percebem a dificuldade em enxergar de perto.

Ou seja, a presbiopia é a perda progressiva da elasticidade do cristalino, que é a lente natural dos olhos, dificultando a focalização correta de objetos próximos.

Após a identificação da presbiopia, o médico oftalmo vai prescrever a necessidade de correção visual na receita, indicando quantos graus serão necessários adicionar ao grau existente, gerando assim todas as correções visuais em uma única lente.

Para corrigir a presbiopia, é necessário o uso de lentes multifocais. Essas lentes possuem campos de visão para perto e para longe em uma única lente.

Óculos para presbiopia: lentes multifocais

O grau de presbiopia aparece na coluna indicada pelo termo “Perto” ou “Adição” e pode ser apresentado com o grau já somado ao grau de miopia ou hipermetropia, ou somente como Adição que é o valor ainda a ser somado.

Veja os exemplos abaixo:

Como calcular adição na receita de óculos

O cálculo é a simples matemática respeitos os sinais positivos e negativos.

Miopia, o sinal é negativo.

Hipermetropia, o sinal é positivo.

Adição, o sinal sempre será positivo também.

Então, vamos fazer um exemplo de cálculo básico: se o grau é -2 (de miopia) e adição é +3 então seu grau para perto na lente vai ser de 1.

Pois: -2 (para longe) +3 (adição) = 1 (para perto). Nota-se que nesse exemplo, portanto, o grau da adição já foi somado com o grau de miopia. O sinal negativo que indica miopia na coluna no esférico deve ser respeitado no cálculo.

Receita com adição já somada

Mas, se for + 2 graus (hipermetropia), a adição também for +3, então o seu grau para perto vai ser +5.

Pois: +2 +3 = +5 (para perto).

Veja no exemplo de receita abaixo:

Simples, não é mesmo?

DNP e DP

Você já viu essas siglas na sua receita de óculos?

A DNP (Distância Naso-Pupilar) é a medida, em milímetros, da distância das pupilas em relação ao nariz. Já a DP (ou Distância Pupilar) é a distância entre as duas pupilas.

Ela varia de pessoa para pessoa e influencia na espessura dos óculos, ou seja, ele será montado e ajustado de acordo com as suas medidas.

A medida da DNP também influencia na espessura do seu óculos. Quanto menor a medida da DNP e maior o tamanho do aro de sua armação, mais aparentes ficarão as bordas de suas lentes.

Medidas DP e DNP

Dessa forma, Uma medida de DNP pequena com uma armação grande pode deixar os óculos grossos.

Saiba quais são os outros fatores que podem deixar seus óculos mais grossos neste artigo.

Qual o maior grau de óculos?

Se essa é a sua pergunta, bom, na verdade não existe um grau maior para óculos de grau, mas sim uma classificação que define o grau de miopia em baixo, moderado e alto. Veja como isso funciona abaixo:  

  • Baixo grau: 0 a 3 graus
  • Grau moderado: de 3 a 6 graus
  • Alto grau: mais de 6 graus

Entenda como funciona a classificação do grau do seu óculos.

Como saber se o grau do óculos está correto?

Normalmente quando a gente começa a usar óculos é comum passar por uma fase de adaptação. Esse período para acostumar com o óculos costuma durar até 7 dias.

Nesse tempo, algumas pessoas sentem enjoos e tonturas. Mas, se após esse período os sintomas persistirem, pode ter alguma coisa errada com os seus óculos: provavelmente pode ser o grau de óculos errado.

Por isso, sempre recomendamos que assim que você tiver com novo óculos nas mãos, leve para seu oftalmo que prescreveu sua receita conferir se está tudo certo.

Só ele pode te dizer se as lentes foram fabricadas e montadas de acordo com a sua receita e com as medidas dos seus olhos.

Agora que você já está sabendo disso, você precisa saber também o modelo de óculos ideal para o seu grau.

Dessa forma, é muito mais fácil encontrar o óculos perfeito para o seu rosto e de acordo com a sua necessidade.

Receita de óculos tem validade?

Sim, a Receita de óculos tem validade que costuma ser de 6 meses a 1 ano.

Passado esse tempo, uma nova consulta deve ser realizada, segundo o oftalmologista Gustavo Bonfadini do Instituto de Oftalmologia do Rio de Janeiro – IORJ.

Na consulta o oftalmo analisa e leva em consideração as suas necessidades para aquele momento. Ou seja, se você estiver com uma receita ultrapassada, um problema que você tenha agora pode não ser corrigido.

Assim, esse diagnóstico pode não atender mais à sua necessidade e aí uma série de problemas podem aparecer.

Tipos de receitas de óculos

Existem diversos tipos de receitas de óculos, mas o que você precisa saber é que as informações essenciais sempre devem constar nela.

Dessa forma, não imposta o modelo, você sempre irá encontrar a coluna do esférico –  ESF, coluna do cilíndrico – CIL,  o OE (olho esquerdo), OD (olho direito), Eixo, DNP/DP.

Veja a seguir os modelos de receita de óculos mais comuns que recebemos aqui na Lenscope.

Modelo de receita de óculos 1Modelo de receita de óculos 2Modelo de receita de óculos 3Modelo de receita de óculos 5Modelo de receita de óculos 5

Considerações finais

Como você pode ver, é muito importante compreender a receita que o médico oftalmologista nos prescreve, pois é uma maneira de entendermos o que realmente temos e a necessidade para cada problema que possa surgir.

Temos certeza que nas próximas consultas, você já vai sair entendendo tudo o que o seu médico recomendou e saber escolher o seu óculos ideal para o seu tipo de grau, fácil, fácil.

Agora que você sabe ler a receita do seu óculos, veja aqui por que você não deve comprar a armação antes das lentes.

E aí? Conta pra gente se você aprendeu a ler a receita de óculos pra nunca mais vai depender de ninguém. Deixe seu comentário!

Ah, e não se esqueça de manter vista frequente com o seu médico oftalmologista, pelo menos 1 vez por ano.

Se tiver alguma dúvida ou sugestão, deixe nos comentários que logo respondemos!

Источник: https://lenscope.com.br/blog/como-ler-receita-de-oculos/

Entenda sua Receita Médica na Prática – Blog

ENTENDA A RECEITA DOS SEUS ÓCULOS

A tecnologia revolucionou a maneira como compramos nossos óculos de grau e de sol. Ir em óticas físicas é coisa do passado. Agora, você pode fazer tudo do conforto da sua casa, utilizando apenas a internet.

Se você tem a receita do seus óculos fornecida pelo seu oftalmologista em mãos e está tendo dificuldade de entender todos os termos da receita para fazer a compra online, veja neste conteúdo todos os detalhes traduzidos e explicados pelos nossos especialistas!

Os 4 erros refrativos

Primeiro, para você entender quais dos erros refrativos que as lentes dos seus óculos irão consertar, vamos lhe explicar cada um deles.

• Miopia: Ela causa dificuldade de nitidez e a sensação de embaçamento para objetos que estão longe. Quando eles estão próximos, não há dificuldade.

Esse defeito ocular pode ser ou não hereditário e o grau costuma aumentar entre os 21 a 24 anos, que é a idade madura do globo ocular.

A miopia é presentada pelo símbolo negativo no campo Esférico (ESF) da receita. Exemplo Abaixo

• Astigmatismo: O astigmatismo gera falta de nitidez e embaçamento em objetos que estão próximos ou longe, dependendo do tipo de correção necessária. As pessoas podem ser míopes ou hipermetrope e também ter astigmatismo. Na receita, ele estará no campo Cilíndrico (CIL) e pode ser representado pelo sinal positivo ou negativo. Exemplo abaixo

• Hipermetropia: Ela causa dificuldades de enxergar objetos que estão próximos. Os hipermetropes precisam de lentes corretivas para ler um livro, utilizar o computador ou fazer atividades manuais. Na receita, a hipermetropia é representada no campo Esférico (ESF) e com graus positivos. Por exemplo: +1,00, +3,25

• Presbiopia: Esse não é considerado um defeito visual, mas sim um fenômeno natural da visão. Depois dos 40 anos, acontece o envelhecimento do globo ocular, o que ocasiona a dificuldade de focalização no olho. Por isso, as pessoas mais velhas necessitam óculos para ver de perto. Na receita, a Presbiopia é representada pelo símbolo positivo +ADD ou ADIÇÃO na distância PERTO.

Agora que você já conhece as diferenças dos erros refrativos, vamos aprender a entender cada termo da receita de óculos.

Receita de óculos: Tradução dos termos

Se você tem a receita em mãos, verá vários termos que talvez você não compreenda, mas calma, pois nós vamos traduzir isso para você de forma bem fácil:

• OD: Olho Direito;

• OE: Olho Esquerdo;

• Esférico: grau da hipermetropia, ou miopia ou presbiopia;

• Cilíndrico: grau do astigmatismo;

• Eixo: Informa a localização do astigmatismo.

• DP: Distância Pupilar, ou seja, a medida entre uma pupila e outra. Normalmente, o médico não calcula a DP.

Como calcular a sua DP na hora de comprar o seu óculos online

Nós possuímos um sistema automatizado para garantir a medição exata da DP dos nossos clientes. Para que o nosso software possa calcular a distância, você precisará tirar uma foto. Por isso, você irá precisar de um computador com webcam e um cartão de crédito para fazer a medição. Não pode ser feito com o celular.

• Você irá escolher entre as mais de 300 armações que temos disponível e, na hora de nos informar os dados da sua receita médica, você vai clicar em “Calcular minha DP”;

• O site irá perguntar se pode acessar a sua webcam. Você deve permitir esse acesso. A sua webcam será ativada para a foto;

• Pegue o cartão magnético e encoste no seu nariz, sem tapar os seus olhos. Clique em tirar a foto. Selecione onde está o cartão na foto e faça a marcação dos seus olhos.

Clique em “Calcular a Minha DP” e de forma automática o software irá calcular e já incluir esse dado no campo de cálculo.

Agora, pode ficar tranquilo que a sua lente será confeccionada na distância correta. Fácil, não é mesmo?

Ainda tem dúvidas? Preparamos um tutorial passo a passo exclusivo em formato de vídeo para você visualizar melhor todos os passos a serem seguidos. Veja agora, como você efetuará a sua compra segura na ótica online Isabela Dias.

Como comprar óculos de grau online?

É muito fácil e seguro, além de claro, ser muito cômodo para você.

1. Acesse o site da OTICA ONLINE ISABELA DIAS 

2. Escolha entre uma das 300 armações disponíveis no nosso site.

3. Está em dúvida se a armação vai cair bem no formato do seu rosto? Experimente usar o provador on-line que disponibilizamos para nossos clientes. Com essa ferramenta, você pode fazer provar virtualmente todas as armações que temos disponíveis pelo celular ou computador.

4.

Preencha os dados que estão na receita que o seu médico lhe forneceu, agora você já sabe como entender a sua receita, não é mesmo? Mas, se você ainda tiver dúvidas, temos todas as instruções para você preencher os dados de forma correta e com segurança. Se você quiser falar pessoalmente com um dos nossos especialistas, entre em contato com o nosso chat online ou por meio de um dos nossos meios de comunicação.

5. Escolha o tipo de lente. Cada opção tem a sua explicação para você entender e saber qual tipo de lente está adquirindo.

6. Finalize a compra por meio do nosso sistema 100% confiável de pagamento.

7. Aguardar o seu pedido chegar até a sua casa.

Viu só? É tudo muito fácil, prático e 100% online.

Compre agora os seus óculos na ótica Isabela Dias. Nossos produtos tem preço justo, alta qualidade e entregamos excelência na confecção de lentes corretivas. O Brasil inteiro compra óculos na Isabela Dias de forma segura. Receba o seu produto aí na porta da sua casa. Compre hoje mesmo seu óculos de grau novo e enxergue o mundo com “outros olhos”.

Источник: https://blog.oticaisabeladias.com.br/entenda-sua-receita-medica-na-pratica/

Sobre a Medicina
Deixe uma resposta

;-) :| :x :twisted: :smile: :shock: :sad: :roll: :razz: :oops: :o :mrgreen: :lol: :idea: :grin: :evil: :cry: :cool: :arrow: :???: :?: :!: