Leite em pó: Faz mal ou engorda?

Leite em pó engorda ou emagrece? Descubra

Leite em pó: Faz mal ou engorda?

O leite em pó é uma alternativa bastante utilizada pelas famílias. Mas junto com a sua popularidade, ele traz um grande questionamento: será que engorda ou emagrece?

O produto é uma ótima alternativa para quem pretender perder peso. Mas se o leite em pó for consumido do tipo e forma errada, pode ter o efeito reverso.

Veja se o leite em pó favorece para emagrecer ou engordar

Na hora de preparar o leite em pó, geralmente mistura-se algumas colheres do ingrediente em um copo de água. Então, caso não seja adicionado nenhum outro elemento, apenas as calorias do leite em pó serão contabilizadas.

valor calórico do leite em pó é algo que varia de acordo com cada marca e tipo do produto. Aquele que possui uma maior quantidade contém 129 calorias.

Esse valor não chega a equivaler nem 10% do consumo total de calorias que uma pessoa deve ingerir diariamente.

Lembrando que as calorias do leite em pó só terão esse valor caso não sejam adicionados nenhum outro ingrediente na hora do preparo da bebida.

Muitas pessoas costumam misturar o produto com açúcar, achocolatados e outros componentes. Isso, consequentemente, deixará a bebida mais calórica

Mas, caso o indivíduo esteja em processo de emagrecimento e busca manter uma alimentação mais leve e saudável, o mais indicado é que o leite em pó apareça na dieta mas de forma bastante moderada e no tipo certo.

Tipos: Leite integral x leite desnatado

A composição do leite integral e do desnatado é a mesma, o que muda é a quantidade de gorduras saturadas e insaturadas presentes em cada um deles.

gorduras saturadas são aquelas que o corpo absorve com mais facilidade, causando ganho de peso e podendo entupir veias ou artérias, possivelmente provocando diversos danos à saúde e problemas relacionados à obesidade.

Quem procura ter uma alimentação mais leve ou pretende emagrecer ou até mesmo manter o peso, deve consumir leite desnatado, que está livre de quase todas essas gorduras.

Entretanto, um estudo realizado pela Universidade de Campinas (Unicamp) enxerga o leite desnatado como um tipo de “vilão”. Isso acontece devido à ausência de nutrientes importantes, como o ômega-3.

Outra pesquisa realizada pela mesma universidade revela que o leite integral é um ótimo aliado para quem pretende perder peso. Isso acontece devido à composição dele que traz a “gordura boa” que ajudam a evitar que novas gorduras seja absorvidas pelo organismo e ainda ajudam a queimar as já existentes.

O leite integral é o mais calórico de todos, chegando a conter 3% de gordura e quase 60 calorias a cada 100g do produto.

Pessoas intolerantes à lactose podem consumir leite em pó?

Estudo divulgado pela Agência Brasil aponta que 50 e 80% da população brasileira têm algum tipo de intolerância à lactose.

O leite em pó nada mais é do que o leite desidratado, que contém uma longevidade mais estendida que o produto líquido. A especialista Jocemara Gurmini comenta que quem possui alergia ao leite da vaca deve ter cuidado com os rótulos.

“O leite pode vir com outro nome, como: leite em pó, leite desnatado, leite fluído, composto lácteo, caseína, caseinato, lactoalbumina, lactoglobulina, lactulose, lactose, proteínas do soro, soro de leite, whey protein.

Na alergia ao leite não consuma alimentos que contenham queijo, iogurte, manteiga, creme de leite, leite integral, leite desnatado, leite em pó, leite condensado, produtos preparados com leite e com derivados.

Também evite produtos com aroma de queijo, sabor artificial de manteiga, sabor caramelo, sabor creme de coco, sabor de açúcar queimado”, revelou a profissional em entrevista publicada pela Agência Brasil.

Quem possui intolerância à lactose não precisa dispensar o consumo do leite em pó. Existem no mercado diversas marcas do produto específico para quem apresenta o problema.

Alimentos que podem ser feitos com leite em pó

Alimentos que contêm leite como ingrediente podem facilmente serem substituídas pelo leite em pó diluído em água.

O leite em pó pode ser usado em receitas como:

  • bolo;
  • docinhos;
  • açaí;
  • sorvete;
  • vitaminas;
  • salada de frutas;
  • massa de pizza;
  • sucos;
  • cappuccino;
  • purê;
  • papas;
  • molho branco para temperar carnes e massas;
  • pudim;
  • outras sobremesas.

Alternativas

Uma forma de suprir a falta de nutrientes que o leite desnatado apresenta é adicionar à dieta alimentos ricos em ômega 3, como o salmão.

Outra maneira é antes de comprar o produto olhar nos ingredientes se o leite, seja ele em pó ou o convencional, contém ou não o nutriente.

É importante também procurar consumir alimentos ricos em proteínas e ácidos graxos, devido à ausência do CLA (ácido linoléico conjugado).

Para conseguir obter as proteínas e demais nutrientes de maneira correta, independente do consumo de leite em pó ou não, procure sempre a orientação de um nutricionista.

Ele pode orientar com mais propriedade como deve ser feita as substituições.

Fonte : Site Remédio Caseiro

Источник: https://www.natuvita.com.br/noticias/leite-em-po-engorda-ou-emagrece-descubra

Leite de soja: faz bem ou mal afinal?

Leite em pó: Faz mal ou engorda?

A indústria alimentícia, com a ajuda do marketing, conseguiu construir imagens impressionantes acerca de produtos com a promessa de serem saudáveis, mas que na verdade não tem nada de saudável. Aproveito hoje pra esclarecer sobre o leite de soja: faz bem ou mal afinal?

Sobre o leite de soja

Infelizmente em muitos produtos, como o leite de soja, o “saudável” e “natural” não vão além dos rótulos e das embalagens.

Muitos produtos são fortemente modificados em sua composição final para atender predicados mínimos de saúde, esse foi o caso do leite de soja. Mas esses predicados vem sofrendo alterações conforme são descobertas suas insuficiências e potencialidades tóxicas na saúde das pessoas.

O leite de soja, seja na formulação em pó ou líquida, jamais é pura soja, pois isso seria muito prejudicial para a saúde.

Sobre a soja

Se for considerar a soja como alimento, ela até tem um composto de proteína bom.

Isolando apenas a proteína da soja, é uma das proteínas mais completas, mas apenas isolada, o resto não serve para a gente! Tomar um shake de proteína isolada de soja, não é problema.

Mas comer a soja é muito ruim. E não falo isso apenas por ser transgênica. Falo isso por outros grandes motivos.

Sobre os transgênicos aconselho a procurar no Netflix o documentário chamado GMO que desenvolve muito bem essa questão

Acredito que o pior da soja seja a presença dos fitoestrógenos, que são substâncias semelhantes aos hormônios femininos que estão contidos na soja. Os três primeiros problemas relatados abaixo estão relacionados com este problema hormonal que a soja e o leite de soja podem trazer.

Para mais informações sobre soja assista o meu vídeo sobre o consumo de soja transgênica e o câncer aqui.

O leite de soja e a osteoporose

Infelizmente o leite de soja tem sido indicado, por exemplo, para mulheres na menopausa pelo seu efeito estrogênico. Mas isso pode ser um terrível problema para o desenvolvimento normal dos ossos, levando estas mulheres à osteoporose, e sem alcançar os benefícios esperados do leite de soja.

Sabe-se que mulheres na menopausa precisam de boas quantidades de Cálcio, aprenda quais são os alimentos ricos em Cálcio no post anterior do meu blog clicando aqui.

A libido e o leite de soja

A soja é rica em isoflavonas, elas tem atividade biológica similar aos estrogênios. Estes agentes estrogênicos presentes nas plantas inibem a reprodução e corrompem lentamente a saúde de quem os consome.

A soja era utilizada para eliminar a libido de monges, isto é um fato histórico.

Estas isoflavonas presentes nos produtos com soja causam alterações nas funções das glândulas sexuais, no sistema nervoso, na tireoide e nos padrões de comportamento.

Um perigo para as crianças

De acordo com alguns autores, a alimentação baseada em soja nas lactantes oferece quantias similares a cinco pílulas anticoncepcionais por dia.

Isso pode ser extremamente prejudicial aos meninos, por exemplo, que precisam da ação da testosterona nos primeiros meses de vida.

A alimentação com soja pode ser responsável pelo aumento da puberdade precoce nas meninas, e no baixo desenvolvimento físico e sexual nos meninos.

Composição perigosa

O leite de soja contém HFCS, o xarope de milho, grande responsável pela epidemia de obesidade do mundo moderno. O leite de soja tem 0% de colesterol.

Só que o colesterol está sendo dismistificado, e é fundamental para o desenvolvimento do sistema nervoso central. As fórmulas baseadas em soja não possuem vitaminas lipossolúveis como A, D, E e K, vitaminas estas que são fundamentais para o bom funcionamento do organismo.

A deficiência destas vitaminas pode causar anemia hemolítica, distúrbios neurológicos e inflamações periféricas nos ossos.

Excesso de Manganês

Outro grave problema do leite de soja é o excesso de Manganês. Este mineral está presente no grão de soja em concentrações 30 vezes maiores do que do leite humano.

 O excesso de manganês pode estar associado a dificuldades de aprendizado, déficit de atenção e distúrbios de comportamento como agressividade.

 Não me espanta os aumentos de casos de crianças desenvolvendo TDAH, o conhecido Déficit de Atenção e Hiperatividade.

Mais venenos

No leite de soja ainda existem os agentes goitogênicos, que podem estar associados a doenças autoimunes que afetam a glândula tireoide.

O processo industrial pode gerar a lisinoalanina, que é tóxico, e nitrosaminas, que comprovadamente causam câncer.

Taxas elevadas de alumínio e a probabilidade da produção de ácido glutâmico, que é tóxico para o cérebro, também estão ligadas ao consumo regular do leite de soja.

Alergias e infecções

Saiba que o leite de soja não deve ser usado em crianças alérgicas ao leite de vaca, e isso se sabe desde 1930. Os produtos à base de soja são reconhecidamente causadores de alergias.

Crianças alérgicas ao leite de vaca também serão alérgicas ao leite de soja, o produto não deve ser receitado como profilaxia para quadros alérgicos, é um perigo pois a alergia pode piorar. E proteína da soja é alergênica por si própria.

As fórmulas de soja reduzem as imunoglobulinas e proporcionam mais infecções nas crianças. Pesquisas mostram que bebês alimentados com soja possuem deficiência na resposta imunológica às vacinas. Os autores desta pesquisa alertam que proteínas vegetais nunca deveriam ser oferecidas às crianças nos primeiros meses.

Consciência e conhecimento

Ainda assim existem médicos indicando publicamente a ingestão de leite de soja para todas as idades. Acredito que uma das maiores virtudes do homem é a humildade. Quem indica a ingestão de soja infelizmente precisa rever seus conceitos e atualizar o conhecimento.

Contra fatos, não há argumentos. Pense bem antes de submeter seu corpo a estes alimentos, e pense ainda melhor caso tenha filhos!

Como sempre, espero ter ajudado.

Victor Sorrentino

Источник: https://drvictorsorrentino.com.br/leite-de-soja/

Leite Engorda ou Emagrece? O Grande Perigo!

Leite em pó: Faz mal ou engorda?

Quero conversar com você, neste artigo, sobre o leite e as complicações do seu uso na alimentação do dia a dia.

É de senso comum ou seja, a maioria das pessoas pensam que o consumo de leite é saudável para a saúde.

Quando alguma paciente ou aluna do Treinamento “Viver Magra em 7 Semanas”  me pergunta: Dr. Rocha, leite de vaca é saudável para a saúde? O Leite Engorda ou Emagrece?

Eu geralmente brinco com elas dizendo que é saudável sim, mas só se você for um bezerro, rs! 

Deixando o bom humor um pouco de lado, assim como o leite materno é saudável para o bebê, o leite de vaca é saudável para os bezerros. Nossa genética não está adaptada para o consumo de leite de vaca, que gera uma série de problemas de saúde na atualidade.

E é interessante porque o marketing  da indústria coloca o leite como um alimento saudável e nutritivo e você que é leitora do blog já sabe qual é a única preocupação da indústria de alimentos: LUCRO. A verdade é que leite faz mal!

E o que será que os estudos de elevado nível de evidência científica nos dizem a respeito do consumo de leite de vaca para a saúde humana?

Um estudo recente feito por dois cientistas da Universidade de Harvard, nos mostra que os benefícios atribuídos ao leite de vaca como ossos mais fortes (devido ao cálcio presente no leite) é completamente falso.

Sabe-se hoje que o consumo de leite pode levar a ossos mais frágeis que aumenta o risco de fraturas em crianças, adultos e idosos.

Pode ainda aumentar o risco de câncer, além de engordar, pois o leite é rico em lactose, um açúcar que além de elevar a insulina no sangue, leva a uma série de problemas a muitas crianças e adultos, como intolerância à lactose, podendo levar a diarreia, cólicas, inflamação intestinal (falo mais sobre como melhorar a saúde do seu intestino neste artigo,
leia), conforme o grau de intolerância.

O Leite e seu Grande Mal

E como se não bastasse, o consumo regular de leite pode levar a outros problemas como sangramento intestinal em crianças, podendo levar à anemia e deficiência de ferro.

E pode muitas vezes ser um sangramento discreto que pode não aparecer nas fezes. O leite também pode aumentar a incidência de acne (espinhas), enxaqueca, asma, alergias diversas e eczemas (uma alteração na pele). 

Um estudo recente mostrou que o consumo esporádico de leite de vaca (cerca de duas vezes por semana) aumenta o risco de se desenvolver diabetes tipo 2 em 33%.

Já se esse consumo for regular (cerca de cinco vezes por semana), o risco de você desenvolver diabetes tipo 2 sobe para 66%. Um número assustador não é mesmo? Poucas pessoas na realidade imaginam que o leite não faz bem, pelo contrário, faz mal.

No vídeo abaixo eu compartilho mais algumas informações sobre essa bebida calórica, que pode não ajudar e até impedir que você emagreça.

Nessa pequena apresentação eu falo sobre:

  • Como o leite faz mal;
  • Hormônios presentes no leite;
  • Porque deve-se evitar;
  • Alternativas de bebidas.

Leite Desnatado Engorda?

O consumo de leite desnatado ou light é ainda pior do que do leite integral, pois é retirada a gordura natural do leite e adicionado açucares disfarçados que engordam e te deixam rapidamente com fome, pois não há saciedade sem gordura e isso favorece o consumo de carboidratos refinados (pães, massas, doces), dificultando e até impedindo você de desfrutar de um emagrecimento saudável e sustentável. 

Outro grave problema é a quantidade de hormônios presentes no leite de vaca.

Você tem noção de quantos hormônios você está ingerindo quando toma um copo de leite?

Cerca de 60 tipos diferentes de hormônios! Isso acontece porque as vacas que produzem leite geralmente estão grávidas, e essa quantidade enorme de hormônios irá com certeza desregular o seu metabolismo hormonal.

Fora os antibióticos que essas pobres vaquinhas tomam, pois geralmente estão com as tetas inflamadas de tanta ordenha, o que causa infecções e os produtores usam diversos antibióticos nelas, pois a produção de leite não pode parar.

Se o que você realmente almeja é o seu emagrecimento saudável, sem todo o sofrimento com academia e sem precisar tomar pílulasmilagrosas que na verdade não dão resultado, eu aconselho que você comece AGORA o Treinamento Viver Magra em 7 semanas.

Nesse treinamento completo, eu conto quais alimentos popularmente tidos como saudáveis, como o leite, na verdade só engorda você e provocam várias doenças terríveis. É um método totalmente alinhado com a boa ciência com estudos de elevado nível de evidência científica. Eu garanto que você terá resultado impressionantes.

Clique no botão abaixo para receber o conteúdo e, assim, finalmente emagrecer de verdade e ter o corpo que você sempre sonhou. Sem mágica, sem truques e de forma 100% saudável.

Perguntas Constantes

Preparei uma lista com as dúvidas mais frequentes em meu e-mail, além de responder a todas, caso a lista abaixo não tire suas dúvidas, deixe sua pergunta nos comentários abaixo, veja:

– Todos os leites fazem mal e engordam, ou existe algum que é saudável ao corpo humano (exceto o materno)?
Com exceção do leite materno, os leites podem representar uma série de problemas para humanos de diversas idades. Já os laticínios (coalhada, queijos e iogurte natural) quando de boa origem são opções saudáveis para a maioria das pessoas de todas as idades.

 – Por quais tipos de bebidas posso substituir o Leite na minha alimentação?
Sucos de frutas vermelhas e limão, e fermentados de leites naturais como iogurte natural e coalhada.

– E o Leite semidesnatado, possui muito açúcar também?
Sim, possui muita lactose que é o açúcar do leite.

– O que acontece com nosso corpo se tivermos o metabolismo hormonal desregulado/alterado?
O corpo com o metabolismo desregulado fica inflamado e desenvolve resistência à insulina, engordando e podendo causar diabetes, pressão alta etc.

– O leite pode causar vários problemas, citados no texto, mas quando estes problemas irão aparecer? Os mesmo são a curto ou a longo prazo?
Os problemas geralmente aparecem a médio e longo prazo (alguns anos), variando de acordo com o metabolismo da pessoa, tendendo a piorar com a idade.

Conclusão: Leite engorda e faz Mal!

A grande resposta é SIM, o leite engorda e faz mal. E ainda tem mais, porém pra não deixar o artigo muito extenso eu vou ficando por aqui e mais adiante vou escrever outro artigo sobre esse assunto tão importante.

Lembrando que para mais detalhes sobre este assunto e também para saber quais alimentos tidos como “saudáveis” na verdade só nos fazem mal e quais são os verdadeiros alimentos aliados do seu emagrecimento, eu indico o Treinamento Viver Magra. Vamos começar?

Pra finalizar, entenda que leite de vaca não é bom para a sua saúde, causa uma série de problemas como você viu ao longo desse artigo.

Prefira o consumo de derivados do leite como queijos, iogurte natural, coalhada e kefir.

Procure também saber a procedência desses laticínios que você irá consumir evitando os mais industrializados e dando preferência aos laticínios orgânicos.

Gostou do artigo?

Então curta e compartilhe essa preciosa informação com seus amigos e amigas.

O que precisamos é de pessoas bem informadas, somente assim teremos um mundo melhor.

E conto com você para compartilhar esse artigo com o maior número de pessoas que você puder.

Está em suas mãos! Faça Acontecer!

Um forte abraço e até o próximo artigo!

Источник: https://drrocha.com.br/leite-engorda-ou-emagrece-e-o-grande-perigo/

Leite em Pó Engorda?

Leite em pó: Faz mal ou engorda?

O leite em pó é uma versão desidratada do leite tradicional, que passa por uma máquina que retira a sua água, fazendo com que ela se torne uma pasta, e é borrifado no formato de gotículas em um equipamento com ar quente e seco até que ganhe a forma de pó.

  Continua Depois da Publicidade  

Como o líquido do leite não é submetido a altas temperaturas, a perda de nutrientes é minimizada. Além disso, todo esse processo faz com que o produto passe a durar mais tempo.

O leite líquido dura até três dias dentro da geladeira, enquanto o leite em pó pode durar até um mês depois de ser aberto.

Além de ser diluído em água para que o consumidor possa beber o leite, o ingrediente também é utilizado em uma série de receitas como balas, bolos, pudins, brigadeiros, tortas e milkshakes, além de servir como acompanhamento do açaí, por exemplo.

Mas será que o leite em pó engorda?

Para entendermos se o leite em pó engorda, precisamos conhecer a quantidade de calorias que são encontradas no produto. A tabela a seguir apresenta a quantidade de calorias encontradas em diferentes versões e marcas do leite em pó. Confira:

Tipo de leite em póCalorias por porção
Leite em pó semidesnatado Glória107 calorias a cada duas colheres de sopa
Leite em pó desnatado Italac72 calorias a cada duas colheres de sopa
Leite em pó integral Elegê129 calorias a cada duas colheres de sopa
Leite em pó zero lactose Molico89 calorias a cada duas colheres de sopa
Leite em pó integral fortificado Ninho Nestlé130 calorias a cada duas colheres de sopa

Geralmente mistura-se duas colheres de sopa do leite em pó em um copo de água, quando estamos falando do consumo do produto na forma de leite. Partindo do princípio de que a água não possui calorias, se não houver o acréscimo de nenhum outro ingrediente, os valores da tabela acima nos mostram que o resultado não será uma bebida tão calórica.

O mais alto delas é o de 129 calorias, o que não corresponde nem a 10% do consumo total de calorias de uma pessoa que ingere 2 mil calorias diariamente. Portanto, a partir do ponto de vista calórico, podemos concluir que o leite em pó pode aparecer na dieta de emagrecimento ou manutenção de peso, desde que isso aconteça de maneira moderada, obviamente.

Se o caso for o de um programa alimentar que visa a diminuição do consumo de calorias para emagrecer, de acordo com os dados da tabela, podemos entender que a versão do leite em pó que se mostra mais vantajosa neste sentido é o desnatado.

Os acompanhamentos do leite em pó

Ainda tratando a respeito das calorias para analisar se o leite em pó engorda, não podemos deixar de falar a respeito do valor calórico dos acompanhamentos que costumam ser consumidos juntamente com ele. É importante lembrar que a adição desses ingredientes também provocará o aumento das calorias do produto.

Por exemplo, se a pessoa adicionar três colheres de chá de açúcar, a bebida terá um acréscimo de 48 calorias. Já se a escolha for por duas colheres de sopa de um achocolatado em pó como Nescau ou Toddy, essa adição será de 75 calorias a 80 calorias.

  Continua Depois da Publicidade  

Há ainda que se falar quando o leite em pó é utilizado no preparo de receitas de doces, em que o teor total de açúcar costuma ser alto – isso porque muito açúcar na dieta está associado à elevação do peso.

O especialista em fígado, doutor Juan Gallegos, explicou que quando há o consumo de muito açúcar, todo esse açúcar precisa ser armazenado em algum lugar.

Conforme o especialista, ele vai parar dentro das células de gordura. Gallegos esclareceu que depois que o açúcar em excesso é ingerido e entra no organismo, ele vai parar na corrente sanguínea.

Quando o pâncreas percebe que os níveis de açúcar no sangue estão muito elevados, secreta o hormônio insulina, que faz com o açúcar parta para algumas células, principalmente as do fígado e as musculares, para que ele seja utilizado como energia, completou o especialista.

Gallegos ainda ressaltou que se essa energia em excesso não é utilizada, ela precisa ser armazenada em algum lugar. Segundo ele, se o açúcar no sangue elevado não é utilizado de alguma maneira, ele acaba sendo transformado em depósitos de gordura no corpo.

O especialista afirmou também que quando o fígado está sobrecarregado pelo excesso de açúcar, ocorre o acúmulo de gordura nas células hepáticas enquanto elas tentam adaptar-se a toda essa gordura extra que está chegando ao organismo. De acordo com ele, esse processo está associado não somente a problemas com o peso, mas também à diabetes e à doença hepática gordurosa.

O que esses dados nos mostram? Que a ideia que o leite de pó engorda ou emagrece pode ser verdade ou mentira conforme a forma em que ele é utilizado, de acordo com o tamanho das porções e com os ingredientes que o acompanham.

É importante lembrar ainda que não é um único alimento da dieta que engorda ou emagrece, mas toda a alimentação, além do estilo de vida da pessoa, que determinam o seu peso no final das contas.

Além disso, quer o desejo seja emagrecer, quer a vontade seja engordar, é preciso certificar-se de que a dieta esteja saudável, fornecendo os nutrientes e a energia que o organismo necessita para funcionar bem, de modo que o corpo não seja prejudicado.

  Continua Depois da Publicidade  

O leite em pó faz mal?

A nutricionista Monica Reinagel explicou que durante o processo de transformação do leite fresco em leite em pó, é provável que o colesterol do leite seja oxidado.

Isso dá origem ao colesterol oxidado que, de acordo com Reinagel, aparenta ser um tipo particularmente perigoso de colesterol. Segundo a nutricionista, trata-se de uma forma de colesterol que tem irregularidades em suas bordas, o que faz com que ele cause irritação aos vasos sanguíneos.

Reinagel esclareceu que essa irritação é o que desencadeia a formação de placa que, por sua vez, é o começo do desenvolvimento da doença cardíaca. Para piorar a situação, a nutricionista explicou que o colesterol oxidado ainda pode oxidar outros tipos de colesterol.

Ela falou ainda que é bom evitar alimentos que contenham o colesterol oxidado em sua composição, porém, também explicou que o leite em pó desnatado não carrega uma quantidade significativa de colesterol oxidado, tendo em vista que ele tem menos colesterol.

De acordo com Reinagel, no caso do leite em pó integral, a preocupação nesse sentido é maior já que ele carrega uma quantia maior de colesterol. Entretanto, ela afirmou que a maior preocupação em relação ao colesterol oxidado refere-se ao ovo em pó, tendo visto que os ovos carregam uma quantidade elevada de colesterol.

O leite em pó possui praticamente os mesmos nutrientes do leite convencional, portanto, traz os mesmos benefícios que ele. Porém, a versão em pó do leite recebe o acréscimo de aditivos para ter a sua durabilidade aumentada e para fazer com que ele fique com o aspecto de leite.

Além disso, o leite em pó faz mal para as pessoas que sofrem com a intolerância à lactose. Isso porque quem tem a condição sofre com problemas como náuseas, diarreia, excesso de gases e dor de estômago ao consumir alimentos com lactose, segundo informou a Empresa Brasil de Comunicação (EBC).

Você já tinha ouvido falar que o leite em pó engorda, dependendo dos acompanhamentos e versões que forem ingeridas? Costuma consumi-lo de que forma? Comente abaixo!

(42 votos, média: 3,81 de 5)
Loading…

Источник: https://www.mundoboaforma.com.br/leite-em-po-engorda/

Leite engorda?

Leite em pó: Faz mal ou engorda?

O leite é um dos alimentos que gera mais polêmicas e dúvidas e quando o assunto é emagrecimento não é diferente.

O leite emagrece ou engorda? Uma dieta sem lactoseemagrece? A lactose engorda ou existem outros compostos presentes no leite que provocam ganho de peso?  A dieta do leite emagrece? Qual o melhor leite para consumir na dieta: leite integral ou desnatado? Tire toda as suas dúvidas aqui!

Tipos de leite

  • Leite integral: é o leite que apresenta maior teor de gordura (3,5% de gordura), pois mantém toda a gordura presente naturalmente no leite.
  • Leite desnatado: também chamado de leite magro, é aquele que passa por um processo de centrifugação para retirar a gordura (nata).

    Contém 1% de gordura e teor de proteínas e carboidratos similar ao leite integral, diferenciando-se apenas pelo menor teor de gordura, que também resulta em um produto com menos calorias.

  • Leite semidesnatado: é um intermediário entre o leite desnatado e o leite integral, apresentando 2% de gorduras, pois também passa por centrifugação para retirar parte da gordura.
  • Leite em pó: é o leite que foi desidratado, processo que retira toda a água para aumentar a durabilidade do produto.

    Seu teor de gordura pode variar de acordo com o leite líquido que foi utilizado, sendo assim, o leite em pó desnatado é feito com o leite líquido magro e apresenta teor de gordura menor. Se for diluído em água e consumido como o leite líquido tem quantidade de calorias e poder engordativo similar.

    No entanto, dependendo de como for consumido, o leite em pó engorda, já que é um produto mais concentrado.

Todos os leites contêm lactose, seja integral ou desnatado, líquido ou em pó. O leite sem lactose passa por um outro processo, que quebra o açúcar do leite para facilitar sua digestão.

Leite integral X leite desnatado

Muita gente evita o leite rico em gordura por pensar que o leite integral engorda. No entanto, atualmente, sabe-se que a gordura não é a maior vilã da dieta e não deve ser excluída da alimentação, mesmo por quem quer emagrecer.

Inclusive, existem muitas dietas de emagrecimento que priorizam alto consumo de gorduras, reduzindo o consumo de carboidratos que, em excesso, aumentam a formação do tecido adiposo. É o caso da dieta LCHF (low carb hi fat).

Portanto, mesmo que apresente menor teor de gordura e calorias, assim como o leite integral, o leite desnatado engorda, se consumido em uma dieta desequilibrada.

No quadro abaixo, é possível comparar as calorias do leite integral e desnatado, bem como a quantidade de nutrientes. Confira:

Fonte: PHILIPPI, 2001.

Lactose engorda?

A lactose é um carboidrato composto por dois outros carboidratos mais simples: a glicose e a galactose.

Para ser absorvida, a lactose precisa ser digerida, o que significa sofrer ação da enzima lactase para ser transformada nos carboidratos menores que podem ser absorvidos.

A lactose não engorda, no entanto, muitas pessoas não possuem mais produção da enzima lactase ou não possuem quantidades suficientes da enzima para digerir a lactose presente nos alimentos, tornando-se intolerante.

Para quem não tem intolerância à lactose, de nada adianta seguir uma dieta sem lactose à base de leites e queijo sem lactose. O leite sem lactose engorda até mais do que o leite normal, já que o seu índice glicêmico é mais alto.

O leite sem lactose é um leite de vaca cuja lactose já foi previamente digerida por enzimas lactase. Assim, é um leite com galactose e sacarose, açúcares simples que são absorvidos mais rapidamente, e não com lactose, que demora mais para ser absorvida, pois tem um passo a mais na digestão.

  Portanto, o leite sem lactose não traz benefícios algum e só deve ser consumido por intolerantes à lactose que desejam manter o leite de vaca na dieta.

Afinal, o leite engorda ou emagrece?

O leite é um alimento fonte de proteínas que dão saciedade e ajudam a aumentar a massa magra. Também é rico em cálcio, nutriente que está relacionado com o emagrecimento, já que a falta do mineral aumenta a produção de insulina e inibe a queima de gorduras, aumentando o tecido adiposo.

Pensando por este lado, o consumo de leite pode contribuir para obter doses adequadas de proteínas e cálcio ao longo do dia, promovendo o aumento da queima de gorduras e emagrecimento.

Vale lembrar que o consumo de leite e derivados não é fonte exclusiva de cálcio, que também é encontrado no gergelim e vegetais verde-escuros com boa disponibilidade.

No entanto, um estudo publicado em 2015 no The American Journal Of Clinical Nutrition¸ que avaliou mais de 97 mil dinamarqueses para testar a hipótese de que o alto consumo de leite reduziria as chances de desenvolver sobrepeso ou obesidade, demonstrou que não há qualquer efeito do leite na prevenção do ganho de peso. Os resultados do grupo que não consumia leite foram similares aos dos grupos que consumiam leite moderadamente (1 copo por dia) ou tinham alto consumo (5 copos de leite por dia).

Por outro lado, o leite contém alto teor de leucina, um aminoácido que estimula a liberação de insulina (assim como os carboidratos), podendo ser prejudicial para o processo de emagrecimento. Além disso, o leite possui uma proteína chamada betalactoglobulina, que o organismo humano não é capaz de digerir.

Sendo assim, o consumo em excesso de leites e derivados pode desencadear processos alérgicos e inflamatórios, podendo contribuir para o excesso de peso, que é uma condição de inflamação crônica.

O consumo de leite e derivados, com exceção do iogurte que apresenta efeito probiótico, também não é indicado em muitas dietas anticelulite por conta do seu alto poder inflamatório.

SAIBA MAIS
+CONHEÇA OS BENEFÍCIOS E MALEFÍCIOS DO LEITE

Derivados do leite no emagrecimento

Assim como o leite, os produtos derivados do leite, como queijos e iogurtes são ricos em cálcio, o que é positivo para o emagrecimento, além apresentarem a proteína betalactoglobulina e o aminoácido leucina que, como descrito acima, podem atrapalhar o processo de emagrecimento.

Iogurte engorda?

O iogurte natural, sem adição de açúcar e aditivos químicos, é uma boa fonte de proteínas e tem ação probiótica, já que promove o aumento de bactérias boas no intestino, fator que é positivo para o emagrecimento.

Whey protein engorda?

O whey protein é um suplemento proteico retirado do soro do leite que ajuda a complementar as proteínas da dieta de forma eficiente e prática.

Se inserido de forma adequada na dieta, pode contribuir para o emagrecimento, ajudando no ganho de massa magra, além de trazer mais saciedade.

No entanto, por possuir proteínas alergênicas, não é indicado para pessoas sensíveis, podendo ser substituído por suplementos de proteínas vegetais.

Queijo engorda?

Com exceção da ricota e do queijo cottage, todos os queijos são ricos em gordura, até mesmo o queijo branco, que possui teor de gordura similar aos queijos amarelos. A ricota e o queijo cottage são opções que apresentam alto teor de proteínas e baixo teor de gorduras, sendo os mais indicados em dietas de emagrecimento.

VEJA TAMBÉM
+QUEIJOS: BENEFÍCIOS E DIFERENÇAS ENTRE SEUS TIPOS

Vale lembrar que cada organismo possui uma individualidade e, por isso, as pessoas podem ter resultados diferentes com a mesma dieta. Portanto, é indicado antes de seguir qualquer dieta, buscar orientações com um nutricionista que irá avaliar o plano alimentar mais indicado para cada caso.

Источник: https://natuelife.natue.com.br/leite-engorda.html

Sobre a Medicina
Deixe uma resposta

;-) :| :x :twisted: :smile: :shock: :sad: :roll: :razz: :oops: :o :mrgreen: :lol: :idea: :grin: :evil: :cry: :cool: :arrow: :???: :?: :!: