O que é e quais os benefícios da Hidroterapia

Fique por dentro dos maiores benefícios da hidroterapia para idosos – Blog

O que é e quais os benefícios da Hidroterapia

Você já ouviu falar dos benefícios da hidroterapia para idosos? A maioria das pessoas acha que essa prática está relacionada à hidroginástica, mas a verdade é que são atividades bem diferentes.

A hidroterapia, também chamada de fisioterapia aquática, é uma atividade com fins terapêuticos, feita por meio de exercícios físicos específicos em piscinas aquecidas. Ideal para pessoas que têm algum tipo de disfunção ortopédica, respiratória, vascular, neurológica, pós-cirúrgicas ou traumas, a hidroterapia ajuda na respiração, no relaxamento e no fortalecimento muscular.

A hidroginástica, por sua vez, é uma atividade física em que o objetivo é o fortalecimento muscular e a melhora do condicionamento físico de maneira geral. Apesar de distintas, as duas práticas podem ser associadas para um melhor resultado.

Neste post, você vai saber mais sobre a hidroterapia para idosos e sua importância para quem já está na terceira idade. Continue a leitura!

O que é, como é feita e para quem é indicada a hidroterapia?

Os exercícios de hidroterapia são feitos em piscinas aquecidas e conduzidos por um fisioterapeuta. Para tanto, pode-se usar equipamentos e outros utensílios, como pesos e boias. Somente esse profissional poderá auxiliar os pacientes na realização das atividades e orientá-los sobre as melhores opções de tratamento e reabilitação motora.

Por meio dos exercícios realizados na água aquecida, é possível reduzir a carga provocada pelas atividades e pelo peso do corpo sobre os ossos e articulações, permitindo o relaxamento dos músculos, assim como o alívio das dores. Em resumo, a hidroterapia é indicada para os idosos que precisam:

  • fortalecer os músculos;
  • aliviar dores musculares ou das articulações;
  • diminuir problemas de postura;
  • reabilitação pré e pós-cirúrgica;
  • estimular a autoconfiança e a independência;
  • aumentar a circulação periférica;
  • reduzir estresse e ansiedade;
  • facilitar a marcha e a corrida;
  • melhorar a coordenação motora e o equilíbrio;
  • diminuir os distúrbios do sono, como a insônia;
  • reduzir possíveis edemas causados por diversas doenças;
  • melhorar a respiração, pelo aumento da capacidade respiratória;
  • aumentar a amplitude das articulações.

Como é possível ver, a hidroterapia promove a qualidade de vida e contribui para o bem-estar das pessoas com mais idade. Isso porque, ao longo dos anos, há um desgaste natural dos componentes das articulações, dos ossos e dos músculos.

Além dos idosos, você sabia que as gestantes também podem aproveitar bastante a hidroterapia? Como o corpo da mulher passa por muitas mudanças físicas, também pode ocorrer sobrecarga das articulações e da coluna. Dessa forma, os exercícios na água são bastante úteis para movimentar o corpo da grávida sem causar prejuízos ao bebê!

Quais são os benefícios dessa prática?

Nos tópicos anteriores, já explicamos algumas vantagens da hidroterapia na terceira idade, mas, a seguir, você vai conhecer outros benefícios com mais detalhes. Acompanhe.

Estimula o convívio social

Com o passar do tempo, é natural que pessoas com mais idade possam se sentir sozinhas ou isoladas. Em casos mais sérios, ansiedade e depressão podem ser desenvolvidas em decorrência desses sentimentos. Socializar e conviver com outras pessoas da mesma idade são práticas que mantêm longe as energias negativas.

Como a hidroterapia é feita em grupo, essa é uma ótima forma de conversar, se distrair, fazer amigos e compartilhar experiências. Afinal, conviver com outras pessoas faz bem em todas as idades, não é mesmo? Para os idosos, atividades em grupo são ainda mais importantes no dia a dia, pois ajudam a manter corpo e mente ativos.

Fortalece músculos e articulações

A fisioterapia na água, como explicamos no início deste post, pode trabalhar um grupo muscular que precisa de reabilitação ou até mesmo o corpo todo. Sendo assim, o fisioterapeuta estabelecerá uma série de exercícios específicos ou gerais, de acordo com o objetivo e as necessidades do paciente.

O fortalecimento dos músculos e a estabilização das articulações são essenciais para os idosos, pois, além de contribuírem para a autonomia da pessoa no dia a dia, também ajudam na prevenção de quedas e fraturas.

Auxilia na circulação vascular

Os movimentos que a água faz durante os exercícios na hidroterapia simulam uma massagem terapêutica, o que age como uma drenagem no corpo. Dessa forma, há eliminação mais eficaz de toxinas e outros líquidos acumulados no organismo, que podem ajudar para o aparecimento de edemas e varizes.

Melhora a energia, o humor e o sono

A hidroterapia, assim como a prática de qualquer exercício físico, trabalha com movimentos, liberação de energia e pontos de tensão. E não estamos falando somente do movimento em si!

As atividades físicas são capazes de liberar neurotransmissores responsáveis pela sensação de bem-estar e disposição. Além disso, também são liberados hormônios que causam a sensação de felicidade, melhorando o humor.

Outro benefício da fisioterapia na água é a redução de dores nas costas, cansaço e prisão de ventre, que podem ser bastante comuns nos idosos. Com tudo isso, o bom humor e a qualidade do sono são garantidos!

Quais cuidados devem ser tomados antes de iniciar a hidroterapia?

Pessoas com problemas de pele e nas unhas, como micoses, não devem se submeter à hidroterapia antes de realizar o tratamento das lesões. Isso porque a água pode prejudicar esses quadros e, como a piscina é de uso comum, há risco de contaminação para outras pessoas. O mesmo é válido para outras doenças de pele e machucados.

Cada pessoa apresenta uma limitação e necessidade, por isso, é importante saber que a hidroterapia só deve ser indicada por um profissional da saúde. Para avaliar a aptidão física do paciente, o fisioterapeuta realiza exames físicos próprios e também pede exames clínicos específicos, como o eletrocardiograma.

Depois de ser “liberada”, é interessante buscar locais de confiança e que ofereçam a hidroterapia especialmente para idosos. É imprescindível escolher uma clínica de qualidade e bem conceituada para contar com o apoio de profissionais experientes e credenciados a auxiliar nas atividades.

E então, entendeu o que é a hidroterapia para idosos e como ela pode contribuir para a qualidade de vida? Essa atividade física é muito benéfica tanto para a saúde física quanto para a mental. Se você quer conhecer de perto essa prática, acesse já nosso site!

Источник: https://blog.fisiotrauma.com.br/fique-por-dentro-dos-maiores-beneficios-da-hidroterapia-para-idosos/

O que é e quais os exercícios praticados na hidroterapia

O que é e quais os benefícios da Hidroterapia

A hidroterapia, também conhecida como fisioterapia aquática ou aquaterapia, é uma atividade terapêutica que consiste na realização de exercícios dentro de uma piscina com água aquecida, em torno dos 34ºC, para acelerar a recuperação de atletas lesionados ou pacientes com artrite, por exemplo.

Geralmente, a hidroterapia é feita por um fisioterapeuta e é muito utilizada por gestantes e idosos porque ajuda no tratamento de:

  • Artrite, artrose ou reumatismo;
  • Problemas ortopédicos, como fraturas ou hérnias discais;
  • Lesões musculares;
  • Dores articulares;
  • Inchaço nas pernas;
  • Dificuldade respiratória;
  • Problemas neurológicos.

A hidroterapia para gestantes deve ser indicada pelo obstetra e, normalmente, é usada para melhorar a circulação do sangue, reduzir o inchaço das pernas e diminuir a dor nas costas, pés e joelhos, por exemplo. Saiba outras formas de aliviar o desconforto no final da gravidez.

Quais os benefícios

Na hidroterapia, devido às propriedades da água, é possível reduzir a carga provocada pelo peso do corpo sobre as articulações e ossos ao mesmo tempo que se mantém a resistência, permitindo o crescimento muscular, mas sem provocar lesões em outros locais do corpo. Além disso, a água aquecida permite o relaxamento muscular e o alívio da dor.

A hidroterapia ajuda a diminuir problemas de postura e transmite sensação de bem-estar, melhorando a imagem corporal dos indivíduos e aumentando a autoestima. Além disso também contribui para:

  • Fortalecimento dos músculos;
  • Alívio de dores musculares ou articulares;
  • Melhora do equilíbrio e coordenação motora;
  • Promoção do relaxamento muscular;
  • Diminuição de distúrbios do sono;
  • Redução do estresse e ansiedade;
  • Aumento da amplitudes das articulações;

Além disso, a hidroterapia também contribui para melhorar o sistema cardiorrespiratório, assim como a hidroginástica, em que os exercícios praticados são mais intensos. Saiba distinguir hidroginástica de hidroterapia.

Exercícios de hidroterapia

Existem várias técnicas e exercícios aquáticos terapêuticos de hidroterapia, que devem ser acompanhados por um fisioterapeuta, como por exemplo:

1. Bad ragaz

Esta técnica é utilizada para fortalecer e reeducar os músculos e para promover o alongamento do tronco. Geralmente, o terapeuta fica em pé e o paciente utiliza flutuadores na cervical, pelve e caso seja necessário, no tornozelo e no punho.

Normalmente, este método é usado em pessoas com lesões no Sistema Nervoso Central, disfunções ortopédicas ou pessoas que apresentem uma diminuição da amplitude de movimento, fraqueza, dor ou lombalgia.

2. Relaxamento aquático integral

Esta técnica utiliza as propriedades da água aquecida, entre os 33º e os 35ºC, tendo efeitos relaxantes no Sistema Nervoso Autônomo. Durante o exercício, promove-se a rotação e o alongamento do tronco, com movimentos rítmicos e repetidos, diminuindo os estímulos visuais, auditivos e sensoriais.

Geralmente, esta técnica está indicada para pessoas com problemas ortopédicos, após uma cirurgia da coluna vertebral, lombalgia, com lesões por esforços repetidos e doenças ocupacionais relacionadas ao trabalho e para pessoas com diminuição da amplitude ou dor nos movimentos ou pessoas com problemas neurológicos.

3. Watsu

O Watsu também é realizado em uma piscina de água morna, a cerca de 35ºC, através de técnicas específicas em que se realizam movimentos, toques e alongamentos, desbloqueando-se pontos de tensões físicas e mentais. Nestas sessões, são realizados exercícios específicos que levam em conta a respiração e a posição da pessoa.

Este método é indicado para casos de estresse físico e mental, medo, ansiedade, insônia, dores musculares, enxaqueca, falta de disposição, depressão, tensões agudas e crônicas, mulheres grávidas, pessoas com bloqueios emocionais, entre outros.

4. Halliwick

Também chamado de programa dos 10 pontos, é um processo em que o paciente trabalha a respiração, equilíbrio e o controle dos movimentos, melhorando assim o aprendizado motor e a independência funcional, tornando a pessoa mais apta para iniciar e executar movimentos e atividades difíceis de serem realizadas no solo.

Este método é executado com movimentos voluntários da pessoa, mesmo que ela tenha falta de mobilidade. 

Источник: https://www.tuasaude.com/hidroterapia/

Sobre a Medicina
Deixe uma resposta

;-) :| :x :twisted: :smile: :shock: :sad: :roll: :razz: :oops: :o :mrgreen: :lol: :idea: :grin: :evil: :cry: :cool: :arrow: :???: :?: :!: